1. Spirit Fanfics >
  2. Namorada de Aluguel >
  3. O tombo vem!

História Namorada de Aluguel - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Dessa vez nem demorei né.
Muita coisa aconteceu com nossa Tae, mas ela é tão maravilhosa que mostrou aos fãs que está seguindo forte.

Capítulo 28 - O tombo vem!


Saio de casa após deixar o bilhete para Tiffany, vou em direção a garagem do prédio e entro o carro rápido, vários questionamentos passam na minha mente o que houve para minha mãe me chamar tão cedo?

Eu viro a próxima direita e enfim avisto o prédio da Gravity, entro no estacionamento da empresa e para o carro na vaga reservada.

O elevador abre no andar indicado e ele sobe 20 andar, quando as portas se abrem, vejo a mesa da rececionista e a moça loira de cabelos longos.

- Sua mãe está lhe esperando lá dentro.

- Ok, obrigada.

Então chego a porta e abro, encontrando minha mãe concentrada no computador. Me aproximo é vejo ela olhar um tabela.

- Bom dia, o que houve pra me chamar assim tão cedo?

- Tem alguma coisa errada aqui, olha essa tabela. Os valores não batem - Ela se levanta da cadeira me dando espaço.

Eu olho aqueles dados e realmente alguns deles não estão corretos, não condiz os valores das ordens de compras e pagamentos.

- Realmente, tá errado isso aqui.

- Exatamente, mas o porque disso Taeyeon? - Ela me questiona.

- Eu não sei, alguém pode estar desviando dinheiro. Talvez superfaturando os preços.

- Mas são poucas pessoas que tem acesso ao setor financeiro... - Ela diz pensando alto.

- Sim, a Sunny é a chefe responsável e Baekhyun é seu assistente. Posso verificar com eles assim que chegarem na empresa. - Afirmo, ainda analisando as tabelas.

- Certo, ah! Hoje é aniversário da Yoona, leve a Tiffany pra festa lá em casa. - Ela diz se direcionando a porta.

- Pode deixar, eu iria convidar pessoalmente. Mas você me chamou muito cedo e ela ficou dormindo. - Ela parou na porta.

- Ui, meus netos estão vindo. Fui! - Sai rindo e fecha a porta.

Eu nego com a cabeça e solto um leve sorriso. Me preparando para o dia de trabalho. 

Passo algumas horas entre telefonemas, emails e análise de gráficos, até que recebo uma ligação de Sunny.

- Oi Tae.

- Diga Sun.

- Vou mandar o ofício pra você com os valores do material que precisamos repor.

- Ok, pode mandar.

- Tá tial... - Quando ela estava pra desligar a ligação.

- Sun, tem mais uma coisa. Vou te enviar a planilha trimestral dos gastos e quero que análise pra mim. Acho que tem alguma coisa de errado.

- Errado? Mandei Baekhyun verificar isso pra mim. Mas vou olhar assim mesmo.

- Tá, depois passo na sua sala pra irmos almoçar.

- Ok - Ela diz desligando.


...


Quando chegou o horário do almoço e me levantei e sai da sala. Olhei para minha secretaria.

- Jessica pode ir almoçar, vou sair com a Sim. Tire uma hora de descanso também. - Ela me olha.

- Ok.

Eu olho para o elevador e vejo que o mesmo vai demorar muito pra voltar ao andar, então decido descer um andar de escada e assim que abro a porta, escuto a voz de Baekhyun vindo da copa dos funcionários, dizendo um nome conhecido pra mim e aquilo me faz parar pra ouvir.

"Espero que ela leve a Tiffany hoje a noite, pois só vai facilitar o meu plano Yoona" 

Ele falava ao telefone.

"Hum, huhu. Vai ser incrível"

Disse com desdém, quando eu ia entrar na copa.

- Tae? - Sunny chama me atenção - O que faz parada aí? Você demorou e já ia atrás de você pra irmos almoçar.

O bipe da cafeteira toca e Baekhyun sai de lá com um copo de café na mão.

- Ah, oi gente! O que vocês estão fazendo aqui? - Ele diz.

Antes que eu mate ele aqui mesmo, resolvo sair logo.

- Vou almoçar com a Sunny - Pego na mão dela e saio a arrastando dali.

- Para Tae, porque tu tá correndo? Eu tenho as pernas pequenas - Ela larga seu braço da minha mão- Chega! Da pra dizer o que tá acontecendo?

Eu suspiro

- Eu saí por que se não eu ia cometer um crime dentro da empresa.

- O que? Porque? - Ela me olha confusa.

- Tem irmão me irritou, então por consideração a você, acho melhor não brigarmos. Não quero um clima ruim entre nós. 

- Ele fez alguma coisa pra você? - Ela diz.

- Não, ainda. Mas se fizer alguma coisa com a Tiffany eu não garanto segurar meus atos.

- Ok, se ele atrapalhar vocês eu meto a porrada também.

Saímos andando mesmo do prédio e buscamos um restaurante próximo, entramos e nos sentamos a mesa e logo o garçom anotou nosso pedido nos deixando a sós.

- Então, quer continuar aquela conversa de ontem? - Ela me olha.

- Bem, a história realmente foi aquele que te contei, eu contratei ela pra fazer ciúmes nele. Só que conforme nos fomos convivendo. Eu..

- Se apaixonou, Uiiii ela tá amando.

- Para Sun... Continuando, eu fui vendo o quão incrível ela é. 

- e Baekhyun? 

- Ele me mostrou ser uma pessoa totalmente diferente do que eu conhecia - Isso me descepcionou.

- Você finalmente viu quem ele é, você estava cega infelizmente.

- Aparentemente sim - Baixo a cabeça. 

- Quando você pretende contar a ela? Eu quero ser madrinha do casamento! - Ela rir de forma escandalosa.

- Eu pretendia contar ontem, mas aconteceu muita coisa ao mesmo tempo. Nos dormimos juntas e ela saiu fugindo de mim sem dar a chance de conversar, aí teve a briga na festa e estar perto dela me faz esquecer tudo ao redor. Aí a levei pra casa ela me disse que sou ruim de cama e disse que nosso momento foi um erro...

- Ouch! Essa ela te humilhou Kkkk.

- Para Sun! É sério. Aí não sei pq o Baekhyun mandou mensagem de madrugada e ela leu. Foi dormir emburrada e nem quis mais falar comigo. Quando ia fazer um café todo romântico pra ela. Mamãe liga me chamando pra empresa. - Suspiro

- Que inferno, tudo conspira contra! - Falo exasperada.

- Calma, Tae! Hoje tem a festa da Yoona, aproveita pra falar logo. Se possível grita, quem sabe assim ninguém interrompe. - Ela pisca pra mim.

- Realmente, se alguém me interromper de novo. Eu vou sair gritando por aí, que amo essa mulher.

Nosso almoço chegou e aproveitamos a comida em silêncio. E logo voltamos pra empresa.


...


O restante do dia foi bem estressante pra mim, no final do dia veio a confirmação da Sunny, que os valores não estavam batendo e eu pedi pra ela sigilo. Vamos ter que investigar sem alarde isso. 

Olhei para os relógio e ele marcava 18:00, um longo dia tinha chegado ao fim.

Está na hora de pegar Tiffany, para irmos a festa. Preciso estar atenta, pois se ele pensa que vai fazer alguma coisa ela, eu vou tombar ele 



Notas Finais


Por hoje é isso!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...