1. Spirit Fanfics >
  2. Na mira do amor >
  3. Amigas de infância!

História Na mira do amor - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mais um pra vcs anjos!

Capítulo 2 - Amigas de infância!


ELIZABETH LIONES

Olá! Meu nome é Elizabeth Liones. Tenho 22 anos e sou muito tímida! Tenho quatro grandes amigas que eu amo muito mesmo, Diane, Merlin, Elaine e Gelda. Somos a familia uma da outra, sempre fomos a família uma das outras. Meu pai morreu quando tinha quinze anos e depois disso eu me apeguei mais ainda a elas, afinal  elas eram a única família que eu tinha porque minha mãe morreu quando eu nasci. 

DIANE HARPER

Oi! Meu nome é Diane Harper tenho 20 anos e eu sou a maior barraqueira do grupo. Minhas melhores e únicas amigas são tudo pra mim. Elas são mais importantes pra mim que a minha família. Eles estão pouco se lixando pra mim, e sempre foi assim antes de eu conhecer elas, as garotas não me deixaram de lado, elas ficaram comigo até o final e ainda ficam. Eu sou a maior  sortuda por tê-las.

ELAINE FIRE

Eai caras! Eu me chamo Elaine Fire e sou brava mesmo! Ainda mais se me chamarem de baixinha, ai eu arrebento a cara da pessoa sem dó! Tenho 19 anos mais o físico de uma menina de 1p0 anos e isso sempre foi motivo de piadas para as pessoas. Mas as minhas amigas nunca me zoaram por isso, muito pelo contrário, elas seguravam a pessoa que me chamava de criança enquanto eu chutava e socava cada parte do corpo dela ao meu alcance e só parava quando ele já tava sangrando no chão. Sempre odiei minha mãe, ela era uma cretina que vivia ameaçando ir embora de casa e me deixar sozinha antes de eu ter idade o sulficiente para morar só. Depois que fiz meus 18 anos eu vazei de casa e fui morar com a Elizabeth que me acolheu com muito carinho, ela é tipo a mãe que eu nunca tive. Eu amo todas as minhas amigas porque elas são mais importantes que a minha própria vida.

MERLIN EARTH

Oi pra quem ta lendo isso aí. Meu nome é Merlin Earth e eu tenho 24 anos e sou a mais velha do grupo e tipo a mãe de todas as garotas. Eu morava com a minha mãe e com o meu pai mas quando fiz 22 anos eu sai de casa para morar sozinha. Amo as garotas como minhas irmãs queridas. Elas sempre me apoiavam em tudo que eu fiz e eu sempre apoiei elas. Eu nunca vou conseguir retribuir o que elas são pra mim mas empre procuro fazer o meu melhor. Quando fiquei doente elas cuidaram de mim e fizeram aqueles dias serem os melhores da minha vida. Resumindo elas são minha vida toda e sem elas eu não saberia o que fazer.

GELDA VAMPIRY

Eai. Se ficar encarando de mais eu quebro a cara ta entendendo?! Meu nome é Gelda Vampiry e eu sou a louca do grupo. Se mecher com umas das minhas amigas você não sobrevive pra contar história tá ligado? Tenho 22 anos e sou lutadora de jujutsu então não se mete comigo ou com as minhas garotas! Sou muito irônica mas não ligo. Eu tenho tanta paciência quanto tolerância então não me aborrece anão ser que queira ver seus dentes saltarem pra fora. Não tenho uma hitória emocionante pra contar além de que minha amigas são a minha vida toda e um pouco mais. 

AUTORA 

Depois de finalizarem com a vida das pobres garotas que cairam em seus encantos os cinco assasinos se reúnem novamente uma semana depois do ocorrido para pegar suas próximas vítimas. As pobres garotas já estariam na mira do capitão do grupo a quatro dias. Meliodas observava cada passo das cinco belas garotas. Uma delas lhe chamou atenção, seus cabelos platinados ondulantes sob o vento e seus olhos azuis oceânicos eram, de fato, maravilhosos. Meliodas ficou encantado pelos fetiches daquela mulher, seu corpo definido com curvas retocadas pelas roupas justas que a mesma usava, o deixava louco e mal poderia esperar para tê-la em sua cama, por uma noite. As outras quatro eram quase tão belas quanto a deusa que iluminava seus pensamentos. O capitão tirou fotos de todas as garotas e tirou uma a mais da platinada para guardar para si.

Os homens ali reunidos esperavam, calmos, as fotos de suas próximas vítimas quando o capitão do grupo adentra o cômodo escuro iluminado apenas por uma lâmpada solitária sob uma mesa puída. O lugar era realmente malcuidado.

- Eai rapazes! Espero que tenham aproveitado as últimas mulheres que passei para vocês, mas hoje eu retorno aqui para entregar as próximas.

Meliodas entrega as fotos tiradas das garotas observadas. Os homens observam as fotos com atenção antes de meter as fotos no bolço.

- As vezes me arrependo de ter entrado para esse esquema maníaco.- O Pendragon comenta em meio a um suspiro.

- Eu também mas agora que começamos não vamos mais parar.- Zeldris retruca, distante como sempre.

- Eu vou embora manés.- Diz king saindo da saleta deixando apenas os quatro argumentando por suas decisões.

- Quer saber, eu também vou. Tchal capitão, Arth, zel.- Ban segue king para a saída, seu sobretudo preto balançando ao vento.

Os outros três seguem para fora também abandonando aquele lugar que causava calafrios em Arthur, mas afinal, tudo causava essa sensação no ruivo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...