História Namorada de aluguel - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Bertolt Hoover, Connie Springer, Eren Jaeger, Grisha Yeager, Hange Zoë, Historia Reiss, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Marco Bott, Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Reiner Braun, Ymir
Tags Armin, Eremin, Eren, Shingeki, Snk
Visualizações 10
Palavras 1.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Kkkk, oi

Capítulo 1 - Prólogo


— Promete que vai ligar quando chegar? - o senhor de cabelos grisalhos falou enquanto soltava o loiro de um abraço apertado.

— Eu prometo vovô, ligarei sempre que puder - Armin falou, enquanto pegava sua mala e passava pela catraca do aeroporto, virando mais uma vez para trás e acessando para seu amado avô que o olhava acenando também. 

Armin tinha conseguido uma bolsa de estudos para o curso que ele tanto almejava, o único problema era que a escola a qual tinha conseguido a bolsa ficava nos Estados Unidos e  Armin era da Alemanha. Embora as condições dele e de seu avô não fossem as melhores o loiro conseguiu comprar a passagem e um pequeno apartamento que ficava no subúrbio, nada chique, mas seria de grande ajuda. 

— ah, é tão grande - Armin exclamou ao ver pela primeira vez o céu azul do continente americano, prédios, carros e muita gente andando por todo lado. O loiro sentiu uma súbita vontade de sair explorando tudo, mas logo foi trazido a realidade, pois tinha que chegar a seu apartamento e arrumas as coisas. Pegou um ônibus e conforme ele olhava pela janela, viu os prédios chiques se transformarem em mau cuidados e em pensões. 

Quando chegou no pronto, desceu e foi de encontro ao seu novo lar. Não era nada grande, na verdade; Apenas tinha um quarto, cozinha, banheiro e sala todos pequenos. O chão de madeira rangia um pouco e a janela da cozinha não abria. Armin respirou fundo olhando aquele lugar quase todo vazio. 

— Meu novo lar - ele falou para si mesmo andando até a pequena geladeira, quando abriu viu que a mesma estava vazia — preciso arrumar um emprego e comprar comida - rapidamente o loiro trocou de roupa, pegou um casaco, celular e suas chaves e saiu em busca de um sustento.


---


Já eram nove da noite quando Armin saio de uma cafeteria, o local tinha sido o último onde o loiro tinha entregado seu currículo, não era lá essas coisas, mas Armin sempre foi bastante inteligente, aprendia tudo rápido e tinha uma ótima memória. Então ele estava confiante que iria conseguir algo. Quando finalmente chegou ao seu novo lar, se dirigiu de imediato para cama, logo uma onda de tristeza percorreu seu pequeno corpo e o garoto se permitiu chorar de medo, angústia e ansiedade. Uma cidade, emprego, escola era tudo tão novo e assustador e seu avô não estava lá com ele “recomponha-se Armin, amanhã o dia irá ser muito melhor” pensou e adormeceu.  

Dia seguinte: 

o sol brilhava por entre as cortinas velhas do apartamento de Armin, o mesmo estava elétrico, pois minutos antes havia recebido um telefonema de uma pizzaria, ele tinha um emprego! Mal podia acreditar a sorte havia lhe sorriso, vestiu a melhor roupa que tinha e pegou seus pertencesse e partiu para seu trabalho que consistia em atender clientes ou entregar pizzas. 

Havia sido uma manhã realmente longa e Armin terminava de limpar uma mesa quando ouviu a porta da loja abrir...

— Bem-vindo - o loiro se virou sorrindo 

— Armin? - um homem alto de cabelos castanho claro falou 

— Jean?! - o loiro exclamou surpreso e caminhou ao encontro do amigo de longa data 

— não sabia que agora trabalha... Ou melhor que estava por aqui.

— ah, isso foi algo recente, cheguei ontem 

— então já que está aqui podemos sair pra beber alg.... Jean foi interrompido por um alarme de celular que o assustou um pouco 

— ah, desculpe Jean, terá que ficar para próxima tenho que terminar de arrumar algumas coisas em casa - Armin sorriu se dirigindo ao balcão tirando o avental e pegando uma bolsa 

— certo, então, bem... Me dê seu número - o outro rapaz falou sem jeito 

— me dê o seu, estou com pressa - o loiro falou indo em direção a porta com passos rápidos, a abrindo 

— tem alguma papel para anotar? - o outro o seguiu ficando ambos fora do estabelecimento 

— não precisa eu decoro - Armin falou apontando para a cabeça e rindo 

— nesse caso, meu número é XXXX-XXXX 

— certo, estou indo agora. Quando a gente se encontrar novamente você me diz o que te trouxe aqui - Armin acenou e saiu correndo, afinal o mercado não iria esperar por ele.

Jean viu o garoto sumir por entre algumas pessoas e sorriu olhando para o chão — estou aqui por você idiota. 


Enquanto isso...


— vá pro inferno você e sua maldita empresa - Eren gritou batendo a porta e saindo do escritório de seu pai, naquela hora ele só desejava quebrar tudo, acabar com tudo e resolveu descontar onde mais iria atingir seu pai. Pegou seu celular e ligou para sua namorada Historia e a chamou para um encontro no Shopping, estava disposto a terminar com ela, afinal, seus relacionamentos nunca haviam durado, e só estava com a loira, pois a imagem dela vendia e era bom para os negócios. Mas naquela altura ele estava pouco se fudendo para a imagem e negócios de seu pai apenas queria pôr um fim naquilo. Quando chegou ao local marcado esperando a moça que não demorou muito. Quando avistou ela chegando sorriu e levou tudo como se fosse um encontro normal.

Longe dali, Armin andava indo em direção ao mercado quando parou em frente a um grande shopping que chamou sua atenção, ele resolveu deixar sua curiosidade o dominar e entrou, caminhou olhando as vitrines e por fim parou em uma cafeteria e pediu um café, estava tudo calmo e Armin olhou ao longe e viu um casal sentado em uma das mesa pareciam bastante apaixonados. 

— Então, Historia você sabe, você é legal, bonitinha e minha nova ex - Eren falou se encostando na cadeira 

— ex? - a garota falou com a voz trêmula e começou a chorar. — por quê? - repetia vendo o garoto levantar e revisar os olhos 

Armin viu o movimento ao redor do casal, alguns gritos e pessoas tirando fotos. Então o loiro resolveu que era hora de ir embora, pagou sua bebida e caminhou em direção a saída, que por obra do destino era justamente para o lado onde o casal estava.

— você não pode terminar comigo! - historia gritava irritada 

— eu posso, eu arrumei alguém muito melhor - o de cabelos castanhos escuros falou em tom de desprezo 

- quem é ela? - gritava a loira histérica 

Eren, olhou ao seu redor e viu uma "garota" de cabelos loiros passando, não pensou duas vezes e a puxou para si, a colocando contra seu peito 

— essa é minha nova namorada, e ela é muito mais bonito, fofa e inteligente melhor do que você! 

Naquela hora vários fotógrafos brotaram do nada e começaram a tirar fotos, as pessoas assistiam incrédulas Historia sair correndo deixando para trás seu antigo namorado que abrava um pequeno corpo com cabelos curtos...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...