1. Spirit Fanfics >
  2. Na calada da noite... - Imagine Min Yoongi (suga) >
  3. Cap. 8 Bolo de chocolate.

História Na calada da noite... - Imagine Min Yoongi (suga) - Capítulo 8


Escrita por: Starry_army

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 8 - Cap. 8 Bolo de chocolate.


Fanfic / Fanfiction Na calada da noite... - Imagine Min Yoongi (suga) - Capítulo 8 - Cap. 8 Bolo de chocolate.

Yoongi pov's

Acordo com Holly lembendo meu pé, tendo a visão mais linda de todas, S/N abraçada em mim, com alguns fios de cabelo desarrumados e um biquinho que dá vontade de morder, eu poderia acordar todos os dias com essa visão maravilhosa.

Dou um selinho nela e saio da cama com muito cuidado para não acorda-la.
Desço para a cozinha, comprei bolo de chocolate ontem, vou fazer um simples omelete e um café. Espero que ela não acorde antes de tudo ficar pronto.

>>15 minutos depois<<

Tudo pronto, mesa feita, irei acorda-la.

Subo e entro no quarto, à vendo do mesmo jeito que estava quando acordei.
Chego mais perto dela.

~ Bae, acorde. - falo à sacudindo.

S/N - Só mais 5 minutos gatinho. - sorrio enquanto ela rola na cama.

~ Okay, eu vou comer o bolo de Chocolate que comprei ontem sozinho então. - Ela dá um pulo levantando.

S/N - Bom dia Yoon. Bolo de chocolate é? Hmm, Delícia. - Diz quase saindo do quarto.

~ Epa! E o meu beijo de bom dia? - Ela se aproxima me dando um beijo calmo.

S/N - Já posso ir agora ?

~ Pode. - Ela desce correndo, quase tropeçando nos próprios pés, nossa, S/N deve amar bolo de chocolate.

>>Quebra de tempo<<

Eu e S/N estávamos em frente ao endereço do casal passado pela mulher do cartório. Ela está nervosa.

S/N - Yoon, será que eles realmente são meus pais?

~ Olha bae, se não bater na porta nunca irá descobrir.

S/N - É, obrigada pela ajuda. - diz Irônica.

Toc, toc, toc. - bate na porta.

Xxx - Um minuto. - diz alguém que pela voz parece ser um homem.

A porta finalmente se abre, mostrando um homem com o cabelo meio grisalho, aparentando ter mais ou menos 45 anos.

Xxx - Bom dia! O que desejam.

S/N - Bom dia, estamos procurando um casal Jung Ga-eul e Jung Luís. - não sei por quê, mas já escutei esses nomes em algum lugar.

JL - F-filha. Minha filha. - fala com lágrimas nos olhos.

S/N - E-eu realmente sou filha do senhor?

JL - Eu não acredito que te achamos, e-eu... Amor! Amor! Entrem!

Entramos e ele sai correndo à procura de alguém, acho que é a Jung Ga-eul.
S/N estava com lágrimas nos olhos e toda eufórica, nunca tinha visto a mesma tão feliz.

JL - Viu, é ela, a nossa S/N!

JG - Minha princesinha, S/N. - fala chorando abraçando S/a que retribuiu aos prantos.

S/N - E-eu.... Vocês realmente são meus pais?

É claro. - dizem os dois.

S/N - Por que me abandonaram? - eles se olham apreensivos.

JG - Acho melhor contar com calma, é meio complicado. Quem é o garoto?

~ Prazer, sou Min Yoongi amigo da S/N.

JL - O prazer é todo nosso Yoongi.

S/N pov's

JG - Bom, se sentem por que a história é meio longa.

JL - A gravidez de Ga-eul foi de risco, na hora do parto não pude entrar na sala, não pude ver seu rostinho quando nasceu.
Assim que você nasceu foi levada para incubadora por ser prematura. Você nasceu de 7 meses....

JG - Eu recebi alta no outro dia, e nós não podíamos ficar com você no hospital.
Íamos te visitar todos os dias, você iria ficar na ala por 10 dias, e no décimo dia podíamos de pegar no colo....

JL - Nós chegamos a te pegar, mas você acabou se sujando e uma enfermeira te pegou para limpar, mas acontece que ela não voltou. Nos mesmo instante que você sumiu o jornal noticiou que um casal de Brasileiros estavam raptando bebês, nós nos desesperamos...

JG - Procuramos você todos os dias, e você só podia estar no Brasil.
Mesmo Luís sendo Brasileiro o seu visto não foi autorizado e a polícia coreana não estava disposta a sair do país para te buscar.

JL - Nós não podíamos fazer mais nada, se tivéssemos tentado sair da Coréia do Sul sem visto e autorização, nós morreríamos. Eu liguei para vários parentes, ele te procuraram e informaram à polícia, mas ninguém conseguiu te achar...

JG - Depois de um ano perdemos as esperanças e nos afundamos em uma depressão que só foi curada quando o nosso sol nasceu, ele nasceu com um ano de diferença.

~ Sol?

JL - Temos um filho, você tem um irmão.

~ Sério? Que demais! - eles sorriem com a minha empolgação.

JG - Os seus "pais" eram bons? - abaixo a cabeça.

~ Eles sempre deixaram claro que eu fui um erro, que me odiavam. Nunca me deram carinho, amor, nada. Eu cresci sozinha, o único amigo que eu tive se foi em um acidente quando eu tinha 15 anos.
Depois disso eu me fechei e sobrevivi.
Os meus "pais" me expulsaram de casa, e eu vim morar na Coreia do Sul para estudar.

JL - Eu sinto muito filha...

~ Tudo bem pai... pelomenos eu estou com vocês agora.

JG - Sim. Porque não ficam para almoçar? Daqui a pouco Hoseok chega.

Hoseok!? - falamos juntos.

JL - Vocês o conhecem?

SG - Ele é meu melhor amigo.

JG - Espera, Suga?

SG - Sim.

JL - Como você cresceu garoto.

JH - Mãe! Pai! Cheguei! - vem correndo. - Ué, S/N, Suga? Qual é a emergência?

JL - Achamos sua irmã, ou melhor, ela achou a gente.

JH - Sério?! Cadê ela?

SG - Do seu lado.

JH - E-espera... S/N? Como eu não percebi que vocês tinham o mesmo nome? Que bur-

Ele é interrompido por mim que pulo dando um abraço no mais novo. O abraço é retribuído na mesma intensidade.

~ Eu estava tão perto e nem tinha visto.

JH - Mas agora a gente tá junto hm? Fico feliz que seja minha irmã.

~ Eu também fico hope.

JG - Que lindo! Agora desgrudem e vão lavar a mão para almoçar.

Tá bom omma - falamos.

~ Vem Yoon. - o puxo.

>>Um tempo depois<<

Já tínhamos almoçado, conversamos muito, eu amo minha família, eu pensei que nunca seria feliz, mas estava enganada. Até o meu gatinho se divertiu, ele gostou dos meus pais, e Hobi com suas gracinhas animou nossa tarde.

Só que já estava escurecendo e nós temos que ir para casa, amanhã tem faculdade e o Yoon ainda vai trabalhar, não posso ficar vivendo da herança da minha avó, então irei procurar um emprego também.

~ Tchau Omma, tchau appa!

JG - Tchau minha princesa, volte e nos visite mais vezes hm?

~ pode deixar Omma.

JL - Beijos meu amor, se cuide.

~ okay appa.

JH - Noona, posso dormir com você hoje?

~ Claro Hobi!

JG -Está aqui o que pediu filha. Tchau. - me entrega um envelope.

Tchau - Eu, Suga e Hobi dissemos.

Hoje o dia foi demais.

Continua...








Notas Finais


Oi pessoal, queria pedir algo para vocês, eu não sei se viram mas eu postei uma nova história, vão lá dar uma olhada, o capítulo 2 sai hoje. Espero que gostem.
Desculpem pelos erros ortográficos e espero que tenham gostado desse capítulo estrelas 💜🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...