História My Worst Mistake Thorki - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Thor
Personagens Loki, Thor
Tags Loki, Thor, Thor The Dark World, Thorki
Visualizações 57
Palavras 931
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Loki Laufeyson


*                                                                                  *

 

— Ok Senhor Laufeyson, fale tudo oque incomoda o senhor.

 

3… 2… 1… Gravando!

 

*                                                                                  *

 

Thor Odinson, meu “irmão” mais velho. Ele e todos de sua família, mentiram para mim, eu vivi uma mentira, mas não o odeio… Por isso.

 

 

 

 

 

Thor e burro, ele não intende as coisas, ate diretas ele não intende… E isso me da, um ódio infernal.

 

 

 

 

Eu me escondi a vida inteira, cobrindo meus sentimentos com ironia e sarcasmo esperando passar… Mais não passou.

 

 

 

 

Isso apenas aumentou. Então, em qualquer oportunidade eu fugia, forjando minha morte varias vezes.

 

 

 

 

Minha vida era assim, apenas amando de longe.

 

 

 

 

Ate que um dia ele arranjou uma garota, Jane Foster… Eu suportei, continuei escondido, fui preso, mais sempre as via de longe, sempre juntinhos. Ela o tinha, tinha oque eu sempre quis… Tinha oque nunca poderia ter.

 

 

 

Depois de Thor, eu mais queria, era ser visto por Odin, queria ser um orgulho, como Thor era.

 

 

 

Roubar o Tesseract, roubar o trono, causar caos, foi o jeito que eu vi… Mais virei o vilão… Como sempre. Eu acho que o meu pior erro foi tentar agrada-los.

 

 

 

 

Um Jotun nunca sentaria no trono de Asgard…

 

 

 

Preso em uma jaula, ali era o meu lugar, junto com outros monstros.

 

 

 

A única coisa boa era as visitas(mesmo em holograma) de Frigga, ela era minha mãe de verdade, ela cuidava de mim, ela me amava.

 

 

 

Mas tudo desmoronou… POIS, ELA MORREU!

 

 

 

Morreu pelas mãos de um elfo… NO LUGAR DAQUELA JANE FOSTER!

 

 

 

Eu destruir tudo da sela, eu fiquei realmente acabado.

 

 

 

E ainda por cima, Thor, vem ate mim, pedindo ajuda para salvar Foster, quanta cara de pau.

 

 

 

Ela mata minha mãe, rouba o amor e atenção do meu irmão, e vem me pedir ajuda?

 

 

 

 

Devem estar muito desesperados. 

 

 

 

Mais eu aceito ajudar, talvez eu consiga liberdade, atenção ou ate vingança de Jane, vale tudo, ninguém, tira algo de mim e sai impune.

 

 

 

Nós vamos ate Jane, e no caminho, recebi ameaças de um amigo de Thor, mais eu não ligo muito, melhor, nem ligo.

 

 

 

Fomos ate Foster, essa, que se acha no direito de me bater, o meu ódio só aumenta, por Odin, me controlo pra não matá-la agora.

 

Ignoro.

 

E la vamos nos em uma viagem para o mundo sombrio.

 

Onde, quase, que o trajeto inteiro foi Thor no controle de uma nave obvia que não sabia pilotar, causando, sermos perseguidos e acabando com tudo, destruindo mais Asgard do que os inimigos.

 

 

 

Eu comentava umas coisas que deixava ele irritado às vezes, eu ate quase comemorei quando Foster caiu com tudo no chão, mais ela não tinha morrido… Infelizmente.

 

 

 

Chegando ao mundo sombrio, eu ate pensei em realmente deixar a misgardiana morrer de proposito, mas assim Thor nunca iria confiar em mim.

 

 

 

Então, apunhalo Thor de brincadeira, só para ter um gostinho, e entrego Foster a Malekith, só pedindo para me aliar. 

 

 

 

Apos libertar Eter, Thor tenta o destruir, oque não deu certo. Então Malekith se apodera de Eter. Thor, estragando tudo como sempre… Ok, a culpa não foi dele, ele quase conseguiu, mais não da para destruir uma coisa que não e solida.

 

 

 

 

Apos eles conseguirem Eter, começamos uma luta, que quando Algrim iriam matar Thor(ou tentar), eu enfio uma espada em seu peito, mais ele não morre, só me faz morrer, mais eu consegui acabar com ele(literalmente) com uma granada. Eu caio no chão com um buraco no peito e converso um pouco com Thor, antes de forjar minha morte... De novo, e meu irmão cai nessa… De novo.

 

 

 

Mas, eu me senti usado, pois, mesmo não tendo morrido… Ele me abandonou la.

 

 

 

Não tem inteiro, não tem nada, pois, não sou da família Odinson, pois, se Thor tivesse morrido, primeiro iam tentar me matar, e tinham ido atrás dele. 

 

 

 

Mesmo ainda assim sinto sua falta…

 

 

 

Eu realmente não sei onde isso vai dar.

 

 

 

Eu só queria sentir um pouco seus lábios, sentir seu amor, como Foster sente.

 

 

 

E agora tudo mudou, não somos duas crianças correndo pelo castelo derrubando tudo pelo caminho, ou indo para o quarto do outro dormir ao seu lado, por um pesadelo ou pelo prazer de ter companhia;

 

 

 

 

Somos dois adultos, rivais, que tentaram se matar diversas vezes, que sentem um grande ódio um pelo outro.

 

 

 

Não da pra voltar e fala para eu não fazer Thor me odiar, ou para eu não gostar dele… Infelizmente ainda não achei um jeito para isso.

 

 

 

Eu ainda não consigo dizer porque me machuca toda vez que o vejo.

 

 

 

Eu o olho sabendo que nunca terei… Eu não me acostumei com isso ainda, mesmo depois de milênios, saber que preciso do amor dele para me sentir feliz não e fácil. 

 

 

 

Isso e uma bagunça, isso e estranho. Me pegar pensando em Thor todo tempo e esquisito, isso faz o odiar. Odiar aquele rostinho bonito, aquele sorriso brilhante de dentes perfeitos, a careta que faz quando fica serio, quando fica insistindo em me chamar de irmão, aquele homem maravilhoso que eu odeio amar e amo odiar… Espera, eu só o odeio mesmo… Ele finge que não nota… ou ele e um idiota, ou um idiota burro!

 

 

 

EU ODEIO ELE! 

 

 

E AINDA AMO POR CIMA!

 

EU ODEIO AMAR AQUELE INFELIZ!

 

EU QUERIA, MAIS NÃO DA PRA SUBSTITUI-LO!

 

 

Odiá-lo parece tao fácil.

 

Amá-lo parece tao bom.

 

Isso faz eu odiar amar ele, pois, além desses sentimentos confusos, eu sei que ele quer ela, ele precisa dela… E eu nunca serei ela...

 

 

*                                                                                  *

 

 

— Senhor, quer parar?

 

 

— Não eu to bem, só uma pausa… por favor

 

 

— Ok tragam o outro!

 

 

*                                                                                  *

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...