História Namorada de mentirinha. (2 temporada- Enrolados) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 2temporada, Amor, Bts, Grazy, Imagine Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Namjoon, Romance, V Luda, Yoongi, Zueirinha
Visualizações 109
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo de hj
Jk vai brigar com s/n
e
s/n com JK

Capítulo 3 - Briga


 

Já deveria estar em casa à uns 15 minutos, mas uns dos meus alunos ainda não foi, seus pais nunca atrasam, não queria o deixar sozinho, até por que é só um bebê de três aninhos algo serio deve ter acontecido pra seus pais demorarem assim.

-Tia...

-Oi, Dong-sun? 

-Quelo meu plai 

-Ele já deve estar chegando Dong-sun, que tal joga até ele chegar? - ele olhar em volta com os olhinhos  cheios de água.

-Cadê os ambiguinhos?

-Eles já foram.

-Purque so eu fiquei?

-Não sei... seu papai já deve ta chegando, hu? Que tal, a gente ler um livrinho? 

-Eu quelo ir pa casa. - ele começou a choraminga.

-Ei Dong-sun, seus papais estão chegando viu? - o peguei no colo e o mimei um pouco, ele estava começando a cochilar, o seu pai chegou apresado. 

-Ah professora! 

-Ola senhor Lim...

-Me desculpe a demora  

-Não tem problema. Viu como eu disse seu Pai chegou né? - o pequeno sorriu dando um beijo de despedida na professora.

-S/n? 

-Jeon? 

-Obrigada novamente professora s/n. - O pai disse saindo da sala e Jeon vem até me.

-Oi. - ia beija-lo, mas ele recusou 

-Quem era aquele?

-Pai de aluno, ué. 

-Por que vocês estavam parecendo um casal?

-OI? - pera eu preciso de um replay, não acredito nisso.

-É eu cheguei e vocês estavam com um bebê no colo e falando de maneira muito, muito..

-Muito o quê? Hein Jeon? 

-Muito próxima, que é isso S/n? só faltou se beijarem...

-Não tô te entendendo Jeon! para de ser infantil!

-Infantil? Você que tava quase me traindo aí...

-Como é? Para você só ta falando merda!

-Ah tô falando merda, você que ta tendo um comportamento.... inapropriado.

-Olha como você fala, eu não dei esse direito pra você! O Dong- sun MEU aluno, ficou por ultimo o pai dele se atrasou.

-Deve ter se atrasado pra ficarem mais a vontade a sós, não?

-Você bebeu? Que isso? você não é desse jeito. - tento me aproxima,mas ele se afastou de novo. - Que ciumes é esse, você nunca foi assim.

-Você nunca tinha me dado motivo pra isso. - falou alterado. 

-E nem dei a gora. -ele suspirou pesado. 

-Vamos pra casa. - ele saiu da sala e eu fui o seguindo. 

Entramos em silencio no carro, e continuamos esse silencio o caminho todo, não era um silencio confortável, normal, fácil de aturar, era um silencio pior que constrangedor e o clima tava pesado, realmente, não entendi o por que disso, eu e Jungkook, quase não brigamos e quando isso acontece eu não sei como agir. Descemos do carro e ele foi andando na frente até nosso apartamento, acho melhor dar um tempinho pra ele, deve ter acontecido alguma coisa que deixou ele irritado por isso agiu assim e foi me buscar, ele nunca vai estranhei isso.

Vou preparar o Jantar e fazer uma sobremesa, brigadeiro ou mouse de maracujá, ele gosta, ou talvez um sorvete caseiro? Droga eu não sei o que fazer. Caminho até o quarto onde ele tava jogado no celular, mas guardou quando me viu chegar. 

-Kook...

-Que foi? - Falou com arrogante. 

-Só queria saber o que você quer comer... - falei normal, até um pouco mais meiga, pra ver se ele se acalma. 

-Tanto faz, s/n...

-Hm, e sobremesa? - sorrir um pouco nervosa. 

-Aish, que saco faz qualquer coisa S/n! - ele se levantou. 

-MAIS QUE PORRA! o que eu fiz? Estou tentando ser legal, por que talvez você tenha tido um dia ruim, mas você fica agindo assim.

-ASSIM COMO? E MEU DIA ESTAVA MUITO BOM ATÉ TE VER!

-Eu não pedir pra você ir me buscar. - O seguir pela casa ele tava se vestindo. - Você nunca vai.

-É e deveria continuar sem ir! - suspirei.  

-Meu Deus, só queria saber o que você viu demais em eu ficar com uma criança até depois da aula! Queria que eu a deixasse só?

-Não é isso que geralmente as escolas fazem?

-As escolas coreanas deixam eles ficarem sozinhos, mas eu não deixaria um bebê ficar so.

-Ué no Brasil eles deixam, crianças sozinhas nas ruas. - Ok, ele passou dos limites falando disso. Ele sabe que minha mãe biológica me abandonou numa rua sozinha. - S/n... eu... 

-Tá Jungkook, tudo bem! - peguei minha bolsa do sofá e sai de casa ele veio atrás, mas puxei meu braço, imitando o que ele fez mais cedo. - Que foi?

-Desculpa! - ele disse sem me olhar.

-Ta Jungkook, agora me deixa. 

-Você vai aonde?

-... Pra algum outro lugar, fica ai e esfria sua cabeça. 

sai de uma vez deixando ele pra trás, peguei um taxi e fui pra casa do meu pai, não tinha ninguém, como eu pensava, então fui pro meu antigo quarto peguei uma roupa qualquer, fui pro banheiro tomei um banho me troquei e me joguei na minha cama, não dormi só fiquei parada, descansando um pouco, do nada o kook ficou louco, ele nunca é assim, as poucas brigas que tivemos resolvemos de boa, conversando ou até mesmo transando, mas ele do nada ficou revoltado, se ele disse que tava tendo um dia ótimo, como se estressou só com eu ficando com meu aluno até depois do horário, e o pai dele não estava nem tão próximo. 

Quando dei por mim já estava chorando, nunca sei como agir em discussões com ele, geralmente ele que faz as pazes, droga não fiz nada de errado, do nada eu fico sensível. Escuto a porta se abrindo, meu pai deve ter chego. 

-Pai. - falei chegando na sala o vendo.

-S/n? o que faz aqui? - sorrir. - Não que não a quisesse aqui, só que você não avisou.

-É vim de ultima hora. - funguei. 

-Esta chorando?

-Não...- desviei o olhar. - Cade a Misoo? - tentei mudar o assunto. 

-Ficou de plantão! Não mude o assunto. - suspirei.

-Eu e o Jungkook brigamos serio, isso é raro e eu fico sem saber o que fazer. 

 

          

       


Notas Finais


Desculpa a demora... estou com uns problemas, por isso fica atrasando. ^^
Não desistam de mim. ^~^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...