1. Spirit Fanfics >
  2. Mystical Dimension (JiKook) >
  3. Bruxa?

História Mystical Dimension (JiKook) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Ui, ui, o título dá um medinho, né? Kk

Espero que gostem.

Boa Leitura!
👇

Capítulo 10 - Bruxa?


Na tarde do mesmo dia, tomei coragem e fui caminhar um pouco ali perto, era um grande desperdício não aproveitar aquela flora maravilhosa.

Ouvia os pássaros cantando; as folhas das árvores batendo umas contra as outras e meus passos sobre a grama, era tudo tão relaxante.

Faziam uns 15 minutos que eu estava dando voltas ali, foi quando senti um cheirinho de ervas. Era estonteante.

Resolvi seguir o cheiro - seguir até onde o aroma estivesse mais forte-, vai que encontro alguma coisa de importante.

Me aproximei de onde o aroma estava mais forte e cheiroso. Baixei meu corpo 'num arbusto e espiei. Lá tinha uma casinha fofa, feita de doces, onde havia uma mulher linda acariciando a cabeça de um passarinho, sentada numa cadeira de balanço. Seus cabelos tinham um tom forte de violeta; usava um vestido rosa e um casaco longo branco.

Não demorou para ela me ver ali.

–Eu sei que tem alguém aí, saia.- disse a mulher.

Me levantei, ainda com medo.

–Venha até aqui, não fique tão acanhado.- ordenou.

Então, me aproximei, com as mãos para trás.

–O-olá.

–Boa tarde. O que aconteceu com você? Por que está tão acabado?

–É uma longa história...- encarei o chão.

–Hum...- levanta da cadeira- Me chamo Kim JiSoo, e você?

–Park JiMin.- disse meu nome, então fizemos reverência um para o outro.

–Você parece jovem. Tem alguma posição importante?- perguntou, passando o dedo indicador em meu peitoral.

–Sou príncipe, mas preferia ser um aldeão pobre e fracassado do que ser da família daquele hipócrita e egoísta do meu pai.

–Oh. E você tem algum irmão?- cruza os braços.

–Sim, Kim TaeHyung, é mais novo que eu, porém, não é da mesma mãe.

–Interessante...- dá pequenos tapas em meu ombro- Vamos, entre!- abre a porta e dá passagem para mim.

–Tá bom...- entrando lá, vi que era bem escura, sendo iluminada apenas pelo fogo da lareira e alguns lampiões, enquanto fui olhando discretamente para os quadros, pequenas esculturas de porcelana e vasos de flores. Decoração maravilhosa.

–Quer se sentar? Beber alguma coisa?- fechou a porta e logo depois voltou à olhar fixamente para mim.

–Ah... não é muito incômodo?- dou um sorriso sem graça.

–Não, não! Faz tempo que não recebo visitas, pode fazer o que quiser.

–Tomara que não.- sento em uma poltrona.

–Gosta de chá?

–Sim.- falei, e a moça sorriu.

–Então vou preparar um para você.- foi até um local do interior da casa onde havia uma chaleira, panelas, pratos, xícaras e um pequeno forno de barro.

–Sua casa é bem detalhada e decorada, parabéns.- elogiei, olhando para a mesma enquanto fazia o chá.

–Obrigada.- fazia o chá com cuidado, parecia que não queria que a água encostasse em si, ela nem estava quente ainda, então estranhei.

–Eu amo o aroma de chá, é muito bom.- falei qualquer coisa, pra desfarçar o silêncio.

–Sim, é realmente bom.- uma gota de água morna caiu em seu braço, fazendo a mesma soltar um "ai!", então saiu uma pequena fumaça do lugar, deixando uma marquinha preta.

–O que aconteceu aí? Está tudo bem?- me fingi de desentendido.

–E-está tudo, bem não se preocupe.- respondeu.

Após ter feito o chá, o colocou numa xícara menor e trouxe até mim, depois se sentando na poltrona que ficava em frente a minha, mas separadas pelo comprimento do tapete.

–Você é bonito.- disse.

–Obrigado, e você não deixa de ser.- elogiei esta, de todas as formas, ainda era muito linda.

–Oh - riu soprado-, obrigada.

Não demorou muito para eu beber tudo, assim parando para analisar os traços da moça. Tinha olhos de cores diferentes, quando vi isso, me assustei um pouco, pois não era uma característica comum de um ser humano, muito menos, ter cabelos púrpura. Suas unhas eram grandes, mas não aquelas assustadoras e nojentas, unhas normais e bem feitas. Então comecei à ligar os pontos, cheguei à conclusão de que, ela era sim, uma bruxa. Fui direto, não queria deixar um mistério.

–Olha, eu tenho uma pergunta.

–Faça.

–Você é uma bruxa?- fiz uma expressão séria.

–Como é esperto...- colocou uma das pernas sobre a outra.


Notas Finais


Então, eu me inspirei na Jisoo na era purple hair dela, pra combinar melhor, sabe? Ela já ia ter um papel na história, mas era de outro jeito, aí lembrei que ela já teve cabelo roxo e me veio essa idéia, hehe.

Gostaram? Espero q sim ❤

Bye bitches 👋👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...