História NAMJIN- PAIXÃO PROIBIDA - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin (v- Hope Jikook)
Visualizações 59
Palavras 2.087
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora .
Boa leitura.

Capítulo 24 - Ameaças e Reencontro



              POV NAMJOON  

  Eu e Jin descemos da árvore, e entramos no quarto encharcado,  não estávamos ligando para nossos pais, e apesar dos memso não estar em casa, so estava eu ,Jin e as empregadas.
   Entramos no banheiro e tomamos um banho quente juntos, nos beijamos mas nada tão intenso sei que o a minha princesa passou não foi fácil.
  Logo depois que saímos damos de cara com Kidoh parado em nossa porta , ele sorri e fala com aquela boca imunda:
  ---Olha, parece que a MinSun tem razão, os irmãos Kim cometem incesto que irônico .
   ---Sai daqui Kidoh-fala Jin.
   ---A Namjoon, ele geme muito alto.-falou Kidoh sarcástico- Ah mais você já deve saber disso não é?Já deve ter comido o seu próprio ir...
   O interrompo com um soco em sua cara,  fazendo o mesmo guspir sangue. Quando vou dar mais um soco meus pais e MinSun chega.
  ---Kidoh, oque aconteceu amor?-perguntou MinSun.
  ---Vim falar com o Jin, sobre as matérias de aula e do trabalho de literatura que tem que entregar amanhã e daí o Nam começou a me bater-falou Kidoh.
   ---MinSun, você não disse que as aulas estavam suspensas porque a escola tava em reforma?-perguntou meu pai.
   ---Ah,sim é...o....-tentou explicar MinSun, mais ficou sem argumento.
   ---E você Kim Namjoon, nunca teve essas atitudes de agredir os outros,  nao foi assim que eu te ensinei-falou minha mae-Tudo por causa desse...-ela começou a insinuar o Jin-desse garoto que eu vivo a chamar de filho e que se eu pudesse eu...-olho para Jin que contém seus olhos marejados-E Namjoon onde está a educação que eu lhe dei?
    ---Sabe onde tá?-falei-Eu a enfiei no cu e depois joguei no lixo.
   Minha mãe ficou que tá MinSun e Kidoh saíram , meu pai ficou com cara de triste então ficaram os dois me encarando e então disse:
  ---Agora poderiam por favor sair do meu quarto?
 Eles saíram quietos e eu tranquei a porta, quando me virei,vi Jin chorando sentado na cama, com a mão no rosto e então ele olha para mim e diz:
  ---Oque tem de errado comigo Nam?Eu sou tão péssima pessoa assim que sou capaz de fazer minha mãe me odiar?oque que eu fiz?
  ---Eu princesa-falo-Você não tem culpa de nada,nossa mãe é cabeça dura mais ela te ama, e eu também.-ele começa a chorar mais ainda-Porque está chorando mais ainda?Eu fiz algo de errado?
   ---Não.-falou ele-Você está fazendo tudo  certo e isso que está errado, so que é o certo, mas me machuca entende?
  --- E... Nao-falo-Oque quer dizer?
  ---Você está agindo igual um irmão mais  e isso é  o certo , mas não é o que eu queria, isso é o certo, mas machuca sabe? Eu queria que você nao agisse como um irmão mais velho e sim a...
   O interrompo o beijando, o mesmo retribui na mesma intensidade que eu , nossa línguas brigavam por espaço , o deito na cama delicadamente, em pouco tempo nossas roupas estavam jogadas no quarto. E estávamos só de box.
   ---Nam...-sussurra em meus ouvidos-Eu sei que você quer mais, eu não estou preparado ainda, por favor me desculpa. Sinto que daqui a alguns dias vou estar preparado. (N/A: tecnicamente daqui a 3 caps.)
   Nos separamos e tomamos um banho, ficamos só de shorts, e deitamos, ficamos olhando um para o outro eu aliava seus lindos cabelos,e então, quando vejo,o mesmo está dormindo lindamente.
    Levanto e vou para a sala,  lá encontro Kidoh sentado no sofá sozinho, ele olha para mim e sorri dizendo:
  ---Namjoon.Namjoon. Vou te dar um Conselho cara. Não fica no meu caminho porque senão...
  ---Senão oque Kidoh?-pergunto o interrompendo-Vai me bater? Estrupar o Jin como já fez?-ri sarcasticamnete-Porque já vou te avisando que não vai dar certo. Eu não vou deixar isso acontecer.
  ---Uhhuuhuu.Que medo.-falou Kidoh zombando de mim-Mas não , não irei estrupar o Jin, nem te bater.-parou de falar pensou, sorriu e me olhou-Você conhece Park Beatriz? O nome deve ser esse mas eu esqueço.  Só do nome,pois a garotinha é muito fofa, linda, e da ótimos conselhos. Já a mãe dela, a Alliy, é  muito linda, tem um corpo muito bem desenhado, nem parece que ja é mãe. Sabe as vezes antes de eu dormir,eu penso na Alliy, com daquelas lingeries vermelhas que ela tem na casa dela, na Quinta gaveta do quarto dela. O quarto da pequena Bia é muito fofo, todo rosa bege, com ursinhos e tem vários desenhos na parede de vocês, Jimin ,Jungkook,Taehyung , Hoseok. 

  ---Oque voce quer dizer com isso?-pergunto.
  ---Quero dizer que se você continuar no meu caminho, não é voce, nem o Jin que vai pagar o preço e sim seus queridos e amados amigos, principalmente as indefesas Alliy e Beatriz.-falou e ele é saiu rindo sarcasticamente- Bem que dizem, quem ri por último, ri melhor.
  Ele finalmente saiu da sala e eu pude chutar e fazer tudo que quisesse no sofá. Ele mesmo disse que quem ri por último , ri melhor...
  ---Bom vamos ver então...
  Vou para o quarto e encontro Jin de pé olhando a janela. Me aproximo e o  abraço por trás.
  ---Jin,precisamos conversar.-falo e ele me olha-É sério, é sobre nossos amigos,principalmente Alliy e Beatriz.
  
            POV JIN:

  Meu coração parou naquele momento, foi como se elas tivessem em perigo, no tom de voz do Nam. Acento de leve e falo:
  ---Oque que tá acontecendo Nam?
  ---Jin, o Kidoh.-sempre envolve esse filho da puta-Ele ta ameaçando nossos amigos. Principalmente Alliy e Beatriz. Ele disse que esteve na casa dela ...
  ---ELE DISSE OQUE?-Eu gritei o interrompendo.
  ---Nao foi bem isso.-falou Nam-Ele começou a insunuar coisas com a Alliy,  falando sobre e langeri Vermelha na gaveta do quarto dela. Ele também falou sobre o quarto de Bia. A cor rosa bege  com vários desenhos nossos na parede. E ele falou que a gente, ou melhor eu, ficasse em seu caminho,  nossos amigos principalmente Alliy e Beatriz iriam pagar o preço.
  Eu vou matar aquele lazarento. Começo  a andar de im lado pro outro no quarto enfurecido. A cada passo passando a mão no cabelo. Como aquele idiota tem a cara de pau de fazer isso!?
  ---Oque fazemos Jin?-perguntou Nam.
 ---Precisamos falar com a Alliy!-digo- Ela ta aqui ainda.  Vamos logo.
   Saímos apressados do quarto e quando chegamos a sala, MinSun estava brigando com Kidoh. Que o mesmo por sua vez, estava com a boca roxa. Passamos por eles, que ficaram quietos ao ver nossa presença, quando chegamos na cozinha, estava só Rose, Wendy e Fane. Então Nam pergunta:
 ---Vocês sabe onde está Alliy?
 ---Ela saiu mais cedo hoje para buscar a filha na escola senhor Kim Namjoon.-respondeu Rose.
  ---Obrigado meninas.-falou Nam saindo da cozinha.
  Saímos da cozinha e fomos para o Jardim, Nam estava tenso assim como eu, então ele me olhou e eu disse:
  ---Oque vamos fazer agorá Nam?.
  ---Eu vou ligar para velhos amigos.-falou ele.
   O mesmo pegou o celular e ligou em um número de Daegu. Como alguém de Daegu, vai nos ajudar? Ele começou a falar. E ele disse que pagaria em dinheiro. Eles riram... muito estranho.
    Depois de 20 minutos a ligação acabou, ele guardou o celular e olhou para mim, então eu disse :
  ---Quem era?
  ---Meus amigos.-falou ele- Você se lembra da vez que me envolvi com álcool e droga?
  ---Sim-isso me deu um arrepio.
  ---Eu comecei a frequentar boates, jogar, e várias coisas, mas comecei a dever dinheiro, e os caras queriam me matar. Mas daí esses amigos me ajudaram. Eles são uma gangue, eles tinham rinchas com os caras que eu estava devendo dinheiro.- falava ele-Eles mataram os caras e me ajudaram a se recuperar. Por isso os agradeço. Eles disseram para mim que qualquer coisa eu podia contar com eles.
   ---Nossa. Mas e daí?-perguntei.
   ---Quatro deles está vindo para cá.-falou ele-Mas preciso para a casa da Alliy. São o Suho, o Chanyeol,o Baekhyung e o Xiumin
   ---Não seria bom avisar a Alliy? -perguntei- Ver quatro caras aparecer do nada na porta da sua casa é meio assustador não acha?
  ---Sim. Mas vamos avisar amanhã.-falou ele-Meus amigos vão chegar so depois de 12:00.
  Quando vimos estava escurendo e voltando a chover. Mas que caralho até parece que aqui só sabe chover! Voltamos para dentro  e tomamos outro banho. Fomos para a cama e logo dormimos.
  Kidoh ja havia ido embora, e a porta de nosso quarto estava trancada. Ao final desse dia, a noite chegou e eu e Namjoon, com de costume dormirmos de conchinha.
  ---Tomare que ocorra tudo bem amanhã.-sussurei .
  ---Mas claro que vai.-diz Nam-Meus amigos não vão deixar nada acontecer com ninguém.
  --- Eu não estou falando disso.-falei
  ---Então do que?-perguntou.
  ---Amanhã é o aniversário de 7anos da Beatriz. E Alliy vai dar uma festa para os mais chegados.-falo.-Agora vamos dormir, amanhã é outro dia.
  Logo com o cansaço,  dormimos.
 
               POV ALLIY:
 
  Senti de repente um prensentimento ruim do nada, quando acordei, mas não deve ser nada de mais. Hoje é aniversário da minha pequena . Já vai fazer 7anos.
  Levantei, e fui para seu quarto. Depois de muito esforço consegui um apartamento para a minha filha e para mim. Não queria ser um estorvo no Jungkook.
   QuAndo entrei no quarto a mesma parecia um anjo dormindo, vou devagar nela sento na ponta de sua cama e digo :
  ---Bom dia aniversariante do dia!
  Ela abre os olhos, e pisca várias vezes, quando me olha, sorri, e a abraço, entao digo:
  ---Feliz aniversário princesa! Que fofa já está fazendo 7anos.
  ---Eu já estou crescendo ne mamãe?-perguntou sorrindo fofo- Já estou ficando uma mocinha.
  ---É isso é verdade pequena.-falo.
  ---Já posso namorar?-pergunta.
  ---Não pequena.-falo- Você só vai poder namorar depois de 15.
  ---Tá mamãe.-falou ela.
  ---Agora vamos levantar e se arrumar, pois a festa de aniversário é daqui a pouco.
   Ela vai correndo tomar banho, e depois a ajudo a se trocar, a mesma colocou um vestido roxo leve. Ela estava linda.
  Depois de uns minutos a casa ja estava arrumada, e algumas amigas de Bia, já estavam chegando. Uma delas estava acompanhada da irmã mais velha de 20 anos.
   Meus amigos chegaram e Bia foi abraçar todos, apenas Jin e Namjoon não chegaram. Recebo uma mensagem do Namjoon falando para mim, Jungkook, Jimin, Hoseok e Taehyung descer.
  Deixo as meninas no apartamento e eu e os meninos descemos. Eu estava meio confusa qunado chegamos la haviam eles é mais seis rapazes.
  ---Alliy.-começou Jin- Kidoh nos ameaçou, ele disse que se ficássemos no caminho dele, voces iriam pagar a consequência,principalmente você e Bia , de alguma forma ele sabe onde você mora. E pelo visito ja entrou em sua casa.
   ---Eu pedi a alguns amigos de uma das gangues mais faladas de Daegu para vijiarem vocês, para que nada de ruim aconteça.-falou Namjoon- Era para ser só quatro, mas vieram seis. Alliy, estes são Sehun, Suho, Baekhyung, Xiumin. Os outros dois são Jackson e...
  ---Kunpimook Bhuwakul...-disse em um sussurro ao ver a pessoa a minha frente.
  ---Já se conhecem?-pergunta Nam.
  ---Não.-digo seria.
  ---Não. Claro que não.-falou Jackson-Só recitou o nome do cara mais complicado do mundo.
  ---Obrigado por estarem aqui na segurança minha e da minha filha. Agora se me der licença eu vou voltar para a festa de sete anos da minha filha.-disse voltando pro apartamento e vi Jungkook me seguindo.
  Ao entrar no elevador , a porta fecha e eu começo a chorar. Jungkook me olha e diz;
   ---É ele não é?
   ---Sim.-respondo-Kunpimook Bhuwakul. O pai de Bia.
   Enxugue minhas lágrimas e voltei para a festa, Bia estsva animada. Jungkook se afastou e foi pegar um cafe. Quando a irmã mais velha de umas amigas de Bia vai conversar com o mesmo. Ela começa a passar a mão em seu ombro e isso não é legal. Ela fez ele colocar a mão na perna dela. Foi quando vi Jimin entrar. Ele estava sorrindo.
  Mas seu sorriso desapareceu ao ver a cena,ele começou a chorar, Jungkook tentou se explicar,mais Jimin saiu correndo, e Jungkook saiu atrás. Fui para tentar ir, mas BamBam me barrou.
  ---Deixa eles.-falou-Eles precisam conversar.
   Me soltei dele e fui ver minha filha. Por mais que Bia se parece comigo, ela tinha traços de Kunpimook. E eles repararam isso. Já eram 9h da noite  e a festa tinha acabo.
   Nossos amigos tinham ido embora, assim como as amigas de Bia. A mesma dormia tranquilamente e eu estava diante de 6 homens atentos. Jimin e Jungkook sumiram. Sem dar notícias e agora vou tentar dormir. É esse dia foi cheio. E agora com Kunpimook aqui tudo vai mudar.

Notas Finais


Bom foi isso.
O próximo cap é Lemon de Jikook.
Fui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...