História Na ponta dos pés - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 42
Palavras 662
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem gente espero que gostem

Capítulo 1 - Em casa


Fanfic / Fanfiction Na ponta dos pés - Capítulo 1 - Em casa

-vamos alissa não podemos nos atrasar

-tá bom! Já vou

Oi! Eu sou alissa, mais você já sabia disso! E bem já sabe aonde estou indo certo? Estou indo pra casa, para Paris, para minha antiga casa, minha antiga vida, também estou louca para ver Tiago meu namorado já faz 5 anos, vou explicar um pouco mais sobre isso agora.

A 5 anos atrás eu e meus pais, viajamos para Paris para a festa de 15 anos da minha prima Sara, que agora deve estar em algum lugar do Canadá, já que estávamos la ele resolveu ficar mais uns três meses, e nesse tempo eu estava aproveitando com meus amigos de infância, Tiago era meu amiho, e com o passar do tempo começamos a ficar mais proximos, ate ele me pedir em namoro no dia dos namorados, a gente se visitava duas vezes por ano, mais o passar do tempo ele mudou, mais eu não ligo, pois eu também mudei.

"Senhores passageiros por favor irem para o portão 4 o voo 153 vai decolar em 20 minutos"

-cadê a mãe ?

-foi comprar algumas coisas

Assim que ela chegou fomos ate o avião, fiquei a viagem inteira ouvindo música e lendo um livro chamado Exorcismo. Assim que chegamos, pegamos outro táxi e fomos pra casa, entrei no meu quarto (notas finais )e fui dormir pois já estava tarde.

-temos que resolver isso. Vamos falar que ela não vai

-não. Acho melhor mandar ela, esse e o sonho dela

-podemos mandar ela ficar. falar para ela começar a fazer ballet. Ela adorava isso

-adorava !quando tinha 6 anos. Deixa ela fazer intercambio deixa ela viver o sonho dela

-NAO. NAO POSSO !ELA DEVE FAZER BALLET. E O SONHO DELA

-E O SONHO DELA OU O E O SEU.

-e o dela (falo saindo do quarto indo ate a cozinha )

-Alissa (ela vem até mim ) bem que tal trato. Você faz ballet esse ano se apresenta em uma peça e em troca eu pago seu intercambio

-tenho que pensar. Depois eu falo a minha decisão

💭porque eu aceitaria ela sabe que papai vai pagar se eu pedir 💭

Fui pata o quarto e fiquei o dia todo la ate ficar com fome e ir para a cozinha perto da geladeira havia algumas caixas da mudança a primeira de CDS então pensei que poderia guarda-la estava levando ela para a sala ate derrubar um monte de CDS e fitas no chão, eu estava recolhendo ate ver uma fita com meu nome eu guardo as outras e vou para meu quarto para assistir assim que eu apertei o play comecei a me ver de tutu e de saia dançando e pulando tentando imitar uma bailarina, minha mãe me pegava no Olo e ficava me girando no ar e começávamos a brincar. Naquele momento pensei que isso era muito importante pra mim na evoca e que era importante pra minha mãe hoje, depois de pensar muito eu decidi aceitar, mais tinha que ir ate seu quarto então me levante do tapete e me virei em direção a porta e la estava ela com os olhos marejados

-eu aceito o acordo (ele vem e me abraça )

-sabia que minha menininha ainda estava ai (ela me aperta forte. Me solta e enxuga as lágrimas )agora vamos va dormir amanhã você tem aula nao quero que se atrase

Depois de tomar um banho eu vou pra cama, pensando no Tiago e como iria fazer a surpresa pra ele, estava pensando tanto nisso que acabei caindo no sono rapido, sendo acordada logo em seguida pelo meu pai pulando em cima mim

-vamos o café já esta pronto

-sai de cima

-vamos você gostava disso. O que houve com você. Porque mudou tanto. Vamos deixe de ser rabugenta e se divirta um pouco(ele fala levantando e olhando em volta com um olhar preocupado )

-o que foi?

-nada

Saio do quarto tomo o café volto logo em seguisda e me troco, estava quase acabando quando ouço a campainha, vou atende-la e assim que eu abro vejo Tiago parado na porta com um buquê de rosas pretas


Notas Finais


Espero que tenham gostado e fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...