História MYST3RY (Interativa) - Capítulo 3


Escrita por: e SeYoon

Visualizações 112
Palavras 1.130
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Kim Dohyun, o manager


Fanfic / Fanfiction MYST3RY (Interativa) - Capítulo 3 - Kim Dohyun, o manager

Um homem alto e com aparência de idol adentra o refeitório principal da empresa. Eram dois refeitórios: um para os trainees e outro para todo o resto da empresa incluindo os idols. 
Ele olha ao redor e alguns o cumprimentam, ele olha em direção à uma menina e anda sério até a mesma. Ela olha assustada para ele e não sabe como reagir.

- Você sabe que o que está fazendo é contra as regras, não é? -Se apoiou na mesa em frente da trainee assustada e deu um sorriso. 

- Foi o PD-nim que me chamou. - Disse num tom baixo. Então Dohyun olhou para o produtor que estava em frente da trainee. 

- PD-nim, será que deveria denuncia-lo à Hyejung? Você sabe como nossa CEO é brava, mas você conhece nosso CEO Yoonmin, ele é o contrário, mas quando se trata de seus trainees, ele vira uma pessoa mil vezes pior que Hyejung. - Disse num tom que fazia sua voz rouca parecesse mais sensual que o normal.

- Yah! Vá cuidar da sua vida, só porque é o irmãozinho mimado da CEO não quer dizer que possa fazer o que quiser. Ela é problema meu. - Disse sério, se levantou e saiu puxando a trainee pelo braço chamando atenção de todos que estavam no refeitório principal. Dohyun iria expressar algo, mas um amigo sorridente chega para o acalmar. 

- Dohyun-ah, ainda não superou essa fase? - Sorriu batendo de leve no peito de Dohyun.

- Sabe porque faço isso Minjoon, todos sabem que é contra as regras qualquer trainee entrar nesse refeitório. - Cruzou os braços olhando sério para o amigo. 

- Mas esse não é seu dever, pensei que tinha parado com isso, ou é por que era Hayoon que estava com aquele PD? - Olhou sério para Dohyun, querendo sorrir.

- Você sabe que ele abusa das trainees e desse jeito elas suportam achando que vão debutar mas você sabe que isso nunca aconteceu. - Soltou um sorriso de lado. 

- Eu acho que você deveria seguir com sua vida, isso vai chegar aos ouvidos dos CEOs alguma hora e você deve largar a carreira de dançarino, você não ganha reconhecimento assim e quem sabe ainda pode se tornar um idol. - Sorriu tentando fazer cocegas em Dohyun mas a cara de bravo dele fez com que Minjoon parasse a brincadeira. 

- Foram 3 anos que perdi da minha vida, não sei o que tinha na cabeça. Yoonmin hyung ficava falando tanto na minha cabeça que até tive esperanças de debutar algum dia. - Revirou os olhos.

- Já fazem 4 anos desde que desistiu, não acha que deva seguir outra carreira?

- Qual? - Soltou um riso abafado - Manager de meninas mimadas só porque sou faixa preta em taekwondo? Não sei porque namorei Hayoon, ela era e ainda é mimada. 

- Talvez você se encontre nesse mundo. - Sorriu e começou a andar em direção a saída. Dohyun sentiu o celular vibrar em seu bolso e atendeu sem mesmo olhar o nome ou número no visor.

- Alô?.

- Kim Dohyun, você está sendo chamado na sala principal. - Ele olhou para o visor do celular e era a secretária da CEO da empresa. 

Ele desligou e foi para a sala principal de escadas, não estava nem um pouco de vontade de olhar para sua irmã extremamente chata, ou seu cunhado super animado sem motivo. Ele parou em frente da enorme porta da sala principal e antes que a secretária pudesse anunciar sua chegada, ele entra e fecha a porta com força. Se senta em um dos sofás da sala e encara sua irmã, o CEO não estava. 

- O que quer dessa vez? - Olhou sério para ela. 

- Vai me tratar assim até quando, Kim Dohyun? - A CEO Hyejung disse com a mesma feição e tom de voz. 

- Só estou cansado de ser o 'irmãozinho mimado da CEO. - Revirou os olhos. 

- Você realmente é um inútil. - Disse olhando nos olhos do irmão mais novo - Muitas vezes. Mas alguma hora você vai ser útil para nós, já provou isso antes. Então quero que prove isso agora. 

- Como? - Soltou uma risada abafada e cruzou os braços. 

- Como sabe, L1GHT está em hiatus desde 2014 por causa da falta de reconhecimento e problemas pessoais da Venus. E como também sabe, Yoonmin apoia tudo que penso, por isso a empresa está crescendo cada vez mais e dessa vez eu tive uma ótima ideia. - Sorriu cruzando os dedos encima da enorme mesa de madeira. 

- Pare de enrolar. - A encarou com um sorriso sarcástico e a irmã mais velha fez o mesmo por causa da atitude do mais novo. 

- Iremos re-debutar o L1GHT, com as três integrantes mais duas garotas. Não terá conceito definido mas queremos experimentar de tudo e surpreender os fãs, por isso elas serão as garotas misteriosas, MYST3RY. O nome poderá ser falado tanto em inglês como coreano, os fãs que irão decidir se vão chamá-las de mystery ou shinbi. 

- Vocês fizeram isso com Dreamcatcher e está dando certo, por enquanto. - Deu um breve riso - Mas o que quer que eu faça? Só porque danço, canto, faço rap bem e sou bom em taekwondo não quer dizer que vou ser babá delas. 

- Por isso que eu disse você era útil - Sorriu relembrando - Quando amava subir aos palcos para ser dançarino, você mostrava que amava o que estava fazendo e não era esse rabugento de agora. Agora faz quando tem vontade. - Fez uma breve pausa - Você será o manager delas, se elas tiverem dúvidas em horas vagas, se quiser vai conseguir orientá-las mas precisamos que proteja elas. Muitos foram contra essa decisão porque pensavam que eu apenas estava tentando jogar meu irmão mais novo para cima de cinco garotas. Eu sei qual seu potencial, Dohyun. Te conheço há 27 anos, você não é isso. - Apontou para o mesmo jogado no sofá e continuava com a voz calma mesmo nervosa - Você acha que vou gritar e dar um sermão toda hora, mas eu não sou assim, eu quero ver você crescer e você pode fazer isso. 

- Eu te conheço há 27 anos, Hyejung. Eu sei como você é chata e como sempre tentou me por para baixo, eu não quero fazer parte disso. - Se levantou. 

- Você quer que eu seja a chata mesmo, Dohyun? Eu vou ser. Você se muda no sábado para o dormitório delas, eu sou sua chefe e se não quiser ser despedido vai fazer o que eu quero. - Disse quase gritando e irritando Dohyun mas depois que ela terminou de falar, ele saiu da sala. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...