História Nalu-Messages - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Angel, Aquarius, Aries, Bisca Connell, Cana Alberona, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Frosch, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kinana, Kyouka, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Leon, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Metalicana, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Sayla, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Gajevy, Gruvia, Jerza, Nalu
Visualizações 667
Palavras 852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


{\__/}
(^◇^)/
/ >{Capítulo Novo} QUER?

{\__/}
(∩_∩)
📖< \ ENTÃO VAI LER

Capítulo 30 - Pelo meu Natsu


Fanfic / Fanfiction Nalu-Messages - Capítulo 30 - Pelo meu Natsu

Quando eu finalmente consegui botar força nas pernas, eu estava me sentindo um boneco de Olinda. Mas ignorei o incômodo de ficar de pé e surpreendi os dois energumenos que estavam no meu apartamento, Lover fugiu e deixou seu aliado Lacarde, aqui.

Eu simplesmente amo a honra, que Lover demonstrou ao ficar junto de seu amigo. Natsu ressonava baixinho e abraçava meu travesseiro, ainda bem eu não saberia explicar essa situação "Olha amor, eu estou arrastando o corpo inconsciente do seu primo, mas não precisa se preocupar, tá?"

Aquele desgraçado nem pra me ajudar, sendo mais leve, uma dieta cairia muito bem. Existem três coisas que eu não tenho capacidade de ser, vendedora, professora e assassina de aluguel.

Vendedora, porque eu não consigo sorrir e dizer "Combinou totalmente com você!" quando a pessoa tá parecendo uma Drag Queen possuída.

Professora, porque eu não sou paciente e mais fácil eu enfiar um lápis no olho do aluno, do que ele aprender algo comigo.

E, assassina de aluguel, porque eu sou um fracasso arrastando corpos inconscientes.

Um claro exemplo de meu fracasso, é Lacarde Dragneel se encontrar com metade da cabeça presa na porta, entenda eu não nasci pra isso.

Frodo, Harry e Percy se sairiam melhor que eu uma mera protagonista de fanfic nesta tarefa, eu sou a diva das vassouras? Sim, mas eu não posso varrer o Lacarde até o quarto de hóspedes, séria vergonhoso até para as vassouras.

O quarto de hóspedes serve como um depósito, um lugar empoeirado, cheio de caixas e brinquedos que eu usei na infância, esse apartamento foi onde minha mãe morou durante a faculdade e deixou pra mim.

Então eu não limpo muito o quarto de hóspedes, oque significa que minha amiga vassoura teria contato com os fungos e mofos daquele quarto e podia apodrecer mais rápido do que o normal.

Depois de retirar a cabeça do Lacarde da porta, coloquei o mesmo sentado em uma cadeira bem amarrado e voltei ao meu quarto, peguei meu lançador de camisetas e uma vodka que eu tinha escondidos.

Andei cambaleando até a cozinha e peguei uma taça, meu plano era fazer o Lacarde confessar quem é Lover depois de embebedar ele. Caso não funcione? Bom eu acho que tenho umas facas e assisti Instrumentos Mortais o suficiente para está tarefa.

Sabe uma coisa não aconselho você esperar seu refém acordar, então nada melhor que água muito gelada e um saco de gelo pedido diretamente da distribuidora de bebidas no fim da rua. Nunca vi tanta utilidade para aquele antro, mas agora e muitooo útil.

Enfim, atendi a porta e paguei o entregador que levou uma garrafada na cabeça, como ele ousa ficar me secando? Aquele risdruxulo.

Entrei no quarto de hóspedes e deixei o balde cheio de gelo, sai do quarto e fui colocar uns abafadores de orelha no Natsu.

~=~=~

_AHHH!!! Qual seu problema garota?- perguntou depois da água se chocar contra ele.

_Eu tenho muitos, mas no momento é você e seu amiguinho Lover- estendi uma taça cheia de Vodka- vamos lá quem é seu coleguinha pra mim acabar com ele.

_Vai perder seu tempo Heartfilia, não vou falar tão cedo- encarei o loiro com os olhos cerrados e segurei suas bochechas.

_Temos todo o tempo do mundo- grunhi colocando alguns goles da bebida na boca dele.

O loiro tentou cuspir, mas segurei seus lábios até ele se engasgar. Girei o lançador e atirei na testa dele, o loiro rosnou pra mim.

_Vamos lá Lacarde, e só me dizer quem é Lover- coloquei mais um pouquinho na taça e girei meu dedo pela borda- oque vocês queriam fazer aqui?

_Colocar câmeras na casa, checar os horários em que você ficava sozinha essas coisas- disse levemente tonto esse dai é fraco pra bebida.

_Oque vocês pretendiam com isso?- perguntei colocando mais um pouco do líquido em sua boca.

_Ora Heartfilia achei que era inteligente o suficiente pra somar dois, mais, dois- encarei o loiro que saboreava a bebida.

_Quem. É. Lover?

_Meu. Chefe- sussurrou- sabe eu sempre fui apaixonado por Lover, mas nunca seria aceito então eu fingi estar afim do meu primo pelo menos eu ficaria perto do amor of my life, depois era só me livrar de você.

_Por isso você quis as câmeras, me sequestrar e depois se livrar de mim!- exclamei enojada.

_Exatamente, algumas pessoas como Lover são tolas de achar- soluçou levemente bêbado- que só porque tem um "criado" sobre controle, ele não pode pensar em se revoltar, eu estive manipulando todo mundo daquela escola.

_Como assim?- perguntei levemente trêmula.

_Você sabe que meu irmão mexe com drogas certo?- perguntou e eu assenti- você ficaria surpresa até onde as pessoas vão por um pouco mais do vício. A representante do grêmio Yukino Aguria, ela foi capaz de matar um cara para manter o vício da irmã, Sorano, colocou a primeira carta no armário do Natsu, você pode se livrar de mim, mas eu tenho Lover e a Sorano.

Nem pensei direito só vi meu punho acertando-lhe a face e atingi sua nuca com o cotovelo, segurei seu rosto e vi ele começando a perder a consciência.

_E você ficaria surpreso até onde eu posso ir pelo Natsu- dei-lhe uma bela cabeçada e admirei o sangue escorrer por seu nariz, eu havia ò quebrado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...