História Na beira do abismo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Personagens Originais, Suícidio, Tristeza
Visualizações 20
Palavras 886
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 1 - O abismo


Fanfic / Fanfiction Na beira do abismo - Capítulo 1 - O abismo





** Narradora On **



Lá estava aquela doce menina - que nem doce era mais -, andando pela floresta em direção, a área proibida.


Ela... Era depressiva. 


Já que sofria bullying, seus pais morreram em um acidente e morava só, além de ser zoada por tudo e todos.


Por isso... Se cortava...  Com qualquer objeto cortante e tomava antidepressivos


Seus únicos amigos, eram uma menina cujo nome era Lizzy e um menino que tinha o nome de Albert. 


E a menina? Ela se chamava Tsuni.


Ela continuava a caminhar, sempre com seu moletom preto e sua calça jeans rasgada, até a área proibida.


Que nessa tal "área proibida" tinha um abismo. 


No qual ela usaria para se matar.


Ela estava caminhando, pisando em galhos, folhas, terra, sem se importar se estava se sujando por estar chovendo, estar suja de lama, de qualquer coisa.


Para ela, agora.... Nada importava.


Ela caminhou um tempo, até que chegou na área proibida. 


Pulou a cerca, e foi até o abismo. 


Eram mais alguns minutos de caminhada.




* Com Albert e Lizzy *



Eles estavam correndo, até a casa da menina pois queriam fazer uma surpresa. 


Pois, era o aniversário da doce - não mais - amiga.


Chegaram na casa e bateram na porta. 


 Mas....


Ninguém veio. 



Bateram de novo, e isso se repetiu. 


Abriram a porta, pois estava aberta. 


Algumas pessoas, que faziam bullying com Tsuni, os viram e os seguiram. 


Entraram todos e a procuraram pela casa inteira.


Mas....


Não a acharam. 


Eles viram um bilhete na geladeira. O pegaram e começaram a ler.


Isso, comoveu e fez eles se arrependerem.



   

      * Bilhete On *


" Se estão lendo isso, significa que eu morri. 

Mil perdões, por arruinar a vida de alguns e melhorar a de outros mas...

Como disse, irei morrer, minha hora chegou. Desculpe. 

Isso dói mais em mim do que em vocês. 

Perdão. Tomara que suas vidas continuem boas como sempre e....

Adeus.

Os vejo - talvez - em outra vida. 

Adeus ".



 

* Bilhete Off * 


Todos naquela sala, estavam chorando como se não houvesse amanhã. 


Lizzy e Albert, saíram da casa e correram cada um pra sua casa.




* Voltando a Tsuni *



Ela chegou ao penhasco, assim que se aproximou da borda, parou de chover e apareceu um arco íris no céu. 


Ela o fitou ( encarou ) e começou a chorar. 


E enquanto chorava, cantou uma música. 



* Música On *



Whoa, oh, oh
Whoa, oh, oh
Whoa, oh, oh
Whoa

I'm waking up to ash and dust
I wipe my brow and I sweat my rust
I'm breathing in the chemicals

I'm breaking in, shaping up, then checking out on the prison bus
This is it, the apocalypse
Whoa

I'm waking up, I feel it in my bones
Enough to make my systems blow
Welcome to the new age, to the new age
Welcome to the new age, to the new age
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive

I raise my flags, don my clothes
It's a revolution, I suppose
We'll paint it red to fit right in
Whoa

I'm breaking in, shaping up, then checking out on the prison bus
This is it, the apocalypse
Whoa

I'm waking up, I feel it in my bones
Enough to make my systems blow
Welcome to the new age, to the new age
Welcome to the new age, to the new age
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive

All systems go, the sun hasn't died
Deep in my bones, straight from inside

I'm waking up, I feel it in my bones
Enough to make my systems blow
Welcome to the new age, to the new age
Welcome to the new age, to the new age
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive
Whoa, oh, oh, oh, oh, whoa, oh, oh, oh, I'm radioactive, radioactive!


* Música Off *


- Isso é necessário... Para mim...  Tomara que todos continuem felizes, sem dor, tristeza, rancor e ódio. Desejo a paz para aqueles que gostavam de mim e para os que não gostavam - odiavam.


Ao dizer estas belas palavras, Tsuni se jogou do abismo .


Assim....



Acabando com sua vida na Terra.



Mas... No céu, reencontrou seus pais, os abraçou e disseram " nunca mais vamos nos separar! " Os três disseram. 


E vivem lá até hoje, sempre brincando e fazendo coisas divertidas e alegres. 





* Com Albert e Lizzy *




Lizzy estava na sua casa, olhando fotos dos três melhores amigos - ela, Tsuni e Albert - e seu colar de melhores amigos.


Tsuni tinha cabelos azuis, tinha olhos roxos, era neko e andava sempre de moletom e calça. 


Lizzy, tinha cabelos vermelhos, olhos vermelhos e andava só de camisa e calça.


Albert tinha cabelos loiros e olhos azuis, andava de moletom e calça.


Estava difícil esquecer ela. 


Ela parou de fitar o colar, o colocando e parou de fitar as fotos. E caia lágrimas.


Se deitou em sua cama, colocou um fone de ouvidos, e ficou ouvindo músicas.


Albert, estava encarando as fotos, depois de tanto as fitar, as guardou, enquanto rolava uma lágrima em seu rosto.


Arrumou tudo e foi ver TV.



Depois teve o enterro, onde todos foram.




* Voltando a Tsuni *



Lá, no céu, Tsuni e seus pais, brincavam sem parar, com muitos jogos e brincadeiras. 


Faziam pique niques... 


Mas isso não significa que você possa fazer alguém se matar, ou você mesmo se matar. 



Aproveite sua vida o máximo que pode, nunca saberás o dia de amanhã. Ok?


Tenham uma boa vida .




Notas Finais


Tomara que tenham gostado

Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...