História Naked - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Henry Mills, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Emmaswan, Onceuponatime, Reginamills, Swanqueen
Visualizações 81
Palavras 531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 35 - Cap 35


- Sim resolvemos dá para nossa neta! - Mara sorri e me olha - Eu ainda não sei seu nome minha menina. - Mara fala

- Ah sim... desculpe! - Sorrio envergonhada - Prazer eu sou Emma, uma das donas porém comando as financias. - Falo

- Emma, todo universal. - Mara me olha - Pense no que eu te falei, Emma. - Mara fala

- Irei pensar! - Falo 

Olho de relance para a porta e vejo Regina. Ficamos nos encarando por um bom tempo...

- Ela é linda! - Eliza fala

Mara me faz olha para ela...

- Porque não conversa com ela? Seu coração vai aliviar. - Mara fala

Abaixo minha cabeça e respiro fundo...

- Não vale a pena. - Falo 

Me afasto...

- Ellen faz o buque delas por favor, eu não to bem hoje. Irei ficar o escritorio! - Olho para Eliza e Mara e as mesmas estavam sorrindo - Foi um prazer conhece-las, voltem sempre! - Falo 

- Você é teimosa como Eliza, e com toda certeza iremos voltar só para ver como você está! - Mara fala

Sorrio e peço licença e vou para o escritorio. As horas passavam devagar, eu não conseguia me concentrar em nada! Logo a porta do meu escritorio se abre denunciando minha mãe...

- Não saiu para comer, só está com o café no estomago. Saco vazio não para em pé! - Minha mãe coloca uma marmita em cima da minha mesa - É  pedir muito pra mim ir para Los Angeles com você? - Minha mãe pergunta

- Sim. - Respondo 

- Quer que eu saia? - Minha mãe pergunta

- Você quer sair? - Pergunto 

- Eu fiz a pergunta primeiro. - Minha mãe fala

- Ok... então sim. - Respondo 

Minha mãe me encara seria... 

- Está fazendo novamente. - Minha mãe fala

- Eu sou assim. - Falo 

- Não, não é! - Minha mãe segura meu costo a fazendo olha-la - Está subindo o muro novamente! - Minha mãe fala

- Eu sou assim, aceite. - Falo 

- Mais que inferno! Sempre vai agir assim, quando cair? Não te criei para se esconder! - Minha mãe fala

- Porque ai está o erro! - Ela me encara puta da vida - A senhora não me criou, quem me criou foi a vovô, só que lá em casa. - Falo 

- Emma! - Minha mãe fala

Levanto e pego minha bolsa... 

- Obrigada pelo almoço, mas eu não vou comer! - Dou um beijo na bochecha da minha mãe - Não estou com fome. - Falo 

Saio do escritorio deixando minha mãe para trás, mas a mesma vem atrás de mim...

- Volte já aqui! - Me viro para minha minha mãe - Chega, Emma! - Minha mãe fala

- Exatamente... chega! - Falo 

Coloco meus oculos escuros e vou para casa. Entro em casa como um foguete e vou para o meu quarto, tomo meu banho e me jogo na cama e fico fitando o teto...

Eu estava tão coisa... tão cheia de tudo. Que nem ouço a porta abrindo, somente sinto alguém se sentando em minha cama e quando olho vejo Regina... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...