1. Spirit Fanfics >
  2. My world turns for you >
  3. Não sei se isso é uma boa idéia...

História My world turns for you - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite queridos leitores!!! 💥

Tenho alguns avisos:

- O capítulo saiu um pouco grande, me perdoem rsrs

- Daqui pra frente vou deixar o link para verem os looks citados nos capítulos.

Espero que gostem! 💕

Boa leitura!!! 📖🌼

Capítulo 36 - Não sei se isso é uma boa idéia...


Henrique bem que tentou fugir, mas não foi longe demais. Após ser pego, minutos depois foi levado para a delegacia em uma viatura de polícia. Após muita pressão, acabou confessando sua obsessão por Mia e jurou que aquele não era seu fim e que voltaria para conseguir o que tanto queria. 



                         ~~~


Ulisses com Mia e Franco em sua sala, tentava se desculpar pelos atos de Henrique.


Ulisses:_ Eu já tive reclamações do Henrique, mas nunca pensei que ele fosse um mau-caráter! (Diz apoiando os punhos na mesa)


Franco:_ Acredite, eu também não. Minha vontade era de quebrar todos os dentes daquele infeliz!


Mia:_ Eu sei que sou culpada, eu deveria ter dito antes, mas não consegui! (Diz um pouco sem graça)


Franco:_ Não tem problema meu amor, o importante é que o pesadelo acabou! Ele foi preso e você está segura agora! (Diz segurando as mãos da filha)


Mia sorri em sinal de alívio.


Ulisses:_ Mas agora que está tudo bem, você ainda vai querer mudar de escola, Mia?


Mia olha para o pai.


Mia:_ Eu queria sair daqui, porque eu já não aguentava aquele homem, era terrível. Preciso fazer as pazes com minhas amigas e não posso deixar um lugar tão especial pra mim! (Diz sorrindo)


Franco:_ A decisão é sua Mia.


Mia:_ Eu quero ficar, ainda nem terminei meus projetos, coitadinhas daquelas garotas papai, elas precisam de uma pitada de bom gosto no quarda-roupas! Elas não vivem sem mim!


Franco ri.


Ulisses:_ Vejo que Mia já está bem melhor! (Diz sorrindo)


Franco sorri.




                          ~~~



Depois de se despedirem do Diretor, os dois saem da sala. Porém, enquanto saíam, Mia recebe uma mensagem de Diego em seu celular e para no meio do caminho.


Franco:_ Vamos embora filha? (Diz olhando o relógio)


Mia:_ Acho que já vou ficar por aqui!


Franco:_ Por quê?


Mia:_ Preciso resolver umas coisas... 


Franco:_ Tudo bem, fico feliz que esteja mais animada! Se vai ficar aqui, vou direto para o hospital, fiquei de dar uma olhada na Clara! 


Mia:_ Quem é essa? (Diz estranhando)


Franco:_ A irmã do Miguel! Prometi para a Rose que olharia os exames e daria minha opinião... 


Mia o olha com repulsão.


Mia:_ Eu vou fingir que não escutei o que acabou de dizer! Vai ajudar a família daquele caipira mal-vestido daddy? Não acredito! (Diz se alterando)


Franco:_ Mia, a irmã dele é uma criança, não tem culpa dos atos do irmão. Precisamos ter um pouco de compaixão no coração.


Mia:_ Claro, mas aquele indivíduo não teve nenhum pingo por mim! Me julgou sem me conhecer e quis descontar toda a raiva na minha pessoa! (Diz erguendo o tom de voz)


Franco:_ Ele perdeu muitos pontos comigo por isso! Não admito que te faça mal e espero que fique longe de você. 


Mia:_ Se ele se aproximar de mim eu não respondo por mim! (Diz ajeitando as pulseiras no pulso)


Franco:_ Cuidado Mia, e não se envolva em brigas! Preciso ir… 


Franco se despede da filha e vai para o hospital.


Mia:_ Calma Mia, você acabou de sair do hospital e não quer voltar pra ele! Ok?


A garota resmunga e sai emitindo o som da sandália azul de salto baixo "Gucci" que usava.



                         ~~~



Roberta reunia a banda em um laboratório de artes vazio que quase ninguém pisava. 


Diego:_ Eu mandei mensagem pra ela, viu e não disse nada! (Diz testando as cordas do violão)


Miguel olha atento.


Lupita:_ Talvez ela não esteja afim, ela passou por uma barra muito pesada gente! 


Giovanni:_ Olha ela aí! (Diz alto)


Mia entra segurando sua bolsa de mão e ajeitando a saia na cintura.


Miguel a olha loira que parecia ser atraente de propósito. O rapaz não pôde deixar de notar o cropped branco, ele era curto e sexy. Após encará-la, ele escapa o olhar para a guitarra que antes tinha sua atenção.


Roberta:_ Finalmente, Mia! 


Mia:_ E aí galera! (Diz sorrindo)


Giovanni:_ Olha Mia, a gente sabe de tudo, mas estamos com você, não precisa ficar com vergonha! (Diz abraçando a amiga)


Mia:_ Obrigada, acho que estou mais aliviada…Vim aqui dizer que estou de volta pessoal, afinal o RBD espera por nós!


Lupita:_ Então vamos lá! Vamos esquecer os problemas e vamos focar na banda! Nós seis! 


Lupita estende uma das mãos fazendo com que os outros cinco também colocassem por cima e em seguida, aos gritos as mãos se erguem para cima.


Roberta:_ Novidade gente! Minha mãe compôs uma música e disse que podemos usar se quisermos! (Diz pegando algumas folhas de dentro do caderno)


Lupita:_ Fala sobre o quê? (Diz pegando a folha)


Roberta:_ É romântica, Lupi. Sabe como minha mãe é! A mulher foi a rainha da sofrência em 1980! (Diz revirando os olhos)


Mia:_ Ela está mesmo disposta em ajudar a gente? (Diz sorrindo)


Roberta:_ Está, ela sabe que o RBD já existe, e vai tomar as providências!


Lupita:_ Não vejo a hora de cantarmos na TV!!!


Diego:_ Isso não vai acontecer Lupi, se alguém me ver na televisão e contar pro meu pai, minha cova já está cavada!


Roberta:_ A gente vai dar um jeito, não vamos esquecer dos riquinhos! (Diz rindo)


Mia:_ Thank you so much! Se meu daddy me pega cantando em um programa de tv ele me leva embora para Paris, aí nunca mais vão ver Mia Colucci! (Diz com revolta)


Giovanni:_ Deixa eu ver a letra, dark! (Diz com a boca lotada de pipoca)


Roberta entrega uma folha para cada um que esperava ansiosamente. 


Lupita:_ Sua mãe é uma fofa, isso sim! (Diz elogiando enquanto lê)


Miguel:_ Precisamos criar um som legal para isso aqui, posso tentar criar uma melodia se quiserem! (Diz olhando o pessoal)


Mia:_ Gente, acho que se eu tomasse conta disso, o sucesso estaria garantido! (Diz animando-se)


Miguel:_ Eu já me ofereci e não preciso de ajuda, obrigado! (Diz irônico)


Mia:_ Não ouse colocar tudo a perder! (Diz se irritando)


Roberta:_ Vão começar? Se forem eu vou sair e daqui mil anos eu volto! (Diz alto)


Mia se distrai com uma mecha de cabelo para não ter que olhar o rosto de Miguel.


Miguel:_ Que papel ridículo… (Diz se aproximando da garota)


Mia:_ Vai para o inferno! (Diz cruzando os braços)


Miguel:_ Eu vim de lá! 


Lupita:_ Chega! Roberta, vamos formar essas duplas então… (Diz descontente)


Mia:_ Como assim dupla?


Roberta:_ Dupla para cantar, Barbie! Fora os refrões, as partes vão ser cantadas em dupla... 


Diego:_ Já pensou em tudo isso? Caramba! (Diz elogiando)


Roberta:_ Lógico, se eu for deixar por conta desse bando de mulas...


Giovanni:_ Enfim, quem vai cantar com quem? 


Lupita:_ Pelo que li aqui, é sobre um casal, então seria três duplas onde teria uma garota e um garoto! Certo? (Diz pondo uma caneta na boca)


Diego:_ Isso aí!


Roberta:_ Vamos dividir então, creio que vai ser difícil! (Diz tentando não rir)


Lupita:_ Pode ser eu e o Gio? (Diz indo para perto do garoto)


Roberta:_ Fechou! 


Giovanni:_ Agora sobrou a Barbie, o caipira, o bonequinho e a dark! Boa sorte! 


Giovanni não perdia tempo para fazer suas piadas.


Mia:_ Dieguinho! (Diz com voz infantil)


Miguel a olha.


Miguel:_ Roberta, e aí? (Diz se aproximando da ruiva)


Diego e Roberta se olham.


Diego:_ Acho que prefiro fazer com a dark! (Diz piscando para Roberta)


Roberta:_ Concordo com o Dieguinho. Caipira vai buscar sua Barbie girl! (Diz batendo no ombro do garoto)


Miguel:_ Não sei se isso é uma boa idéia…


Mia:_ Claro que não é uma boa idéia! Não podem fazer isso comigo, eu me recuso a fazer qualquer coisa com esse indivíduo! (Diz de forma colérica)


Miguel:_ Mia, para de colocar nossos problemas pessoais no meio da banda! (Diz segurando o braço da loira)


Mia:_ Não quero nem que lembre que eu existo, seria um favor! (Diz séria)



Miguel:_ Quanto drama! (Diz rindo)


Mia:_ Não estou rindo Miguel, a única coisa que vai nos unir de agora em diante, vai ser o RBD! (Diz com um semblante fechado)


Todos olham aflitos pela discussão.


Miguel:_ Acho que vou morrer do coração, chamem a ambulância! (Diz irônico)


Mia se enche das ironias e com raiva acaba batendo no rosto de Miguel. 


Roberta:_ Já vão partir pra pancadaria? (Diz se aproximando)


Diego:_ A Mia enlouqueceu de vez! 


Mia completamente vulnerável, expulsa suas tensões em forma de lágrimas. Digamos que esses dias não foram fáceis, e chegou o momento que não conseguia mais demostrar sua força.


Miguel não revida nem insulta, apenas se aproxima e envolve Mia em um abraço apertado, ele até poderia aguentar um tapa, mas jamais as lágrimas da loira.






Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...