História Nada sobre nada - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Nada Sobre Nada
Visualizações 0
Palavras 453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Mistério, Misticismo, Poesias, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Bbb


Olha, eu to muito triste e muito magoada com você. Parece que você me culpa pelo o que a suas ex fizeram com você, parece que você me culpa por eu não ter aparecido antes. Mas enquanto você estava sendo machucado, eu também estava. Eu resolvi continuar caminhando, e acreditando que um dia eu conheceria alguém onde o nosso sentimento fosse recíproco. Eu pedi muito pra Deus isso, e apareceu você! 

Apareceu você, e eu estava disposta a lutar por você, lutar até o meu último dia de vida. Quando você terminou comigo, me trocou, eu ainda continuei aqui. Lembra que eu te prometi quando nos conhecemos que jamais iria embora? Eu fiquei aqui, e ainda estou aqui. Fiquei aqui mesmo você falando que gostava de outra, fiquei aqui mesmo você falando que não iríamos dar certo, fiquei aqui mesmo com todos os problemas, fiquei aqui mesmo não estando bem, fiquei aqui estando triste, feliz, com dinheiro, sem dinheiro, com saúde, doente, chorando. Eu fiquei.

Eu fiz tanto por você, mas tanto. E agora você vem me acusando de traição? Você me xinga, me trata mal, fica seco comigo, me acusa. Eu vou falar mesmo, porque até agora eu estou chorando, e não consigo parar. 

Eu jamais vou te trair, jamais vou ir embora. Somos um só, Sérgio! A gente precisa se unir no nosso primeiro problema. Apenas uns 20 dias, e tudo vai ficar bem. Não me força ficar pedindo pra sair pra minha mãe, porque quanto mais eu fizer isso, mais eu demorarei pra sair.

Hoje você chegou decidido que terminaria comigo, e eu mais uma vez te implorei pra você não ir. Você quis terminar comigo por coisa que eu não fiz. Traição? Traição de mim nunca irá sair! Sou uma mulher digna, e de um homem só. Eu exijo respeito de todo mundo. 

Sempre te tratei com muito carinho, nunca te tratei mal. NUNCA. Nunca te tratei mal pra você estar me tratando desse jeito.

Eu amo você, Sérgio. Eu amo você como nunca amei ninguém nessa vida. Eu amo você mais do que qualquer coisa ou pessoa. Eu jamais te trocaria. Meu sentimento jamais mudaria por você, não há possibilidades disso acontecer. Toda vez que me pego pensando no futuro, você está incluso nele.

Eu to chorando muito, muito, muito. Até a Tici veio aqui no quarto e trouxe uma garrafa pet pra me chamar pra brincar, ela não faz isso. Eu desmaiei aqui, pois minha pressão baixou e nem assim eu consegui parar de chorar. Eu to muito magoada e muito triste, mas eu não te quero longe de mim. Eu te amo, e tenho a certeza absoluta que eu te amo e que eu te quero pra minha vida toda. 













Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...