1. Spirit Fanfics >
  2. Na Sinfonia do Ódio - Eu nao sou seu amor JIMIN >
  3. Perdão

História Na Sinfonia do Ódio - Eu nao sou seu amor JIMIN - Capítulo 29


Escrita por:


Notas do Autor


Hoje dia 22/05 lançou a August D2 (não sei se é assim que se escreve kk)
Vai lá ve o nosso querido Suga quebrando tudo com a nova mixtape
(o Jungkook e o Jin tbm apareceram no MV, tenta achar eles kkk)

Capítulo 29 - Perdão


-Você só pode estar de sacanagem com a minha cara! Você me tira da porra da reunião pra me pedir desculpas?! - Jimin anda de um lado para outro na sala - Não tinha hora melhor para fazer isso?!

-Jimin, você não responde minha mensagens, não atende minhas ligações, o que queria que eu fizesse? - Jeon se levantou da cadeira.

-Por que não veio aqui outra hora? Que droga, a imprensa vai me matar!
   Jimin parou e colocou as mãos no rosto, expressando raiva e decepção.

-Se você não quer aceitar minhas desculpas-

-Me dá só um motivo para e te perdoar. - ele a interrompeu.

-Eu sei que você ainda me ama, independente do que eu fiz ou do que eu deixei de fazer. Eu estou mentindo, Park Jimin? Me corrija. - Jeon começou a soltar as primeiras lagrimas.

-Não - Jimin se aproximou e olhou fixamente em seus olhos marejados -, você não está mentindo. Eu ainda te amo, e muito.
   Jimin segurou o rosto de Jeongyeon e iniciou um beijo calmo mas intenso. Aos poucos, eles foram se entregando um ao outro, e quando menos esperaram, Jeon estava com as mãos nos ombros dele, e Jimin com as mãos na sua cintura. Um tempo depois, Taehyung bateu na porta da sala que estava trancada.

-Jimin? O Kwon está quase indo embora, acho melhor você vir logo. - sua voz ecoou do outro lado da porta.

-Já estou indo, fala pra ele esperar. - Jimin soltou Jeon. - Preciso ir, depois conversamos sobre isso. Vá para casa e descanse. Depois, talvez eu te ligo.
  Jimin deu um beijo em sua testa e saiu. Jeon fez o mesmo minutos depois. Ela foi até o estacionamento da empresa, ligou seu carro e entrou no mesmo, pegou seu celular e discou o numero de Mark. Chamando, chamando, chamando, pronto.

-E ai, como foi? - Jeon pergunta com um sorriso bobo no rosto.

-Foi horrível, ela não tinha nada a ver com isso, Jeon! - Mark parecia triste e irritado.

-Bom, agora ela tem. Foi graças a ela que meu casamento está salvo. - Jeon se distraiu olhando pela janela do carro.

-Mas ela... ai, vai se ferrar - Mark desligou.

-Desgraçado... - Jeon estava prestes a ligar o carro, quando de repente, sua irmã começa a bater no vidro do carro.

-Jennie? - Jeon abaixa o vidro - O que você quer?
   Jennie se escora na porta do carro.

-Nada só... vim saber porquê você veio aqui atrapalhar a reunião do Jimin. - Jennie olhou fixamente nos olhos da irmã.

-Isso não é da sua conta. - Jeon responde.

-Ah, pode ter certeza que é. Depois que você mentiu pra ele, tudo se tornou da minha conta. Papai ainda teria dinheiro se não fosse por você e a mamãe. - ela disse tentando se defender.

-Quer calar essa boca! - Jeon responde irritada. - Primeiro, isso só tem a ver comigo e o meu marido. Segundo, você sabe que o que aconteceu com o papai não teve nada a ver comigo, foi culpa daquela mulher, que não é nossa mãe. Terceiro, suma da minha frente antes que eu surte e te puxe para dentro desse carro e te jogue para fora na primeira oportunidade!
   Jennie seguiu as ordens da irmã e saiu de vidro do carro, deixando a mesma sair do estacionamento.

-Pobre irmãzinha, ainda vai se dar muito mal nessa vida. Depois não diga que eu não lhe avisei, Jeongyeon.
                                                                                                      ​-_-_-_-_-_-

Enquanto isso, com Mark...o pobrezinho estava se sentindo horrível depois de ter feito algo muito ruim para Jeongyeon. Ele foi obrigado a... quer saber, você vai descobrir com o tempo (a escritora adora causar discórdia!).

-Eu não deveria ter feito isso, eu não deveria ter feito isso, eu não deveria... - Mark sussurrava para si mesmo.

-Tá ficando louco, Mark? - Namjoon se aproximou com um milk-shake.

-Não, eu estava só pensando. - Mark colocou a bebida no balcão. - Hyung.

-Sim? - Namjoon se virou para o amigo.

-Se você tivesse que seguir ordens de alguém, sabendo que aquilo é errado, você seguiria mesmo assim? - Mark perguntou inocente.
   Namjoon suspirou, e custou para responder a pergunta do amigo.

-Olha, depende. Se isso fosse machucar alguma pessoa perto de mim ou trazer malefícios a mim mesmo, eu com certeza não faria, nem mesmo por dinheiro, mesmo que exista pessoas que fazem isso. Mas, por que está me fazendo essa pergunta?

-Nada não.

-Por acaso fez algo de errado? - Namjoon perguntou.

-Não, só queria saber mesmo. - Mark pegou um canudinho e bebeu o milk-shake de morango com baunilha.

-Se você está dizendo...


Notas Finais


Vamos brincar.
Oq você acha q o Mark fez??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...