História Namida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Boris, Castiel, Dakota, Debrah, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Personagens Originais, Rosalya
Tags Dor Violência Morte
Visualizações 6
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 2 - Fudeu


Fanfic / Fanfiction Namida - Capítulo 2 - Fudeu

 《 Castiel 》

Eu fiquei espantado com a beleza daquela garota. Aquela cor nos olhos dela era lindo mas estava sem brilho,  era um olhar destante que parecparecia que guardava muita dor . Soltei o braço dela .

-- Olha só a novata , prazer meu nome é Castiel.                                                                      -- Ah prazer, você é aquele menino do cabelo falsificado da sala?  -- Pera que ousadia .          -- Olha só a tábua se achando kkkk .                   -- Ah é?  Ok. -- ela saiu rebolando chegando lá no final do corredor ela me olhou sorrindo mas eu sabia que aquele sorriso era falço . Eu tenho muito pra descobrir sobre essa menina. 


《 Koraline 》 

Quem esse garoto pensa que é?  Fui andando com a Rosa e o Alexy até chegar no refeitório . A metade do refeitório ficou me olhando. 

-- Vem querida quero te mostra o meu irmão.                                                                         -- Ok -- fomos andando até um grupo de garotos , tinha um de cabelo preto outro de cabelo castanho , é outra de cabelo branco.

-- Olha meninos essa é a Koraline,  Koraline esse é o Lysandre esse é o Kentin outro é o Armin meu irmão.           

-- É um prazer conhecer vocês . 

-- É sempre bom ter uma menina bonita com a gente. -- O Armin falou e eu fiquei corada .

-- Ow que fofa-- Alexy falou e eu dei um tapa no ombro dele .                                              -- AI chata , bem logo antes que eu leve uma surra -- Ele saiu me puxando. 

《Lysandre 》

Essa menina parece ser legal, mas ele tem alguma coisa escondida. Eu percebi que o sorriso dela não era verdadeiro .

A-- Essa menina é gata.                                 Kt-- É verdade olha a cara da Ambre quando ela passa kkkkk.                                                       L-- hahaha verdade. Gente eu vou ir falar com o Castiel tchau. 

Já estava no final do intervalo, é eu ainda não tinha achado o Castiel. Ele deve estar la no pátio. Fui andando e parei quando vi a Koraline sentada ela estava ouvido música, só que ela estava muito triste e escondendo os braços com a jaqueta.  Deve ser coisa da minha cabeça,  Fui tirado dos meus pensamentos com o sinal.  Então vi ela levanta é sair andando. 

《 Koraline 》

Finalmente consegui fugirdo Alexy. Fui andando é sentei em uma cadeira embaixo de uma árvore, resolvi ficar ouvido música coloquei Young And Beautiful da Lana Del Rey  ( amo essa música). Eu estava de boa quando olho para o meu braço vejo as cicatrizes que eu não consigo tampar com maquiagem . Então lembro do meu passado,  não eu não vou chorar , não mais.  O sinal tocou,  viva mais uma sessão de tortura que as pessoas mais velhas falam que é importante. 

A aula passou rápido,  eu já estava indo embora quando o Lysandre veio falar comigo. 

-- Oi Koraline 

-- Oi Lysandre 

-- Pode me chamar de Lys

-- Ok Lys -- A gente ficou conversando até chegar o Castiel. 

-- Bora Lysandre eu tenho que ensaiar logo porra

-- Olha a boca Castiel, você está na frente de uma menina .

-- Ah você acha que essa ai não xinga?

-- Olha só,  oi Castiel.  Eu queria saber qual é a marca de tinta que você usa no seu cabelo . 

-- Eu não uso tinta de cabelo. 

-- Ah é eu sou bonita -- falei ironica , só que fui interrompida com o meu celular tocando era uma mensagem . Era Numero desconhecido. 

《 Mensagem 》

Você acha que eu me esqueci de você kkkk se você não fazer o que eu falei eu vou acabar com a vida da sua preciosa vovó.  É não adianta você falar com o Yukine. Ele não vai conseguir salvar a vida dela , o seu tempo está acabando Koraline você sabe o que tem que fazer. Até logo meu amor. 

Eu não acredito nisso como ele achou o meu número.  Não não não não isso não pode está acontecendo .

L-- Koraline você está bem?   

K- sim, sim obrigado .

L-- Você quer ir com a gente ver o ensaio ?

-- Não da tenho que ir para casa desculpa .

-- Não tem problema. 

-- Mas obrigado,  tchau Lys tchau tomatinho .

-- Tchau tábua. 

[ Quebra de tempo] 

Eu estava voltando para casa porque eu tinha ido procura um estúdio de dança,  porque eu amo dança Hip Hop é dança contemporânea. A rua estava deserta quando do nada eu sinto uma pancada na cabeça e tudo escurece. 

Eu acordo e percebo que eu não estava na minha casa . Olho para o lado é estava o cara que ficou me olhando dança lá na minha casa o vizinho. 


 



Notas Finais


Obrigado por lê até a próxima
Desculpa os erros
Que a beleza do Jimin fiquem com vocês.
Amém


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...