História Nada é Por Acaso - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 16
Palavras 412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Fofo ou irritante?


Adria: Okay mas ainda te considero um idiota

Matheus: Como quiser, ei falando a verdade acho melhor descansar amanhã temos o primeiro dia de aula qual ano você vai fazer?

Adria: O terceiro ano

Matheus: Ah legal! Eu também! Quantos anos você tem?

Adria: Tenho 17 ainda vou fazer 18..

Matheus: Eu fiz 20, ainda tô no terceiro ano porque eu repeti

Adria: Então acho melhor eu ir nessa

Matheus: Ah e não vai se importar se eu tocar bateria né?

Adria: Você não vai fazer isso - olhar mortífero e saio dali pro meu apê

Vou pro meu apê, tomo banho, coloco uma calça moleton e fico sem camisa pronto pra dormir, mas somente depois de ajeitar minha bateria, e finalmente começar a tocar, já é tarde, eu gosto de tocar bateria o que me chama atenção é o som alto que sai dela.

Adria On

Fui para o meu apê, tomei o meu banho e depois fiquei deitada na cama pensando no que aconteceu hoje quando ouço um barulho alto vindo do lado.

Adria: Aff deve ser outro vizinho irritante já não bastava o Matheus, mas eu vou ignorar e tudo vai ficar legal

Vou até a cozinha mechendo no celular e abro a geladeira pegando água. Bebo água e vou até a sala vê se tem algum filme legal passando, Aaah o filme que eu queria assistir tá passando  na Sky "Medo Profundo", fico toda feliz só que não dá pra ouvir nada o barulho da maldita bateria é alta, aumento o volume no máximo e só piora, meus ouvidos começam a doer então eu abaixo o volume e vou até o apê de quem tá tocando, bato na porta.

Matheus: Oi?.. Vizinha? - sorrio

Ah ele tá tão lindo, ele tá sem camisa, ah pera foca Adria! Você veio brava continua assim.

Adria: Eu quero que você pare de tocar essa porcaria!

Matheus: Tá vermelhinha é? Fica tão fofa

Ai meu Deus agora eu fico vermelha.

Adria: Para de ser idiota, eu quero assistir um filme e não consigo ouvir nada por conta da sua bateria

Matheus: Problema não é meu - fecho a porta

Adria: Seu idiota - chuto a porta - nem pra engolir os pauzinhos da bateria

Saio dali bufando, desligo a televisão de raiva e vou pro meu quarto, visto meu pijama e vou dormir.

Matheus On

Foi muito boa ver a cara dela, dou risada e ouço ela chutar a porta, se ela entrar pode me considerar morto, agressiva ela, volto a tocar bateria, até que vejo a hora.

Matheus: Caramba tenho aula amanhã

Arrumo tudo e vou dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...