1. Spirit Fanfics >
  2. Namjin- Trouble >
  3. Posso te amar?

História Namjin- Trouble - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Posso te amar?


Senti o calor do corpo de Namjoon contrada o meu era tão bom, eu soluçava ele apertava mais meu corpo, senti sua mão alisar minhas costas, o cheiro do maior era ótimo. Logo sinto ele separar aos poucos o abraço, eu ainda estava olhando pra baixo, limpo meu rosto e sinto seu dedo indicador levantar meu rosto lentamente. 

Nj- Hey, não chore, ta? Como eu disse você é lindo. Agora vamos comer e esquecer isso, ok? 

Confirmo com a cabeça sem dizer nada, Namjoon me puxa para cozinha, observo tudo em volta enquanto ele me olhava. 

Nj- Olha você... Não precisa fazer nada, eu posso pedir uma pizza e--

Sj- Namjoon.... Não tem problema, eu posso cozinhar, afinal é o único jeito que eu posso te agradecer. 

Nj- Mas-- ta. Mas não se cobre muito. 

Sorrio grandão para ele, eu não sabia o que Namjoon gosta de comer, porém Lamen de carne e legumes era algo que todos gostavam e eu iria fazer isso. 

•[Povo° Namjoon On]•

Deixei Jin na cozinha, me sinto meio mal por deixar o menor cozinhar pra mim. Me sento na bancada da cozinha enquanto resolvia umas coisas de um caso, mas especificamente o caso Lee, aquele filho da puta estava sumido a muito tempo. Se passa um tempo eu estava distraído quando ouço resmungos de reclamação olho Jin de relance, vejo o menor se esticar para pegar algo em cima do armário. O corpo dele esticado de tal forma com sua Bundinha empinada era, tão... Ahhh o que estou dizendo!? Não, não pare com isso. 

Me levanto e vou ao lado direito dele encara-lo até o mesmo notar minha presença e quase se desequilíbrar. 

Sj- Ah!! Namjoon, não faz isso. Quase me mata do coração. 

Nj- Desculpa, mas você precisa de algo? 

Sj- Hu? Ah, sim. Eu quero quela panela grande ali. 

Nj- Hu? Ta, eu pego. 

Me estiquei um pouco e pego a panela junto da tampa, entrego a Jin que sorri em forma de agradecimento. O Kim mais baixo voltou aos seus servidos e eu volto aos meus. 

(...) 

Se passou um bom tempo e jin vem até mim com seu sorrisinho fofo, encarei ele sorrindo também. 

Sj- Espero que você goste. 

Terminando sua doce fala ele arruma o prato de lamen minha frente, olho o prato e logo olho ele que me encarava. 

Nj- Que foi? 

Sj- Quero ver o que você achará da minha comida. 

Não digo nada, volto a olhar o prato para finalmente começar a comer, estava muito bom realmente delicioso, Jin tinha um dom ou talento único para culinária. Parei na metade do prato e o encarei limpando um pouco de caldo que escorria pelo canto de minha canto. 

Nj- Esta divino, nossa... Onde aprendeu a cozinhar tão bem assim? 

Sj- Para não sou tão bom assim. Bem, eu sempre gostei de cozinhar então... 

Nj- Pois continue. 

Voltei a comer reparando que o menor havia ficado sem jeito pelo que eu disse, logo vejo se sentar ao meu lado também comendo seu prato, fico feliz por isso ele parecia esta mais confortável. 

(...) 

Após o jantar eu levei Jin até o quarto que o menor ficaria. Já no cômodo, eu ligo a luz na qual revelou um quarto de tamanho médio e simples mas aconchegante, vi o moreno adentrar o lugar e eu fui atrás. 

NJ- E ai? Gostou? É meio simples mas já é alguma coisa. 

SJ- Eu adorei. 

Disse Jin de forma simples mas doce, ele segue meio tímido ate a cama onde se senta e me encara, vou ate ele e me sentou ao seu lado o vejo bocejar então sorrio por ele ser fofo até bocejando. 

NJ- Acho melhor você ir dormi pequeno. 

Digo me levantando para poder sair do quarto, mas sinto a mão de Seok segurar meu pulso, o olho confuso

Sj- Nam, dorme comigo? 

Perguntou o menor esfregando uns de seus olhos com a mão livre, achei aquilo tão fofo que poderia morrer de amores. 

NJ- Cla-Claro. 

Ele se deita na cama e eu vou atras tirando meus chinelos, me deito na cama e logo ele vem abraçar meu peitoral de forma forte, sorri com aquilo e tomei a liberdade de acariciar seu couro cabeludo. 

Pov° SeokJin On

Estava tão casado que meu corpo, meus olhos tudo pesava pedir a Namjoon que dormisse comigo pois tinha medo de meu marido aparecer, abraço forte Namjoon pelo medo, mas este "medo" foi embora assim que sentir suas mãos acariciar meus cabelos, me fazendo pegar no sono.  




Notas Finais


Gente desculpa a demora e desculpa qualquer erro de ortografia, meu spirit ta bugando e coisando todas as palavras


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...