História Nadie Como Tu - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna, Violetta
Personagens Ámbar Benson, Andrés Calixto, Benício, Broduey, Camila "Cami" Torres, Delfina, Diego, Emília, Federico, Francesca Cauviglia, Gaston, Jazmin, Jim, León Vargas, Ludmila Ferro, Luna Valente, Matteo Balsano, Maxi Pontes, Nathália "Naty" Vidal, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Simón, Violetta Castillo, Yam
Tags Aderic, Bemilia, Benbar, Fedmila, Gasfira, Gasletta, Gastina, Gemêas, Jazdres, Jazxi, Jico, Jimiro, Karolsevilla, Larol, Leonetta, Lorenfira, Luchel, Lumbar, Luna, Lutteo, Musica, Nadiecomtu, Naxi, Nitteo, Passado, Pelfi, Romance, Ruggarol, Ruggelina, Ruggeropasquarelli, Simbar, Simila, Sitteo, Sol, Solderico, Soletta, Solnicio, Souluna, Violetta, Yamiro
Visualizações 54
Palavras 2.453
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente como estão?

Hoje o calitulo talvez vai ser grande. por que hoje nos vamos ter muita coisa importante aqui nesse capiulo. Ate por que falta apenas 9 capitulos para a primeira parte de Nadie Como Tu terminar :(

Mais antes quero falar sobre o Rugge. Gente eu sei que a revelação da Karol foi bombastica. Ate por que ela jogou tudo na cara dele ( eu sei que voces chingaram muito ele ) e ele ainda não teve como se defender. Mais neste capitulos nos vamos ter Ruggero jogando verdades na Karol tambem sobre a aposta , sobre a queda que ela sofreu e sobre a morte do bebê que ela havia perdido. E claro que nos vamos. Conhecer a noiva do Rugge e gente não é a Cande . Ate por que eu estou enjoada de ver ela como vilã nas fanfic . E mesmo que eu n茫o shippe ela e Rugge na vida real , eu a respeito sei que ela é uma otima atriz ...( Cantora tambem mesmo que eu nao goste da voz dela)

Enfim fora Ruggarol eu irei trazer tamem Jim , Yam, Nico, Pedro, Delfi, Jazmim, Broudey, Lorenzo, Michel, Diego, Francesca e Natty. Ate por que tem muita coisa importe sobre esses personagens .

Mais é claro nos vamos ter um momento das nossas protoginista , ate por que precisamos de uma momento das gêmeas juntas .

E claro nos vamos ter uma pequena revelação do passado da Luna e da Sol com a Estefania Vasquez. Ja que o Fede vai reconhecer ela '-

É isso meus amores ....espero que gostem do capitulo e boa leitura

Capítulo 11 - Capítulo 11 : Estefânia é a Tia do Federico?


" Você matou o nosso filho " 

 Ruggero não conseguia pensar direito já que a voz de Karol estava em sua mente. Ele havia matado um filho dele com Karol? Suspirando o italiano segurou os pulsos da mexicana que tentava se soltar dele.

— Me solta Ruggero — gritava Karol tentando se soltar do moreno ainda chorando e soluçando — Eu te odeio Pasquarelli, você é um monstro , um estúdio.

— Chega — gritou Ruggero assustando Karol — Eu sei que pra você eu sou um bastardo , um monstro e muitos outros nomes que passa pela sua cabeça.— Ruggero suspira encarando a garota em sua frente com frieza — Mais agora você vai me ouvir Karol, por que eu estou cansado de deixar que você fale tudo o que pensa e não me deixar explicar.

— Eu não quero ouvir nada que venha de voce.

—Mais vai ouvir — ele diz frio para a garota que apenas solução ainda mais — Eu sei muito bem que foi um bastardo em ter feito toda aquela merda de aposta e ter gravado o vídeo da nossa primeira vez. — Ruggero solta os pulsos da garota — E eu sei que foi um bastardo por não ter contado para você sobre a aposta. Mais eu sabia que você jamais iria me perdoar de tudo que eu estava fazendo com você. E não iria acreditar que eu estava apaixonado por você.  — Ruggero encara Karol que se encolhia —Mais a culpa daquela maldita queda não foi apenas minha Karol. E você sabe muito bem disso.

— Eu sei ? — Karol dá uma risada falsa e encara o Italiano — Por que que eu saiba foi você que me fez cair daquela escada e matou o meu filho Pasquarelli.

— Você apenas quer me culpar por que é mais fácil — ele grita novamente irritado — E sabe qual é seu problema ? É que você sempre acreditou em tudo que as pessoas diziam sobre mim — Ruggero  se aproxima mais de Karol — Por que você não diz que tambem teve culpa de várias coisas também ? Por que eu estou cansado de levar a culpa de tudo, sendo que a queda que você sofreu também havia sido culpa da Ana, já que ela  havia mentindo sobre como tudo começou . Mais é claro não é ? Você preferia ouvir uma pessoa que era amiga da Caro do que me ouvir. — Ruggero suspira sentindo a dor que ele sempre havia ignorado — Além do mais Karol eu sempre tentei te contar tudo sobre a aposta e sobre o vídeo, já que eu havia mudado por favor. Por que eu te amava como eu nunca eu tinha amado. Até o próprio Michael sabia que eu mudei. Mais você Karol nunca  quis saber da história toda. Por que pra você eu era o monstro que havia acabado com a sua vida. — Ruggero se afasta de Karol que chorava mais ainda —Mais sabe de uma coisa? Eu não vou mais ficar tentando te fazer me perdoar, já que nada que eu disser vai ser importante pra você. Por que eu sou um monstro que você tanto odeia.

Ruggero olha para Karol uma última vez e sai da sala deixando a morena sozinha chorando. Era claro que o italiano havia falado tudo que estava guardado a muito tempo em sua garganta. Suspirando tentando suportar a dor , Ruggero se encostou na parede e pegou o celular, sabendo que precisava conversar com a única pessoa que o entendia.

— Rugge? — perguntou a garota assim que atendeu.

— Eu contei tudo para a Karol, Mercedes.

— Eu imagino como você deve está se sentindo amor — diz a loira no outro lado da linha com ternura.

— Mais não importa agora — ele diz suspirando — Além do mais eu amo você e espero que quando terminar tudo aqui no Studio nós podemos nos casar em uma praia do México como você sempre quis.

— Casamento na praia ?— diz Mercedes sorrindo no outro lado da linha — Imagino que a Cande seja a madrinha.

— O que você quiser — diz Ruggero olhando para a porta onde Karol estava — Eu te amo Mechie.

— Eu Também te amo italiano.

Ruggero desliga o celular assim que Mercedes encerra a chamada. Era claro que o italiano sabia que amava a garota que agora era a sua noiva, até por que Mercedes  Lambre havia o ajudando quando ele estava afundando por causa do ódio que Karol sentiu por ele. 

Ruggero suspira e se afasta da parede e anda pelo corredor sabendo que precisa de tempo longe  de Karol e tudo o que ele havia ouvido dela.

Lanchonete da Cantina do Studio 


Jim se sentava ao lado de Yam que parecia consolar Natty que chorava por saber que Maxi não sentia o mesmo por ela. Mais era claro que a ruiva estava odiando todo aquele drama que Nathalia estava fazendo.

— Quanto Drama — diz Jim revirando os olhos ainda mechendo no celular.

— Não é drama Jimena — diz Yam negando com a cabeça.

— Pra mim sempre vai ser Drama — diz Jim revirando os olhos — Até por que Natty devia superar o Maxi, já que ele está com uma garota como Jazmim

— O que você está querendo dizer ? — pergunta Natty limpando as lágrimas.

— Ah por favor Nathalia — diz Jim cruzando os braços — O Maxi jamais iria trocar a Jazmim por você. Então é melhor você desencanar do garoto.

Natty sente seus olhos encherem de lágrimas e sai correndo da lanchonete correndo, deixando uma Yam olhando para Jim com um olhar irritado.

— Por você disse algo assim pra ela ? 

— Isso é a verdade Yamilla — diz Jim erguendo uma sobrancelha — Até por que eu não esqueço aquela conversinha que você teve com o Ramiro.

— Eu já disse Jimena —comeca Yam suspirando — Eu não sinto nada por ele,até por que ele é seu ex-namorado.

— Assim eu espero — diz Jim se levantando da mesa.

Yam ver a ruiva sair da lanchonete e suspira. Até por que era claro que a loira sabia que tudo o que ela queria de Ramiro era ajudar Natty , já que o mesmo era amigo de Maxi. Entretanto no fundo Yam sabia que sentia algo pelo moreno rap . Passando a mão pelo rosto , Yam sabia que devia esconder muito bem esse " sentimento"  incluindo do próprio Ramiro é claro de sua melhor amiga Jimena Medina.

Enquanto isso Pedro continuava no mesmo lugar onde Matteo estava antes salvar Luna e puxar Nina para Longe. Mais era claro que o baterista sabia que o Balsano iria terminar com Nina , apenas não por causa do que ela havia feito com Luna e sim também pela aposta.

— Aposto que Matteo terminou com a Regina Georgie da Argentina — disse Broudey colocando as mãos atrais da cabeça.

— Essa coisa de aposta por favor não — diz Nico revirando os olhos.

— Vocês acham que o Matteo vai conseguir gravar o vídeo transando com a Luna ? — pergunta Pedro tomando um gole do suco.

— Provavelmente sim — diz Broudey — Pelo que estava dando para ver quando o Matteo tirou a Luna da piscina é bem provável que ele consiga transar com ela antes mesmo de uma semana.

— Broudey — começa Nico — você sabe que quando a Âmbar saber que você sabe sobre a aposta do Matteo. Ela não vai te perdoar.

— E claro que eu sei — diz Broudey dando de ombros — Mais por que esse interesse todo na Âmbar?

— Talvez seja por que o Nicholas esteja gostando da loira — diz Pedro com uma risadinha.

— Você perdeu a chance —diz Broudey tirando uma mão de trais da cabeça e batendo no ombro de Nico — Até por que a Âmbar é apaixonada pelo Simón.

  Sala dos Jogos do Studio

Lorenzo pegava um taco enquanto jogava sinuca. Era claro que o loiro estava odiando ter que passar um tempo , já que a sua madrinha Estefânia precisava ficar um tempo para que ela pudesse encontrar as primas Aura e Estrela.

Revirando os olhos e jogando o taco na mesa de sinuca, Lorenzo pegou uma lata de cerveja que ele havia trazido para o Studio sem que ninguém pudesse perceber. Era claro que Lorenzo Sandoval sabia que precisava se divertir um pouco naquele colégio. Dando um gole na cerveja , Lorenzo deu um um sorriso ao se lembrar da garota morena que havia chegado atrasada no Studio. Até por que Lorenzo precisava de um novo brinquedo sexual. E Martina Guzman seria a sua garota.

— Pelo menos eu terei como me diverti aqui nessa maldita escola de Artes.

Enquanto isso Michel e Diego estavam encostados na parede da academia que existia no colégio, Mais era claro que Michel sabia que a chegada do amigo Benício iria ajudar-lo a conseguir Luna Valente. Já que Michel sabia que iria ajudar Benício em tudo para tirar Matteo Balsano de seu caminho.

— Parece que seu amigo terminou com a namorada — diz Diego com um sorriso sarcástico.

— Do que está falando? — pergunta Michel confuso.

— Ah me faça um favor — diz Diego revirando os olhos —Matteo terminou com a Nina.

— E o que tem isso ? 

— Ah Michel não seja idiota — diz Diego dando um tapa na cabeça do amigo — Matteo está interessado na Luna Valente e com a Nina fora da jogada ele vai conseguir-la antes de vocês.

— Isso é o que vamos ver — diz Benício chegando até os amigos estão.

— Aí que susto — diz Michel revirando os olhos de susto.

— Então o que você vai  fazer ? — pergunta Diego.

— Vou jogar com as armas que eu tenho — diz Benício — Mais antes vou precisar de Carolina Simonetti como aliada.

No Jardim do Studio

Delfina se sentava ao lado de Jazmim e de Francesca que estavam abrindo a camisa social do uniforme e ficando apenas de sutiã , fazendo com que alguns garotos ficassem jogando cantadas nelas.

— Então o que rola com o Maxi? — pergunta Francesca.

— Estamos ficando — diz Jazmim jogando os cabeloa ruivos — Além do mais ele é muito bom de cama.

— Sem detalhes Jazmim — diz Delfi revira do os olhos.

— Vocês duas estão aí namorando com os garotos mais populares do Studio — diz Francesca seca — Mais eu prefiro transar sem compromisso.

— Alem do mais você  e a Emília competem nessa de serem as mais rodadas do Studio — diz Jazmim com uma risada.

— Cala a boca Jazmim — diz Francesca irritada.

— Vocês viram a Violetta ? — pergunta Delfi com nojo.

— Sim — diz Francesca com nojo na voz.

— Aquele cabelo ficou ridículo — diz Jazmim rindo — Além do mais tudo sobre a Violetta é ridículo.

— Até a paixão dela pelo León — diz Francesca rindo.

— Ah por favor garotas — diz Delfi com uma risadinha — Alem do mais o León jamais iria me trocar por aquele troço chamado Violetta Castillo.

Quarto da Âmbar e da Luna 

Sol encarou a porta do quarto tá irmã , Já que a loira precisava conversar um pouco com a irmã gêmea sobre tudo o que estava sentindo. Dando um suspiro, Sol abre a porta e encontra a irmã gêmea sentada na cama encolhida entre os lençóis. Sol corre até a irmã e a abraça apertado, enquanto Sol sente as lágrimas da irmã molharem sua camisa social do uniforme mais ela não havia ligado

— Lulu o que aconteceu ? — pergunta Sol assim que solta Luna.

— A Nina me jogou na piscina — diz Luna limpando as lágrimas — E estou cansada dela me humilhando o tempo todo .

— Eu sinto muito Luna — diz Sol abraçando os joelhos.

— E ainda tem o Matteo — diz Luna suspirando. — Ele namora com a Nina e mesmo assim ele havia me beijado. Mais ele só quer transar comigo.

Sol suspira sabendo que está passando a mesma coisa que Luna,mais Sol sabia que Federico não queria transar com ela , até por que o moreno nunca havia se quer falado que queria transar com ela.

— Toda vez que eu tocava piano no México eu via um garoto que eu nunca havia visto — diz Sol sem olhar para irmã — E então quando eu cheguei aqui no Studio em cair literalmente em cima dele Luna. E eu sentir algo estranho dentro de mim por ele e então — Sol suspira — eu descobrir que ele se chamava Federico Paccine e naquele dia em que ele havia tocado piano,eu contei junto com ele por que aquela música era mesma que eu sempre tocava e o via tocar em meus sonhos. Então eu descobrir que ele namorava uma garota chamada Ludmila e tentei não pensar nele .Mais então eu foi atrais dele naquele dia que a diretora Dandara falou sobre o Ruggero e a Karol para conversar com ele. E então ele me beijou.

Luna ficava calada vendo sua irmã passando a mesma coisa que ela. Até por que diferente da situação que Luna tinha com Matteo, sua irmã Sol tinha uma ligação com o tal Federico que Luna havia visto conversando antes  que sua irmã subisse no palco.

— A gente está tão ferrada — diz Luna se aproximando mais da irmã — Que eu não sei nem o que pensar .

— Precisamos ficar longe do Federico e do Matteo — diz Sol suspirando.

— Você tem razão — diz Luna dando um sorriso sem mostrar os dentes — Até por que a Âmbar sempre me diz isso sobre o Matteo.

— Luna — chama Sol mudando de assunto — O que acha da gente tentar descobrir sobre o nosso passado ? 

—Mais como ? — pergunta Luna confusa.

— Podemos sair um pouco do Studio — diz Sol suspirando — Até por que precisamos saber a nossa história Luna. Saber por que nossos pais nos deixaram naquele orfanato no México.

Luna encara Sol que parecia está seria.

— Você tem razão. Mais por onde podemos começar? 

— Ligando para a mamãe — diz Sol dando de ombros — Até por que ela deve saber onde foi que ela havia nos encontrados Luna.

Enquanto isso 

Federico andava pelos corredores do Studio pensado em como ele havia ter que terminar com Ludmila , já que ele não sentia o mesmo que sentia por ela.

Ainda distraído Federico não havia visto a mulher que andava no mesma direção que ele , já que Estefânia precisava encontrar um lugar silencioso para ligar para Franco. Até que os dois havia acabado esbarrando nos dois.

Federico havia arregalado os olhos ao ver a mulher que estava em sua frente . Até por que Federico pensava que ela estava de férias na Espanha.

— Tia o que faz aqui ? — pergunta Federico sério.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...