História Na Floresta e No Céu - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Warrior Cats (Gatos Guerreiros)
Personagens Personagens Originais
Tags Gatos Guerreiros
Visualizações 10
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Finalmente se inicia a minha primeira fanfic, estamos no arco Eclipse!
O primeiro arco tem um nome lindo pra um arco de início qq

Bem que se abram as cortinas, espero que gostem.

Loki na capa do capítulo :3

Capítulo 3 - Eclipse - O gatinho de gente


Fanfic / Fanfiction Na Floresta e No Céu - Capítulo 3 - Eclipse - O gatinho de gente

Pata Negra estava em mais um de seus momentos de divagação durante a caçada matinal, sentia os pelos loiros salpicados em preto de suas costas aquecerem pelo contato com os raios de sol. Seus olhos laranjas estavam voltados para um muro de tijolinhos onde repousava um enorme gato preto com uma coleira de pedrarias caras que a olhava com pena.

-- Quem é você pequena? -- Miou gentilmente o gatinho de gente, acordando a aprendiz do 'sonho' onde ela espantava o outro felino do território do Clã do Céu para sempre.

-- Eu não dirijo palavras a gatinhos de gente! -- Sibilou a felina loira que arreganhou os dentes. O gatão preto olhou desinteressado para a forma ríspida da aprendiz e bocejou "Um selvagem, sempre será um selvagem." Pensou o mesmo.

-- Eu me chamo Loki, e você é?

-- Eu já disse que não falo com gatos gordos e preguiçosos como você! 

-- Você está conversando comigo de certa maneira minha querida. -- O gatão miou divertido ao reparar que a gata selvagem perderá a pose rígida -- Quem é você?

-- Tsc -- Pata Negra se deu por vencida -- Pata Negra do Clã do Céu! Feliz? 

-- Estou. -- Loki desceu da fronteira entre seu mundo e o mundo desconhecido daquela pequena gata -- É um nome divertido, Pata Negra. -- Por um momento o gato preto e magricela lançou o olhar bicolor ao céu, se ele fosse pai, seus filhos jamais teriam nomes estranhos como Pata Negra.

-- Não é divertido! É uma honra. -- Rosnou a aprendiz mostrando suas garras e acompanhando Loki - que a rodeava - com o olhar. Loki por sua vez, também mostrou as garras, brancas e afiadas, para Pata Negra e sibilou.

-- Não me ameace, Pata Negra do Clã do Céu, se ainda quiser continuar com sua vida miserável entre os clãs nessa floresta e não no Clã das Estrelas. -- Pata Negra estremeceu, ela não tinha contado sobre os quatro clãs para aquele gatinho de gente. Como ele sabia?

A aprendiz recuou com as orelhas resetadas ao perceber que não era exatamente um gatinho de gente qualquer, outros gatos de aparência cruel e assustadora apareceram, entre os galhos das árvores e no muro de tijolos, todos davam risos estridentes e mostravam suas enormes garras afiadas, e Loki se aproximou abanando a cauda de um lado para o outro, preparado para dar um bote fatal.

"Pata Negra! Pata Negra! Pata Negra!" Chamou uma voz que reconhecia muito bem.

⊱⋅ ────── ❴ • ✿ • ❵ ────── ⋅⊰

De repente, Pata Negra se encontrava em seu ninho de musgo, e um gato de olhos azuis lhe cutucava usando a pata prateada com delicadeza.

-- Psst, Pata Negra! Acorda! -- Era Pata de Safira, seu melhor amigo que lhe despertou do pesadelo, se lembraria de agradecer o colega depois.

-- Eu estou... -- A gata loira bocejou fechando os olhos no processo -- Acordada. -- Saiu de seu ninho se espreguiçando, e voltando a olhar o gato azul acinzentado.

-- Estrela de Geada irá dar um comunicado... -- Miou com tranquilidade e saiu da toca, indo em direção a clareira, deixando assim uma Pata Negra divagar por conta de seu aterrorizante pesadelo. 

Afinal... era só um pesadelo...


Notas Finais


E assim se fecham as cortinas.

O que acharam? Bom ou ruim? Suas opiniões serão muito bem vindas.

Até logo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...