História Mystic town - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 1.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Margery

Capítulo 1 - O retorno


Fanfic / Fanfiction Mystic town - Capítulo 1 - O retorno

Denny e margery acabaram de voltar de uma viagem que fizeram pra europa, em mystic town nos tempos mais remotos a familia deles era nobre e uma das fundadoras da cidade, mas hoje familia stimson é só mais uma na pequena massa desta não muito conhecida cidade.

Mystic town, zona leste, residencia dos stimson.

Denny está entrando em casa com uma grande caixa de papelão cheia de coisas da mudança e margery vem logo atrás com sacolas menores.

Denny - que nostalgia estar de volta a este lugar.

Margery - sim, foi aqui que crescemos... Quando nossa mãe ainda era viva.

Denny - é como uma grande caixa de antigas lembranças.

Denny põe tudo o que carregava em um canto e se estica como se estivesse se espreguisando porem com uma cara de dor, margery coloca suas sacolas sobre uma mesa e se dirige a um dos quartos.

Denny - vai dar um trabalhão organizar e mobiliar tudo.

Margery - nem fale, eu não quero nen saber eu só queria descaçar.

Ambos ouvem o barulho da porta rangendo mas só denny está na sala para ver irmã mais velha dos dois Rosa passando pela porta da frente.

Rosa - então podem deixar a organização comigo, enquanto isso vocês podem dormir na minha casa. Ela fala isso com um sorriso que carrega a saudade de 11 anos de distancia.

Quando margery houve a voz familiar de rosa ela corre imediatamente do quarto para sala e dá um demorado abraço em rosa, denny fica um pouco mais afastado sorrindo de canto enquanto elas se abraçam.

Margery - que saldade, que saldade a quanto tempo.

Rosa - vocês fizeram falta aqui nessa cidade pequena.

Denny - é mas nós deveriamos estar em quatro, cadê o rob?

Rosa - depois eu vou atualizando vocês, agora vamos pra minha casa que vocês devem estar morrendo de fome.

Margery - nem me fale, uma comida chinesa seria divina numa hora como esta.

Todos saem da casa e vão para o carro esportivo e prateado de rosa estacionado em frente ao gramado da casa...

Em outro lugar

Mystic town, zona sul, cede do clã markov.

Uma enorme quantidade de vampiros se juntou para ouvir um comunicado dado pelo seu lider, todos nessa seita estão usando ropas com capu vermelho como padrão, todos murmurando sobre o que poderia ser o comunicado. Até que no alto de um palanque um homen jovem de cabelos brancos se posiciona para falar.

- olá á todos, imagino que vocês já estão cientes da volta dos stimson para nossa cidade natal, e isso muda tudo. Eu vladimir markov dou total liberdade para qualquer vampiro caça-los e captura-los, quem o fizer será devidamente recompensado.

Um alvoroço de vozes toma todo o salão, muitos dos vampiros não acredita que esta permissão lhes foi concedida, até por que vladimir sempre orienta seu clã a agir com cautela, mas derrepente todos as centenas de vampiros do clã podem agir por livre e expontania vontade? Alguns dos vampiros ficaram com o pé atrás, eles sabiam que vladimir estava planejando algo.

Vladimir - vocês tem uma semana para trazer eles vivos ou mortos.

Ao amoitecer, de volta a casa dos stimson

Denny e margery voltaram para a casa ainda não mobiliada onde passaram sua infancia para passar a noite, e para recordar as coisas do passado.

Tap tap tap….

Margery - você houviu isso?

Denny - com certeza são passos de alguem.

Margery - oque agente faz então? Tem um estranho no andar de cima.

Denny - você fica aqui, eu vou lá falar com quem quer que seja.

Denny sobe a escadaria que leva para o andar de cima, e derrepente margery vê uma sombra de um homen com chapeu na parede a sua frente, em panico ela se vira para a porta, e lá está um homen com uma capa preta sobre todo o corpo um chapeu redondo e um oculos escuro apesar de estar de noite.

Margery - Quem é você? Diz margery em voz alta quase gritando.

O homen se torna um vulto obscuro e em questao de milesimos já esta segurando o antebraço de margery, com a outra mão ele tirou seus oculos e aproximou seu rosto do de margery, seus olhos tem um brilho vermelho escarlate.

Vampiro susurrou - não tente gritar para o seu proprio bem.

Margery persebeu em sua boca dentes grandes e afiados como os de um animal.

Derrepente um barulho muito alto como o de uma espingarda se espande pela sala, margery sente o corpo do vampiro estremeser simultanio ao barulho, o vampiro solta o braço de margery e se vira para a porta, rosa está com encotada na parde da entrada recarregando a espingarda que carrega, mas ele também tinha um sinto com granadas e uma faca encaixada num suporte em sua perna esquerda.

Quando o vampiro se viro margery persebi duas coisas, a primeira são profundas marcas de dedos cravadas em seu braço, e a segunda é que por trás da fumaça saindo das costas do vampiro ela podia ver o fundo muito brilhante de uma bala, como se fosse prata.

Vampiro - eu vou acabar com a sua vida!!! Ele se torna uma rajada de morcegos voando na direção de rosa. Rosa pega uma de suas granadas e a deixa cair perto de si propria, essa granada começa a expelir um gás verde, todos os morcegos começam a secar ao entrar em contato com esse gás até se juntarem e tornar-se novamente um vampiro, porem completamente seco como se fosse um velho desidratado de joelhos.

Rosa - mandaram um vampiro nivel 3 logo de começo? Achei que vocês iam pegar leve. Ela diz ao mesmo tempo em que destrava sua arma.

Vampiro - sabe q…. Nao pode pro pro protege-los não é cof cof.

Rosa - vá para o inferno.

Rosa dispara uma bala na testa do vampiro e a sua cabeça explode feito um balão.

Denny desce as escadas correndo e nervoso.

Denny - o que houve? Houvi barulhos vindo daqui.

Margery - não tinha ninguem lá em cima né?

Denny - não, mas parece que tinha aqui não é? Ele fala encarndo o corpo do vampiro caido no chão proximo da porta.

Rosa - eu tenho muito o que contar a vocês.

Continua…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...