História Na toca dos lobos - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Chapeuzinho Vermelho, Lobos, Romance
Visualizações 130
Palavras 1.681
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Amores eu tenho que dizer que de todas as minhas fics essa foi a que mais amei escrever, foi tão bom ver vocês interagindo com a história, favoritando e tudo mais , mas tudo que é bom um dia acaba, mas para vocês não ficarem triste amanhã eu vou postar um cap bônus junto com uma breve sinopse da minha nova fanfic que é baseado em um clássico da mitologia grega cupido e psique, que é nada menos que a história que inspirou o clássico Bella e a Fera, para resumir MUITO brevemente no lugar do príncipe transformado em fera teremos um anjo expulso do paraíso e no lugar de uma camponesa termos uma princesa tão bela quanto a própria Afrodite, que despertou a atenção de dezenas de homens ao redor do mundo, inclusive do anjo.

Capítulo 48 - O começo do felizes para sempre


Fanfic / Fanfiction Na toca dos lobos - Capítulo 48 - O começo do felizes para sempre

_garanto que conversar vai ser a ultima coisa que vamos fazer – disse Dean.

   Eu fiquei vermelha de vergonha, mas ignorei isso e o beijei,ele me parece diferente, mais forte, mais intenso e ainda mais lindo do que me lembro, eu senti ele me puxar ate a cama e antes que ele me deitasse eu tive que romper o beijo.

_na casa da minha avó não – resmunguei.

_vem pra casa comigo?

***

    Chegar em casa com ele me fez sentir a pessoa mais feliz do mundo, por sorte Zack não estava em casa quando chegamos se não eu não saberia aonde enfiar a minha cara, não perdi tempo e já arrastei Dean ate o nosso quarto, enchi o rosto dele de beijos, ele desceu as alcinhas do meu vestido, eu não consegui deixar de beijar ele por um minuto que fosse.

_Lissa espera ... você tem certeza de que quer fazer isso?

_não me faça implorar – disse tirando a blusa dele.

  Tava na cara que ele parecia ter dó de me tocar, geralmente seus toques eram tão firmes, agora mais parece que ele tem medo de me tocar.

_humm – ele resmungou.

  Fiquei tão impaciente que resolvi tomar as regias da situação, joguei ele na cama e me coloquei em cima dele, naquele momento eu senti que por mais que ele estivesse segurando ele também queria, não tenho certeza de como deveria estar me sentindo, mas tem algo nele, no jeito dele, na maneira como ele se mexe, na maneira como ele me olha que me faz acreditar que não é possível viver sem ele, e isso me leva a loucura em uma questão de segundos.

_diga-me agora que não quer que eu paro

_chegue mais perto, se você se atreve Lissa, eu só estou me mantendo firme porque basta mais um toque para que eu perca o controle e eu não quero te machucar - me inclinei e beijei o pescoço dele_ você adora quando eu desmorono argh ...

_me deixa cheia de marcas, chupões e mordidas mas ... você transa tão bem e eu nunca me canso disso

  Ele arregalou os olhos e me encarou abobado, e me virou ficando sobre mim, ele abaixou a minha calcinha com tudo e dessa vez ele me penetrou bem mais devagar que das outras, mas dessa vez eu senti tudo com mais precisão, doeu mais do que a primeira vez, mas eu me recuso a parar, eu gemi tantas vezes, algumas de dor outras de prazer mas ele parecia estar amando tudo aquilo.

_você desperta meus piores instintos loirinha – ele disse mordiscando minha orelha.

_agora a culpa é minha?

_não, a culpa é dos deuses por terem feito uma criatura tão perfeita para mim

***

   Dizer que a Cris e a Halley ficaram loucas quando disse que o casamento é daqui a sete dias é pouco, Cris fez questão de me ajudar com tudo e a Halley foi atrás de caçar junto com o Abner o suficiente para alimentar toda a matilha, Mel me ajudou a fazer um bolo de uns seis andares, ficou muito bonito branco com flores de açúcar vermelhas em forma de rosas,  como ela não é muito boa na cozinha ela ficou me ajudando com tudo que era possível mas ela é bem habilidosa com algumas coisas as flores que ela fez ficaram ainda melhores, Cris organizou o local, decidimos nos casar em um campo aberto embaixo de uma grande arvore muito antiga, ela decorou tudo com varias flores vermelhas e ainda conseguiu um arco de flores silvestres ela realmente sabe como organizar tudo isso como ninguém, tudo estava impecável, menos eu que estava a ponto de explodir.

   Dean me contou sobre a minha mãe Jasmine, eu fiquei arrasada, quase que o casamento foi cancelado por conta disso, e fiquei feliz por saber que o Kaleb está com a Lexi, eu não fazia idéia de que a minha Lexi era a Lexi dele fico feliz por ambos, mas queria muito que eles pudessem estar aqui comigo.

   Minha mãe apareceu aqui junto com a vovó na véspera, Dean e Abner foram buscá-las pessoalmente o que significou muito para mim poder ter elas por perto, ninguém na matilha teve autorização para se transformar enquanto minha mãe estivesse aqui, minha avó sempre soube da existência dos lobos e para ela não era novidade embora ela nunca tivesse contado para ninguém nem mesmo para mim que ela é uma “filha da terra”, ela não gosta de ser chamada de bruxa, as filhas da terra tem poderes e trabalham em harmonia com a natureza, o colar que ela me deu e que eu dei ao Dean realmente tinha poderes de proteção aquilo ajudou a protegê-lo, segundo a vovó quando Seth tentou acertar o coração dele com uma espada de prata o colar desviou a lamina do coração dele, eu fiquei pasma mas tenho preocupações maiores agora.

_eu simplesmente amei esse lugar – disse a minha mãe Amara.

_eu também vai ser bom para criar meus bisnetos aqui – disse vovó.

   Mamãe ficou louca com a idéia de ser avó, eu nunca vi ela tão feliz.

_Amara me ajuda a costurar essa manga aqui

   Nesse momento estou com o meu vestido de noiva, aquele que a Selene me deu ele ficou guardado tanto tempo e só agora vou usar, engraçado como parece que faz anos que não vejo esse vestido, ele ficou perfeito em mim e ainda bem que não ficou apertado no corpo, mamãe prendeu meu cabelo um pouco para trás e colocou uns cachos nas pontas, é uma tradição por aqui que as noivas usem algo colorido com uma cor que representa aquilo que elas querem atrair para o casamento, verde significa riqueza material e espiritual, laranja significa alegria, azul é pureza e rosa amor, mas tem uma em especial para mim.

_eu quero tirar algumas anáguas do vestido, quero que ele seja um pouco mais reto

_tem certeza?

_sim

   Elas tiraram umas três anáguas da parte de baixo o que deixou o vestido pouco mais simples mas continuou lindo, vermelho significa força e coragem, é isso que quero para nos que nunca nos falte coragem para seguir em frente e encarar tudo o que cruzar o nosso caminho, e força para que um sempre lute pelo outro, para termos força para cuidar da nossa família que está a caminho e acima de tudo força para lutar pelo nosso amor.

   Mesmo sem dizer nada vovó colocou a capa em mim e percebi que ela ainda deu mais brilho ao tecido.

_você parece uma rainha, mas sem o capuz, quero que todos vejam esse rosto lindo

_como se sente minha filha?

_nervosa

_não fique vai dar tudo certo, e uma dica quando seu marido começar a te encher prenda ele numa coleira

_não seja má mãe – disse a minha mãe.

_bobagem – disse vovó _você tinha mais que fazer o mesmo com aquele carrasco do seu marido

    Coloquei um colar de perolas e enfim estava pronta, as tradições por aqui são diferentes, além de usar a cor, a noiva não pode usar véu, mas a capa meio que fez esse papel, e eu não entro na cerimônia com o pai e sim com o sogro, de acordo com a Halley isso simboliza a união, como um marco de que agora somos todos da mesma família, e outra coisa que achei interessante os noivos não podem se ver 48 horas antes do casamento o que quer dizer que estou a dois dias sem ver o meu noivo ninguém soube ao certo como me explicar o porque disso mas pelo que entendi esse período serve como uma espécie de meditação para que os noivos pensem bem sobre a escolha para ter certeza de que é isso que querem.

   Minha avó e a mamãe logo se juntaram aos convidados, Zack estava bem arrumado me esperando.

_você está muito linda Lissa

_obrigada

_vamos?

_sim

   Ele estendeu a mão pra mim e sorriu.

_te desejo muita felicidade minha filha

_obrigada pai 

   Ele se emocionou e beijou meu rosto, quando começamos a caminhada pela passarela de flores até o que era pra ser o altar e bem no final dele estava o homem mais lindo do mundo, vestido com uma roupa escura e uma capa preta a cor do poder, masculinidade e exuberância, uma espada na cintura e um sorriso radiante no rosto, eu nunca vi um homem mais bonito, ele penteou os cabelos para trás e deixou uma pequena parte da camisa aberta que deixou ele tão sexy.

_ainda da tempo de pensar e correr atrás de coisa melhor – disse Zack

  Eu ri e o abracei antes de me juntar ao Dean no altar.  

_oi chapeuzinho

_não me provoque lobo

_caros convidados, aqui estamos nessa abençoada celebração, um marco único na vida de ... uma pessoa, uma vez juntos não existe força nos céus e na terra capaz de desfazer, mas hoje não é um dia para se celebrar o amor deste jovem casal o amor é algo que se é celebrado todos os dias, com muito mais além de palavras bonitas e sim com pequenas ações, pequenos sacrifícios diários e no dia em que a chama do amor parecer pequena e fraca vão se lembrar de todos os motivos que trouxeram vocês aqui e agora, pelo medo vocês desistiram de fazer loucuras pelo bem do outro e pela coragem vocês enfrentaram cada desafio para se unirem em matrimonio – disse o sarcedote _Dean promete amar, cuidar e respeitar a Lissa até o fim dos tempos?

   Dean se voltou pra mim sorrindo e pegou na minha mão.

 _eu prometo

_Lissa, promete amar, cuidar e respeitar o Dean ate o fim dos tempos?

_eu prometo –disse emocionada.

_muito bem, pode beijar a noiva

   Ele selou os lábios nos meus e eu fechei os olhos sentindo um gostinho doce dos lábios dele,nunca foi de acreditar em felizes para sempre, mas hoje posso dizer que acredito em histórias sobre o amor,de como o ódio pode se transformar em um amor intenso, no inicio eu odiava tanto e agora eu sei quem sem ele não da pra viver. 


Notas Finais


gente eu juro que vou fazer o possível pra postar mais amanhã


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...