1. Spirit Fanfics >
  2. Na Brotheragem (Nomin) >
  3. Confusão

História Na Brotheragem (Nomin) - Capítulo 25


Escrita por:


Capítulo 25 - Confusão


Quando Jeno colocou seus pés dentro da universidade percebeu os olhares pesando sobre si. Ele não estava com Jaemin pois o mesmo estava atrasado e havia ficado para trás. Achou tudo muito estanho ao ver as pessoas comentando enquanto ele passava, ouvindo risos e fofocas. Ele não entendia o que estava acontecendo.


— Por que todos estão me olhando assim? Eu venci algum concurso da beleza, por acaso? — Jeno disse de forma cínica ao encarar seus amigos que estava sérios demais e desacreditados.


— Por isso. — Taeyong respirou bem fundo, apontando o celular em sua direção, onde mostrava uma foto exata onde ele e Jaemin estavam no parque se beijando. 


— Por quanto tempo estão nos escondendo isso?


— Por acaso pensou em nos contar algum dia?


— É melhor o segredo, que já não é mais segredo do que compartilhar a notícia com seus amigos íntimos?


Jeno estava sendo metralhado de perguntas e olhares decepcionados. Jamais pensou que eles fossem descobrir da pior forma.


— E isso nem é tudo! A foto e a notícia que vocês estão juntos está sendo passada em toda rede social.


— Calma gente, eu iria contar para vocês hoje mas acontece que...


— Que palhaçada é essa? — Jaemin apareceu com um cartaz dos dois se beijando e uma notícia bem grande: "Amigos que se dizem héteros compartilham beijos em um encontro romântico. Mas isso não tem problema,desde que seja na brotheragem!". Ele estava nervoso e amassava o papel em sua mão, sua expressão raivosa.


— Todos já sabem. E vocês? Quando planejavam nos contar?— Jisung perguntou decepcionado.


— Calma gente, não é como se a gente fosse manter isso em segredo. Eu e Jeno até conversamos sobre contar a verdade para vocês ontem. De verdade, iríamos contar hoje, mas parece que alguém chegou mais cedo! — Jaemin disse entre dentes,sabendo quem era a causadora disso tudo. — Qual é, não façam isso. Ficamos com medo da reação de vocês e como sempre falávamos que nunca nos apaixonáriamos rebatendo suas brincadeiras, ficamos receosos se falássemos assim de cara. Espero realmente que vocês nos entendam e que nos apóiem.


— Óbvio que apoiaremos. Apesar de no momento estarmos chateados com isso. Mas fica para depois. Temos que descobrir quem fez isso.


— Eu sei quem fez. — Jeno disse irritado.


— Quem?


— A ex do Jaemin. Ele me disse tudo. Ela ameaçou ele porque sabe que ele está comigo agora. Isso está na cara que é coisa dela.


— Que bruxa! — Yuta disse surpreso.


— Uma tarantula bem vestida, isso sim. — Chenle disse irritado. — Ah, mas isso não vai ficar assim.


— Não mesmo! — Jaemin saiu irritado, deixando os amigos para trás discutindo sobre o incidente que estava sendo como a notícia quente da manhã e seria assunto até o fim de semana ou mais.


Jaemin estava com o sangue quente, mas já esperava que Shushua fosse fazer algo tão podre, sabendo que Jaemin jamais seria capaz de reatar o namoro.


Ela estava aos risos com suas amigas.


— Vejo que já viu a notícia. Deveria me agradecer por isso. Afinal,eu acabei tornando seu marido em um famoso. Já viu quantos seguidores ele tem agora no instagram? — Shushua disse provocando, mantendo seu sorriso cínico. — Vão. — Ela estalou os dedos e logo as duas amigas saíram rapidamente.


— Eu te falei pra não se meter comigo e já deixei claro que era pra você deixar o meu namorado em paz!


— Olha pra você, Jaemin. Parecendo um cachorro Pitbull. — Ela ri. — Eu já te falei. Eu não vou deixar vocês em paz! Nunca. — Seu sorriso se desmanchou por completo, revelando uma face séria e sombria. — Ou sou eu ou não é ninguém!


— Vai sonhando acordada! Isso não fica assim. Você não perde por esperar, Shushua. — Jaemin disse irritado, deixando a garota aos risos.


O dia todo na universidade só se ouvia o nome de Jeno e Jaemin, fofocas e risadinhas para cima deles. Jaemin já estava farto. Nem mesmo conseguiu ir para o treino e sabia que iria receber uma suspensão de Wooseok por ser um dos jogadores exemplares e importante do time.


— O que acham tão engraçado, hein? — Jaemin disse irritado, jogando a bandeja de comida do garoto no chão. O que não intrigava era que Jaemin já namorou outros garotos e isso não era novidade para ninguém dali. Talvez por ser com Jeno e metade do campus não gostava do loiro por ele ser muito sério e não dar bola pra qualquer um. — Deveriam olhar para vocês mesmos! Diferente de vocês, eu não perco meu tempo cuidando da vida alheia e fazendo fofocas sem sentido!


Jeno estava sendo alvo de críticas e bullying, enquanto muitas calouras e veteranas suspiravam por ter a real notícia de que Lee Jeno, o príncipe dos sonhos, estava namorando um garoto, oficialmente bonito, Na Jaemin. Isso era tudo para elas alimentarem suas fanfics nos sites onde se publicam livros de vários gêneros e estilos. Jeno e Jaemin já eram o denominado casal "Nomin" que já estavam virando protagonistas nos noveis yaois.


— Eu não acredito que você virou viadinho, Jeno. — Im JaeBum, um ex amigo que vivia correndo atrás de Jeno e insistindo ficar com ele, apareceu com um sorriso malicioso e sujo nos lábios. — Justo ele? Porra, Jaemin? Você tem um péssimo gosto, sabia?


— Vai embora, JaeBum. Eu não tô afim de conversar com você.


— Você não tem que estar afim de nada ou já se esqueceu que eu mando aqui? Esse bando de vermes não podem me impedir. — Ele se aproxima para cada vez mais perto do loiro. — Incluindo você. — O empurrou com tudo contra o armário, fazendo suas costas arderem. Tinha a certeza que ao menos um filete grande havia se formado em sua pele. — Ou seu namorado feio virá te salvar,como os príncipes salvam as princesas? Oh, que romântico! — Ele sorri e logo se aproxima. — Só que não! — Agarra a gola da camisa social de Jeno, apertando com força,o sufocando. JB, como era chamado por todos, se divertia com a cena. — Eu ainda não posso acreditar que você me rejeitou pra ficar com um magricela do time de basquete! — O apertou ainda mais contra o armário.


— Você está me machucando. — Jeno gemeu de dor e sofrego, já não conseguia respirar muito. Sentia que a qualquer momento poderia desmaiar e tinha medo de cair no sono e JB tentar algo contra ele.


— Eu não me importo. Isso é pra você aprender a não fazer isso comigo! — Ele soca a cabeça do loiro contra o armário. O baque foi tão forte que logo a testa de Jeno estava sangrando muito.


Como em filmes, onde o mocinho sempre chega para salvar o amor de sua vida, Jaemin chegou cuspindo fogo e indo com tudo para cima do outro que estava machucando seu namorado. Lhe dando socos e chutes.


— Deixa o Jeno em paz! — Rosnou lhe dando mais um soco. JB riu e logo se levantou,indo com tudo em sua direção, o jogando contra a parede com força.


— Pensa que eu tenho medo de você, franguinho? Você não pode nem sustentar o seu corpo, quanto mais me enfrentar! — JB disse dando um soco forte no nariz de Jaemin que logo começou a sangrar.


Jeno começou a gritar desesperadamente ao ver a cena e entrou no meio para separar, mas não adiantou nada, acabou levando um soco forte no olho esquerdo.


— Sai da frente putinha. Você não presta pra nada. 


Eles continuaram com a briga feia e Jeno correu para a direção. Se isso continuasse seria pior.


— Na Jaemin e Im JaeBum! — A voz séria e rígida do diretor pairou no local. — Parem agora ou eu chamo a polícia e os expulso definitivamente desta instituição! Vão já para a minha sala! Agora! — Ele disse puxando JaeBum pela camisa e o separando de Jaemin. — Você fica aí, não quero que cause mais danos, porque eu sei que tudo isso é por sua causa! — O diretor disse sério, fuzilando Jeno com o olhar. 


...


Se passada mais ou menos uma hora, Jaemin voltou com seus olhos queimando de raiva. Eles não falaram nada. Jeno apenas o acompanhou para casa em silêncio e pensando em tudo o que estava acontecendo.


— Me perdoa, amor. Isso tudo é por minha causa. — Jeno disse chateado ao entrar dentro de casa e pegar a mochila de Jaemin, a levando para o quarto. — Se você não tivesse aparecido,nada disso teria acontecido.


— Teria acontecido o pior. Eu jamais deixaria aquele covarde por as mãos em você! Se eu tivesse chegado mais cedo, ele não teria feito isso, pois antes mesmo dele ameaçar a colocar aquelas patas sujas de vira lata eu a quebrava. — Jaemin disse irritado sentando no sofá. — E não se culpe. Tudo isso que está acontecendo é demais para você e não é sua culpa. O problema é meu por ter sido louco o suficiente pra me envolver com alguém mais louca ainda. 


— De verdade, me perdoa. Eu não queria. — Jeno disse chateado trazendo em suas mãos a caixa de primeiro socorros, sentando de frente para Jaemin.


— Eu sei. Não é sua culpa. Isso é tudo minha culpa. Seu eu não tivesse te beijado e...


— Para por aí. Não quero brigar com você por isso. Não se arrependa por causa disso, pelo amor de Deus! Eu te falei que por amor a você eu seria capaz de suportar tudo, e eu sei que isso não é nem o início e pra ser sincero eu não estou nem aí. Aquela gente não pega muito no seu pé pois sabe que você é bissexual e o favorito delas. Mas me odeiam por eu não ser superficial e tentando agradar todos. Eu não me importo. — Ele disse pegando o algodão e o álcool,passando na testa de Jaemin que estava com um cortado.


— Você deveria estar cuidando de você. Eu não estou tão machucado assim, comparado a você.


— Cala a boca e deixa eu cuidar de você. — Jeno sorri e logo Jaemin se cala, deixando o loiro fazer todo o trabalho. Seu coração se apertava por ver o loiro passando por tantas coisas injustamente e no quanto Jeno era cuidadoso e carinhoso consigo. Jamais pensou que na vida alguém o amaria assim.


Quando Jeno terminou os curativos, Jaemin colocou o mais velho sentado no sofá e ocupou o seu lugar, começando a cuidar de suas feridas. Tirou sua camisa para cuidar do machucado que JB havia feito em suas costas. Seu sangue ferveu só de ver que o cretino havia machucado seu namorado.


— Eu juro que dá próxima não vai ficar assim e não vai ter uma porque eu vou acabar com a vida dele.


— Vamos esquecer isso, Jaemin. Relaxa um pouco, ok? Isso tudo que aconteceu ainda não foi o suficiente pra fazer você ficar quieto?


Jaemin se calou ao ver que Jeno já estava ficando chateado e estressado com o assunto que gostaria de esquecer por um instante.


Quando terminou tudo, pegou uma bolsa de gelo e colocou no olho esquerdo do loiro que gemeu baixo de dor. Sua cabeça latejava.


— Obrigado. — Agradeceu com um pequeno sorriso. Jaemin não saiu do seu lado até ter a certeza que seu namorado estava bem e que não precisaria de mais nada.


— Me desculpe por hoje. Da próxima vou estar mais atento e te proteger melhor.


— Você não pode estar em mil lugares ao mesmo tempo. Você tem que parar de me ver como algo frágil e intocável, por favor, Jaemin. Eu posso me cuidar, ok? — Jeno acaricia suas bochechas e dá um pequeno sorriso para o rosado. — Eu vou tomar banho? Quer vir comigo? 



— Sim. — Jaemin sorri sem ânimo e se levanta,o acompanhando para dentro do banheiro.



Isso definitivamente não vai ficar assim. Ninguém mexe com o meu Jeno e sai impune assim! Ninguém e você não perde por esperar, pinscher,vira lata pulguento! 




Notas Finais


Foi pequeno. Sorry. Erros me perdoem e vou corrigir.


Possivelmente estarei alguns dias sem postar, é isso!!!! Beijos ✌🏻✌🏻🏳️‍🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...