1. Spirit Fanfics >
  2. My Vênus - SasuNaru >
  3. Amantes - Capítulo 9

História My Vênus - SasuNaru - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oi floquinhos!? ❄️🍃

Tudo bem!? Espero que sim! ♥️

Boa leitura! ♥️ 🦋

Capítulo 9 - Amantes - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction My Vênus - SasuNaru - Capítulo 9 - Amantes - Capítulo 9


AMANTES

^°^

Capítulo Nove






Naruto olhou nos olhos de Sasuke, ele ficou sério de repente lhe fazendo se sentir ameaçado. Apertando as mãos com força na xícara, sabendo que além da bomba que recebeu de Sakura no hospital, Sasuke também entregaria outra.

Se sentia insuficiente para receber tais notícias, mas queria a verdade a todo custo, se Itachi não era a pessoa que conhecia, então quem era aquele homem que dizia que o amava? Precisava saber.

— Naruto, existe entre nossas famílias uma grande ambição, mesmo que seus pais não sejam assim e estavam literalmente aberto para as suas escolhas, há inúmeras formas de manipulação… — Sasuke começou a falar. — Quando nossas famílias se conheceram, Itachi viu o passe de liberdade dele em você. — Contou. — E então o conquistou e iludiu!

— M-Me iludiu? — Naruto colocou a xícara de café sobre a mesa. — Nada em todos esses anos foram verdade?

— O que você acha? — Sasuke o questionou, levantando uma sobrancelha e então viu o loiro abaixar a cabeça. — Existia alguém muito importante para o Itachi, eu ainda não sei exatamente quem é essa pessoa, ele sempre foi muito fechado comigo! — Continuou. — Só sei que a briga foi horrível e eles ficaram separados, e então você apareceu.

Naruto ficou perplexo com o que Sasuke estava contando.

— Como eu disse, você se tornou o ponto de liberdade dele, vocês começaram a namorar e Itachi descobriu algo sobre você… — Sasuke o encarou e então Naruto levantou o rosto. — A primeira era que você não era a pessoa que ele verdadeiramente amava, e a segunda era que você já havia se envolvido com um Uchiha antes.

— Espera, o que isso tem a ver? — Naruto perguntou, sentindo um frio na espinha.

— Ele esperava que você fosse puro, que não tivesse nem que fosse sentido algo por alguém, ainda mais por alguém da família dele… — Sasuke deu um gole generoso no café e colocou a xícara sobre a mesa. — Mas a culpa não é sua, ele apenas tentou suprir suas necessidades com você e a primeira traição foi com um garoto de programa, isso o enjoo e então ele passou para aquela sua amiga.

— Garoto de programa? Ele… como sabe disso? — Naruto sentiu as lágrimas descerem. — Como posso ter certeza de que você não está mentindo?

— Sei porque meus pais sabem… — Sasuke revelou.

Aquilo foi muito além do que imaginava. Se seu sogros sabiam, era provável que tenham acompanhado e visto que existia um grande chifre em sua cabeça, e apesar de tudo, nunca disseram nem que fosse um única palavra.

— Ele me esconderam isso, eu não posso acreditar, até Mikoto! — Se levantou alterado, limpando as lágrimas e andando de um lado para o outro.

— Eles tentaram fazer Itachi para de te trair, e bem, ele conseguiu enganar nossos pais de que havia parado, o que não é verdade! — Sasuke falou friamente sobre o assunto. — Sim ele provavelmente negou a paternidade daquela menina, e se isso aconteceu, existe uma grande possibilidade de ele ter voltado com a pessoa que tanto ama.

— Você está me dizendo que ele reatou com a pessoa e que eles estão agora… juntos? — Naruto começou a tremer. — Você quer dizer que como se não bastasse garoto de programa, a Sakura… ele ainda transa fixo com um amante?! — Virou e passou a mão em seus fios loiros. — Se é que ele realmente vai transar fixo com essa pessoa, pode ser que ele fique com outros!

— Eu só não te contei antes porque sei que isso o machucaria! — Sasuke se levantou, se sentindo meio culpado por conta da situação em que Naruto se encontrava.

— Deveria ter me dito desde o início, mas não, você preferiu fazer seus jogos… — Se encostou na parede, colocando as mãos sobre os joelhos, mas Sasuke levantou seu rosto, se aproximando aos poucos. — Eu não entendo você, Sasuke…

— Porque eu sei sobre você… — Sasuke olhou nos olhos do Uzumaki. — Sobre seu caso anterior… achei que fosse um adúltero. — Recebeu um olhar de reprovação do loiro e riu, aproximando seu rosto. — Você não merecia isso! — Lhe deu um abraço.

O abraço foi tão forte, mas tão reconfortante que não se importou em ficar sem ar por alguns segundos, não conseguiu se segurar por muito tempo e desabou no ombro do rapaz de fios escuros, apertando com força o corpo do mesmo e deixando se levar pelo momento frágil. 

Quando o abraço apertado estava começando a se desfazer e seus olhos vagarosamente se encontraram com os do Uchiha, uma onda de arrepio percorreu seu corpo, mesmo em um momento como aquele, ainda sentia uma forte vontade de fazer coisas que antes de descobrir sobre Itachi, tinha repulsa.

— Naruto, eu-... — Foram interrompidos por um barulho na sala.

— T-Titio?… onde está a mamãe? — Himawari apareceu, coçando o olho.

— Hima… — Naruto se afastou de Sasuke que olhou para a pequena. — Bom dia, está com fome? — Ela confirmou com a cabeça. — Sente no sofá, vou fazer algo. — Naruto passou a mão sobre os fios escuros dela.

— Tem desenho? — Ela perguntou, vendo a grande tv. — Quero desenho. — Ela disse meio sonolenta.

— Tem sim… — Foi a vez de Sasuke dizer algo e ligar a tv, colocando em um desenho e se aproximar de Naruto que colocou um leite para ferver. — Desculpe, eu deveria ter te dado um tempo para relaxar antes de dizer tudo. — Se encostou na bancada.

— Não, você fez o certo em me contar a verdade… — Naruto pegou o achocolatado.

Embora sua cabeça estivesse um nó, tudo parecia bem mais claro, sabia que quando retornasse para a cidade teria que ver Itachi, e o confronto seria intenso. 

Iria pedir o divórcio, pegar suas coisas e ir embora, não queria ficar com nada daquela casa, mas acima disso tudo, havia outra coisa que também tinha que resolver, mas a decisão já estava tomada…

Sobre Himawari…


.°.°.°.

Em Tokyo:


Uma chuva matinal caia, deixou seu carro parado em frente a grande casa e correu para a entrada da mesma. Tocou a campainha e não demorou muito para ser atendido.

— Shisui-san… — Ko disso, abrindo um pouco mais a porta e deixando o homem alto passar. — Hinata-sama está está na sala tomando um chá, deseja um? — Gentilmente o Hyuuga perguntou.

— Por gentileza Ko… — Shisui colocou a mão sobre o ombro do cuidador e governante da casa, mas logo seguiu para a um corredor que era em direção a sala.

Shisui passou seus olhos pelo cômodo antes de encontrar a perolada sentada olhando para o nada. Se aproximou lentamente, se sentando no sofá a frente da mulher, ela deu um sorriso singelo em sua direção.

— Me desculpe aparecer assim… — Ele falou, olhando para a perolada.

— Ao que devo há sua presença? — Hinata perguntou, colocando o livro de seu colo sobre o sofá.

Shisui riu brevemente.

— Vim ver uma velha amiga. — Shisui encostou suas costas no sofá. — Não sabia que você havia voltado, pensei que fosse ficar mais tempo fora  do país. — Continuou. — Nem ao menos me avisou.

— Eu tive problemas, mal chegamos e eu e meu marido brigamos, minha filha passou mal… — Hinata disse tudo de uma vez só e o Uchiha entendia muito bem. — Ele nem sequer está com o celular ligado, estou preocupada.

— Uma hora ele vai ter que voltar, você sabe como ele é, nem um pouco convencional. — O moreno tentou descontrair. — O que você tanto espera para pedir o divórcio? — Tocou naquele assunto novamente.

— E-Eu estou pensando na minha filha. — Foi direta. — Além de que eu sei muito bem que posso perdê-la se pedir divórcio, se ele descobrir o que está acontecendo, eu não vou ter chance de me defender! — Passou a mão no rosto.

— Ele é um selvagem, mas não é irracional. — Shisui disse, atraindo a atenção da perolada. — Você precisa contar a verdade, se livrar desse peso e para de arranjar desculpas para continuar sofrendo.

Aquilo não era uma mentira, mas mesmo que Shisui reforçasse isso, ainda tinha ideia presa em mente de que sua filha era muito pequena ainda e que a mesma era muito apegada com o pai, ter essa separação repentina afetaria muito. 

Mesmo que amasse muito o Kakashi, não poderia largar tudo, e sabia perfeitamente que o de fios brancos entende essa situação, que ele sabe a sua posição, posição essa de amante.

— Eles são amigos… — Hinata disse baixinho, mas o suficiente para que o Uchiha escutasse. — Isso vai causar um grande problema.













Até o próximo capítulo... 


Notas Finais


Teorias? Aguardando! ♥️

Erros serão corrigidos, obrigado por ler até aqui!

Em agradecimento ao fanartista do banner ♥️

🔅 Link do Grupo 🔅

https://chat.whatsapp.com/CLhIhe2WZ7C5yxJNTEIyzD

Beijos da Tia Suna ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...