1. Spirit Fanfics >
  2. Na Sinfonia do Ódio - Eu nao sou seu amor >
  3. Calmaria (a noite do Baile De'La Blair)

História Na Sinfonia do Ódio - Eu nao sou seu amor - Capítulo 39


Escrita por:


Notas do Autor


PREPARADOS PARA O PENULTIMO CAPITULO??????????

Antes, vai ver o MV da Hwasa, Mariá
Tá perfeito.

Capítulo 39 - Calmaria (a noite do Baile De'La Blair)


Fanfic / Fanfiction Na Sinfonia do Ódio - Eu nao sou seu amor - Capítulo 39 - Calmaria (a noite do Baile De'La Blair)

Hoje, dia vinte e nove de julho, era o dia do Baile De'La Blair. As maiores empresas de Seul estariam reunidas no Palácio Dourado, um salão de festas super chique. Cada chefe de empresa poderia convidar alguém: Momo iria com seu namorado; Kwon, com sua esposa; Mina com sua amiga Dahyun, vice presidente de sua empresa. E Jimin? Sim, Lisa iria com ele.

-Ir com você ao baile? Mas eu não tenho algum vestido adequado para a comemoração. O que eles iriam pensar se visse você comigo? - Lisa perguntou.

-Não se preocupe com isso. E sobre o vestido, eu já cuidei disso. - Jimin se levanta da cama e vai até o guarda roupa, pegando uma vestimenta embrulhada em um plástico preto. Lisa se sentou na cama, observando ele abrindo o plástico - E aí, o que achou?

-Jimin, você está louco?! É maravilhoso! Quanto você pagou nisso? - perguntou surpresa.

-O preço não importa. Ele veio junto com um presente. - ele faz um meneio com a cabeça em direção ao criado-mudo ao lado da cama. Ela entendeu o recado e abriu a gaveta. Tinha uma caixinha vermelha de veludo. Lisa ficou surpresa, pois tinha uma pequena noção do que poderia ser.

-Jimin. - Lisa abriu a caixinha e colocou a mão livre na boca, demonstrando emoção, alegria, tudo ao mesmo tempo.

-Ah, fala que você aceita! - Jimin começou a pular de nervosismo. - Eu acho que é melhor eu fazer o pedido adequado.
   Jimin colocou o vestido na cama e pegou a caixinha da mão de Lisa com um anel, se ajoelhando no chão.

-Kim Lisa Chaeyoung, você aceita-

-Sim. - Lisa cortou o mesmo.

-Pera, o que?

-Sim, eu aceito ser sua nova namorada! - Lisa levantou da cama e se jogou em Jimin, fazendo os dois caírem no chão.
                                                                                                          -_-_-_-_-_-

-Nossa, você ficou maravilhosa com esse vestido, querida - Jimin sela os lábios da moça.

-Obrigado Jimin. Você também ficou deslumbrante nesse terno - ambos sorriram.
   Já eram sete da noite, e o baile já havia começado. Jimin e Lisa saíram de casa e foram pegar o carro. Eles andaram um pouco devagar, Lisa não estava acostumada a usar salto alto agulha. Eles entraram na BMW conversível de sempre. Demorou uns quinze minutos até chegarem ao Palácio dourado.
   A entrada estava cheia de paparazzi's e estava decorada com um belo tapete vermelho. Dentro do salão, a decoração havia investido em vermelho, dourado e preto. Tinham varias pessoas bem vestidas, homens e mulheres ricos e bem sucedidos.

-Jimin, que bom que veio! - Momo foi em sua direção, cumprimentando o mesmo - Quem é essa bela moça?

-Momo, essa é minha namorada, Lisa.

-Como vai, Lisa? - Momo sorriu perguntando. - É um prazer em conhece-la.

-Eu vou bem, obrigado. O prazer é todo meu. - Lisa respondeu, sorrindo de volta.

-Bom, aproveite a festa, querida. Jimin, se importa se eu falar com você a sós? - Momo pergunta. Jimin nega com a cabeça e sela novamente os lábios de Lisa antes de seguir Momo.

-Eu já volto. Pode pedir uma bebida ao barman se quiser, só não se perca - Jimin dá um beijinho da testa da moça.
   Jimin e Momo foram para um lugar mais reservado para conversarem. Lisa seguiu para um pequeno bar e pediu uma bebida, uma taça com bokbunja, uma bebida coreana feita com framboesas. 

-Lisa? - uma pessoa senta ao lado de Lisa.

-Mark. Bom te ver. - ela deu um sorriso sem dentes - Deixa eu adivinhar, é um membro do esquadrão da Momo?

-Boa adivinhação. E você, está aqui como a nova "Sra. Park", certo? - ele perguntou levantando a sobrancelha.

-Corretíssimo. - Lisa ficou surpresa - Como adivinhou?

-O anel no seu dedo esquerdo entregou tudo - ele apontou para a mão esquerda de Lisa, que estava sobre o balcão. -. Que bom que a Jeon não está no seu lugar. Ou melhor, que bom que você está no lugar dela.

-Acho bom eu não perguntar por quê - Lisa bebeu seu vinho, fazendo Mark sorrir.
   Os dois ficaram conversando por um tempo, até que Mina, a principal investidora do evento subiu ao palco.

-Atenção! Peço um minuto de sua atenção! - Mina disse pelo microfone e todos no salão olharam para ela. Mark e Lisa tiveram a ideia de ir mais para a frente, ficando mais próximos ao palco. - Hoje, estamos aqui reunidos, como em todos os anos, para celebrar mais um ano de sucesso e desempenho de nossas empresas!
   Todos aplaudiram.

-Como vocês sabem, recentemente o dono da Park Tech faleceu, deixando sua empresa nas mãos de seu filho, Park Jimin. Hoje faz um ano e dois meses que ele faleceu. Portanto, para prestar uma homenagem a ele e a todos os seus familiares e amigos, quero que o novo senhor Park venha aqui falar algumas palavras. Jimin. - Mina deixou o palco e entregou o microfone para o moço, que foi recebido com aplausos por todos.

-Primeiramente, eu gostaria de desejar boa noite a todos. É uma honra estar aqui em nome do meu pai, geralmente era ele que fazia os discursos em noites como essa. Agora, eu gostaria de dizer que todos nós somos muito...sortudos, por sermos os chefes das maiores empresas de toda a Coréia. - todos aplaudiram, deixando o mesmo com vergonha - Esse último mês foi um pouco complicado para mim e minha noiva, Lisa. Fomos reféns de uma mentira e cumplices de uma enganação. Acho que todos aqui sabem o que aconteceu entre mim e minha antiga esposa, mas esse não é o assunto. Espero que nós tenhamos mais e mais anos de sucesso e triunfo. Que o legado das famílias Kim, Park, Choi, Jeon, Min e outros nomes sejam honrados, como sempre foram. Gostaria também de propor um brinde a todos nós. - Jimin ergueu a taça de champanhe que bebia e todos fizeram o mesmo. - Que tenhamos muitos anos de vida e de sucesso. Saúde!

-Saúde! - todos responderam e bateram palmas enquanto Jimin saia do palco, fazendo a musica voltar.
   Jimin procurou por Lisa, e a encontrou. Mark já havia ido ao encontro de Momo e seu "esquadrão". Jimin parecia estar chorando de emoção.

-Jimin, por que está chorando, meu anjo? - Lisa segurou seu rosto.

-Queria que meu pai estivesse aqui - ele respondeu, limpando as lagrimas com o seu paletó.

-Meu amor, eu sei que ele ouviu seu discurso, e também sei que ele está orgulhoso de você. - Lisa abraçou seu noivo.

-Eu te amo, Lisa. Obrigado por estar aqui comigo. - Jimin disse.

-Eu também te amo, Jimin. Eu também te amo - Lisa respondeu, com os olhos marejados.


Notas Finais


GENTEEEEEEEE
Eu não sei quando eu vou ter tempo de postar o ultimo capitulo, então, vou postar hoje tbm!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...