História Namorado de Mentirinha -Jikook (ABO) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente! Desculpem a demora.
Eu tive una probleminhas e não pude postar.
Mas tá aí

Boa Leitura

Capítulo 10 - Radical


-Por que comprou tudo isso? -Pergunto abrindo a sacola que Jungkook havia colocado no balcão do quarto. A sacola estava cheia de salgadinhos.

-Isso é muito gostoso! Não tem na Coréia. Pega um para você -Jungkook fala indo para o quarto.

-Que cavalheiro você é amorzinho -Falo sarcástico -Aqui tem mais de cinco salgadinhos e você deixa eu pegar um! Que lindo!

-Eu vou tomar banho primeiro! -Jiyoo fala.

-Eu cheguei primeiro! -Kyang fala.

-As damas primeiro! -Jiyoo empurra ele e entra no banheiro. Trancando a porta.

Por falar em banho. Preciso tomar o meu! 

Assim que entrei no quarto, vi Jungkook deitado na cama, com seus fones de ouvido e vendo algo no celular.

Mas...Não tem parede que separe o banheiro e o quarto. Então se eu tomar banho, ele vai me ver! Aish...Esse é o lado ruim desse quarto.

-Jungkook -Chamo ele, que não ouve -Jungkook! -Balanço as mãos para chamar a atenção dele. Assim que ele percebeu, tirou os fones.

-Que foi?

-Olha, eu vou tomar banho. Então por favor, tem como...você não olhar? 

-Hum...era só isso? 

-Sim...

-Tudo bem. Eu não iria querer olhar mesmo, mas tudo bem -Ele fala colocando o fone novamente.

O que ele quis dizer com “eu não iria querer olhar mesmo”, significa que...

Deixa.

Fui até minha mala e peguei meu pijama. Olhei para Jungkook mais uma vez. No fundo, sei que ele não vai olhar, mas um por cento de mim fala que ele vai.

Fui andando até o box, entrei nele. Coloquei a toalha por cima do meu corpo e comecei a tirar a roupa. Foi difícil, mas consegui. 

Não adiantaria pendurar a toalha o box, já que ela só esconderia a parte de cima do meu corpo, e é a parte de baixo que ele não pode ver...

 

Jeon Jungkook on 


Claro que eu não iria olhar. Se eu tivesse o mínimo interesse no Jimin, eu olhava. Mas ele é só como um amigo.

Dava para perceber que ele estava me olhando, para ter certeza de que eu não iria olhar. 

Assim que escuto o som da água caindo, percebo que Jimin começou a tomar o seu banho. 

Eu não vou olhar. Nem quero! 

Minha série está chamando mais atenção. Estou no último episódio! 

E Depois de alguns poucos minutos, terminei o episódio.

O que vou fazer da minha vida agora!? 

Jimin já terminou esse banho?!

Sem me lembrar do fato de estar sem roupa, olhei para onde ele estava.

E eu vi coisas que não podem ser desvistas... Não falo da parte íntima dele. Quer dizer...O bumbum é um parte íntima? Puf! Claro que é! Que pergunta idiota Jungkook.

Mas essa não é a questão. A questão é que eu vi tudo...

A bunda dele é maior quando está nua...
Eu preciso esquecer essa cena...

Mas não dá! E...eu...eu...

Olhei para minha calça e percebi um volume ali. Merda...

Bem perto do box tem uma porta...A privada deve ser ali! Aish...

 

Park Jimin on


Assim que desliguei o chuveiro, rapidamente peguei minha toalha e me enxuguei. Colocando ela em volta da minha cintura.

Assim que coloquei, vi Jungkook se levantando da cama e correndo até a porta que ficava perto do box. Hum...Ou ele vai fazer o número um, ou vai fazer o número dois. Espero que seja o um.

Fui até a cama e me troquei rápido. Para que Jungkook não tivesse a chance de me pegar no flagra.

Assim que me troquei, sentei na cama. 

Por um momento, ouvi Jungkook dar um suspiro forte. Hum...ele está fazendo o número dois com certeza.

Depois de alguns segundos, ouvi Jungkook suspirando ou...sei lá o que estava acontecendo, outra vez.

Me levantei da cama e me aproximei da porta.

-Jungkook, tudo bem? 

-A-ah...tudo...-Sua voz sai estranha.

-Sei que pode ser vergonhoso, mas é normal sentirmos dor quando fazemos o número dois às vezes..

-Hum...é...

-Eu ouvi seus suspiros...Não precisa segurar...Eu vou sair do quarto para você se sentir mais à vontade -Falo me virando e indo sair do quarto.

Ele devia estar com vergonha. Onwt...tão fofo.

[...]

-Eu estava me perguntando...agora que estamos em Orlando, o que vamos fazer? -Pergunto para Jungkook. Kyang e Jiyoo já tinham ido dormir. Apenas nós dois estávamos acordados, deitados na cama.

-Orlando é muito famosa por seus parques. Então provavelmente vamos em alguns...

-Sério? Nós vamos para a Disney? -Falo animado.

-Claro que não. Já fomos lá muitas vezes. Já perdeu a graça para muitos.

-Ah...entendi...-Fico triste -Bom, se fomos para alguns parques, espero que possamos ir em muitos! 

-Ah...-Jungkook fala.

-Você está estranho -Me viro para ele -Tudo bem? 

-A-ah, tudo sim...tudo ótimo -Jungkook me olha sério.

-Você parece nervoso. Foi por causa do que aconteceu mais cedo? Tudo bem Jungkook. Não precisa ter vergonha -Falo pegando o cobertor -Até amanhã. Boa noite.

-Jimin! Espera...

-Sim?

-É que eu...eu...

-Você?..

-Eu me masturbei...-Ele fala me deixando surpreso.

-Oh...então os suspiros eram....

-É...Eu tentei fazer com que você não ouvisse...-Jungkook pega o cobertor também.

-Mas...por que isso do nada? 

-É..que...Eu imaginei coisas inapropriados...

-Com quem? -Dico curioso.

-Com...com...a Hyuni! É...com a Hyuni!

Oh...Claro. Ele gosta dela. Com quem mais ele...Argh.

-Entendi -Falo triste -Você não consegue esquecer ela né?

-Não...-Filho da...

-Boa noite Jungkook -Me viro de costas para ele e fecho os olhos.

Mano, qual o problema dele!? Gostar de uma pessoa que não dá a mínima para você é...

Por que eu fui gostar logo dele!? Daqui a alguns dias vamos parar com essa mentira, e em seguida vamos seguir nossas vidas. 

Espero que seja apenas uma paixonite passageira...

[...]

-Galera, meu pai mandou mensagem -Jungkook fala olhando seu celular.

Estávamos sentado na mesa, comendo o café da manhã. Ou...tomando o café da manhã. 

-Ele disse que temos que nos arrumar. Parece que o tio Chung encontrou um parque legal para irmos.

-Parque? Gostei! -Jiyoo fala.

-Só de imaginar os brinquedos já quero vomitar...-Kyang fala.

-Jimin! Temos que ir em alguns brinquedo sentados um do lado do outro -Jiyoo fala.

-Hum...

-Tudo bem? Parece...irritado -Kyang me olha.

-O cio está chegando? -Jiyoo pergunta.

-Não. Não é nada -Falo.

-Eu vou me arrumar -Jungkook se levanta da mesa. Kyang e Jiyoo foram seguindo ele com o olhar. E assim que ele fechou a porta olharam para mim.

-Brigaram? -Eles perguntam ao mesmo tempo.

-Que? Não! Só estou com dor de cabeça -Falo.

-Ah! Causada pelo Jungkook? -Kyang pergunta.

-Não tem nada a ver com o Jungkook!

Tem sim. Aquela carniça infectada.

[...]

-Que parque vamos? -Pergunto assim que Sr.Jeon liga o carro.

Por favor...fala que vamos na Disney...Eu necessito tirar foto com algum príncipe...Sei que já sou um, mas é diferente.

-É um parque que fica perto de outra cidade. Ele parece ser legal -Sra.Jeon fala.

-Por acaso começa com a entra letra D? -Pergunto.

-Não -Sr.Jeon responde.

Então não é um parque legal! 

-O parque é o Bush Gardens? -Hyuni pergunta do banco de trás.

-Esse mesmo! -Sra.Jeon fala.

-Ei Jimin, quem é esse cara? -Jungkook me pergunta mostrando um comentário em uma das fotos que eu havia postado 

-Que!? Ele tem Instagram!? -Pego o celular de Jungkook -Eu procurei tanto...

-Quem é esse? -Jungkook pergunta.

O comentário era um coração...Só isso!? 

-Espera, o que isso significa? -Falo.

-Quem é ele, Jimin? -Jungkook pergunta.

-Ah, é um garoto...-Falo entrando na conta dele -Hum...não é privada...

-Eu sei que é um garoto. Mas que garoto é esse? -Jungkook pergunta. 

Oh pessoinha para perguntar.

-O nome dele é Taemin...trabalhávamos juntos no mercado. Eu gostava dele, mas ele só me via como amigo...-Hum...essa história é familiar...

Eu só gosto de pessoas que gostam de outras pessoas. Vida triste.

-Mas você ainda gosta? -Ele pergunta.

-Filho da mãe...-Falo olhando a foto dele e de seu atual namorado -Você preferiu ele do que eu!? 

-Você ainda gosta dele? -Jungkook pergunta.

-Preciso entrar na minha conta. Vou usar seu celular.

-Mas pra que? Você vai seguir ele? Tem como responder alguma pergunta que eu faço? 

-Aish...ele continua bonito...-Falo.

-Me dá -Jungkook puxa o celular de mim.

-Ei!

-Se não vão me responder, não vou te emprestar meu celular -Jungkook fala. Ele parecia com...aquele sentimento...eu esqueci o nome...Ah! Ele parece com raiva! Só porque não respondi ele.

-Preciso de uma foto nova com você! -Falo -Ele ele precisa ver alguma foto minha...

-Não vou tirar foto com você -Jungkook fala desligando seu celular.

Entrei na câmera do meu celular, e tentei tirar um foto com Jungkook, que virou a cara. 

-Jungkook...Só uma! -Peço sem receber resposta.

Revirei os olhos e tirei a foto mesmo assim. Abri um sorriso, enquanto Jungkook nem se quer olhou.

Como não tenho internet, só vou enviar quando voltar para o hotel. 

-Você é tão legal, amorzinho -Falo encostando no banco e cruzando os braços.

-Desde quando vocês se chamam desse jeito? -Escuto a voz de Hyuni. Virei de costas e olhei para ele.

-Desde sempre. Não é amorzinho? -Olho para Jungkook.

-É -Ele fala com tom de grosseria.

-É que antes, eu era tímido...-Falo passando a mão no cabelo de Jungkook -Mas agora eu já conheci vocês muito bem. E não me sinto tímido mais...Agora eu posso chamar o Jungkook de várias coisas! Como...como...ah...São tantos que nem me lembro -Falo me virando para frente.

-Jungkook -Hyuni chama Jungkook, que se vira de costas e olha para ela -Você lembra? Gugu? -Ela fala fazendo Jungkook rir.

-Claro que eu lembro Nini -Ele fala e os dois começaram a rir.

-Que isso? -Pergunto.

-Eu e Jungkook nos chamávamos assim antigamente -Hyuni fala -Eu sou Nini e ele Gugu -Não diga! - É besta. Mas também é fofo.

Fofo!? Fofo!? Até os filhos do Shrek são fofos e isso não!

-Por que paramos? -Jungkook pergunta.

-Não sei Gugu...-Hyuni fala e os dois começam a rir outra vez.

Aish...Acho que meu mini surto está chegando...

Eu tenho mania de chorar por coisas bestas. 

Me virei para outro lado e soltei uma ou duas lágrimas (esse é o mini surto), enxugando e virando para eles.

-O apelido é legal e tudo mais, só que...os meus apelidos são melhores! 

-Me diz um -Hyuni fala. Chaehu, por que não manda sua namorada calar a boca!?

-São muitos! Eu não estou lembrando agora. Mas são muitos fofinhos não é Jungkook? -Olho para ele.

-Ah...não temos apelidos -Jungkook fala e Hyuni dá um risada baixa.

-Tudo bem Jimin. Vocês só tem dois meses de namoro. Conheço o Jungkook a três anos, então é normal -Hyuni fala -Antes eu e o Chaehu não tínhamos apelidos. Hoje temos muitos. Não é amor?

-São tantos...-Chaehu fala.

Encarei Jungkook sério.

-Que foi? -Jungkook pergunta.

-Vai se ferrar Jungkook -Falo virando para frente outra vez. Meu mini surto está voltando...

 

Jeon Jungkook on


Ok, ele ficou com raiva!? Só por que eu falei a verdade!? 

Ah me poupe! Se ele gosta de gente assim, esse tal Taemin deve mentir pra caralho! 

Quem é que comenta com um coração em uma foto!? Ele é o que!? Fã do Jimin!?

Eu não estou com ciúmes. Só não entendo mesmo.

[...]

-Uau! Esse parque é grande! -Falo olhando o mapa do local.

-Estamos aqui não é? -Chaeuhu pergunta.

-Uau! Lugar grandinho em...-Taehyung se aproxima de nós com o resto do pessoal.

-O que vocês preferem? Ficar só vocês e nós vamos ficar andando por aí, ou todos juntos? -Minha tia pergunta.

-Foi mal tia. Mas adultos estragam tudo -Chaehu fala.

-Ok, nos encontramos na saída às 18:00h! -Tia Kim fala se afastando junto com meu tio e meus pais.

-Uh...sem adultos...-Namjoon abre um sorriso 

-Em que brinquedos vamos primeiro? -Yoongi pergunta.

-Olha...aqui tem zoológico...-Kyang fala -Jiyoo nós temos que ir no zoológico! 

-Tem razão. Você vem Jimin? -Jiyoo pergunta.

-Por que não vamos todos juntos? Assim não vamos nos separar -Hyuni fala.

-Odeio admitir isso, mas ela está certa -Taehyung fala -Vamos passar rapidinho pelo zoológico e depois vamos nos brinquedos radicais! 

[...]

-Uau...eles são bem mais rosas do que imaginei -Hoseok fala assim que vemos flamingos.

-Todos são muito rosas, e aquele ali é bem clarinho -Jin fala apontando para o  flamengo de cor rosa claro -Hum...todos são lindos, mas eu sou mais.

E então fomos andando. Até chegarmos na aérea dos cangurus.

-Eles fedem -Chaehu fala.

-Olha o tamanho do pé deles! -Taehyung fala -Um chute disso deve doer...

-Ah...gente -Escuto Jimin falando -Séria estranho dizer que tem um bebê canguru mordendo meu cadarço? 

Olhamos para os sapatos de Jimin, e realmente tinha um bebê canguru mordendo o cadarço dele.

-Uau! Jimin! Eu preciso tirar uma foto disso -Taehyung fala.

-Ah. Ok -Jimin abre um sorriso.

-Não de você. Só do canguru mesmo -Taehyung mira a câmera do celular para o canguru.

[...]

-Que fofo! Tem uma área só para crianças...-Taehyung fala assim que chegamos na área infantil. Para irmos em direção aos brinquedos teríamos que passar por ali.

-Eu consigo imaginar meus filhos brincando aqui...-Jin fala.

-Oh! Eu também...-Hyuni fala.

Eu não consigo imaginar meus filhos brincando aqui. Até porque até hoje eu não encontrei ninguém que me complete. Então acho que filhos está bem longe da minha imaginação.

-Namjoon, quando tivermos um filho, temos que levá-lo aqui -Jin fala segurando a mão de Namjoon.

-Ei Gugu -Hyuni olha para mim -Lembra quando entramos naquele brinquedo de crianças até dez anos e reclamaram com a gente?

-Nossa! Eu lembro sim -Começo a rir -Meus pais deram uma bronca em mim! E você saiu ilesa!

-Até quando vocês vão ficar de apelidinho, em? -Jimin pergunta.

-Só por hoje. Só queremos lembrar dos velhos tempos. Não é Gugu? -Hyuni olha para mim.

-Exatamente Nini -Falo e vejo Jimin revirando os olhos.

 

Park Jimin on


-Gugu...Argh. Que apelido mais ridículo! Ele nem tem “gu” no nome -Falo.

-Mas quando falamos “Jungkook”, dá para perceber que no “Gko”....

-Cala a boca Hoseok -Corto ele.

-Ciúmes brabo, o seu -Yoongi fala.

-Não é ciúmes tá!? Só que eu acho esses apelidos extremamente ridículos!

-Aham...sei -Taehyung revira os olhos.

Jeon Jungkook deve estar bem feliz por estar tão próximo da Hyuni! Espero que estejam tão próximos que quanto mais se aproximam mais vão se esmagando, até chegar uma hora onde os dois acabam explodindo, e o sangue dos dois escorra para todos os lados!

-Cara...você falou isso em voz alta -Namjoon fala.

-Falei? A-ah...Eu falei...

-Sinistro...-Namjoon me olha sério.


Fomos andando até chegar em uma montanha-russa . Ela não parecia alta, tem cara de ser boa!

-Vamos nessa! Está sem fila nenhuma! -Chaehu fala.

Entramos no local, fomos passando pelo caminho. Parecia algo egípcio...Mas era assustador. Tinha uma música sinistra tocando.

-Vocês sabiam que cada montanha-russa desse parque está relacionada a algum animal? -Jin pergunta -Essa aqui por exemplo, está relacionada a uma cobra! Legal não? 

-É...bem legal...-Falo.

Assim que chegamos no final da fila, que estava vazia, vimos algumas pessoas já entrando.

-Amor! Vamos na frente? -Hyuni pergunta para Chaehu.

-Na frente? Não acha muito..

-Não! Vamos na frente! -Hyuni fala puxando ele.

Fui andando e entrando em uma cadeira qualquer. Por favor que não seja tão alto...Só estou indo nessa coisa porque não quero ficar sozinho...

-Vai sentar aqui? -Jungkook pergunta se sentando do meu lado.

-Por que está aqui? Não era para você está sentando com a Nini!? -pergunto.

-Jimin -Jungkook me olha sério -Ainda está com raiva?

-Não! Não estou com raiva -Falo enquanto um homem se aproxima, descendo a trave dos nossos acentos.

-Não é o que parece.

-Olha, me deixa tá!? Vai irritar sua Nini que é melhor -Falo.

Jungkook não falou mais nada. Ainda bem. 

Segundos depois, a montanha-russa começou a andar. E...Puta merda...eu não deveria ter entrado! Caralho! 

Assim que andou mais um pouco, paramos em frente à uma parede. Acabou aqui!? Ou esse troço vai abrir o chão e vamos cair!?

Não foi o que aconteceu. Cada carrinho foi subindo de dois em dois. O de Hyuni e Chaehu foram os primeiros, em seguida foi Jin e Namjoon.

E assim, começamos a subir. Como se fosse um elevador! Acredita nisso!? E então, chegamos no...

-Isso é muito alto! -Falo -Eu quero sair!

-Não tem como sair -Escuto Jungkook falar.

-Eu vou morrer...-Começo a respirar fundo, e bem forte.

-É só um brinquedo -Jungkook olha para mim -É seguro!

-Como tem certeza que essa porra é segura!? Ai...eu vou morrer...E acho que vou morrer chorando...-Falo sentindo um lágrima descer.

Uau...eu sou muito frágil...

-Jimin, está chorando? -Escuto Jungkook perguntando. Mas não respondi. Apenas fechei os olhos.

Senti algo puxar minha mão. Abri um olho e vi Jungkook pegando minha mão e entrelaçando com a dele.

-Pode apertar minha mão se quiser! -Ele fala.

E quando chegamos na parte da queda, eu apertei sua mão bem forte.

E então, senti a queda. Aquilo estava fazendo minha barriga revirar. 

Assim que paramos, abri os olhos.

-Acabou!? -Pergunto. Mas foi só perguntar, que os carrinhos começaram a virar.

EU DISSE QUE ELES VIRARAM!

-Vamos descer de costas agora -Jungkook fala.

Eu...odeio...montanha-russa...

[...]

-Foi muito legal! -Taehyung fala assim que saímos do brinquedo -Não foi?

-Acho que o Jimin não gostou -Hosoek fala olhando para mim.

-Ele estava morrendo de medo -Jungkook fala -Até chorou um pouco.

-Coitadinho...-Taehyung fala -Você está tremendo Jimin? -Ele olha para minhas pernas.

-Eu estou tonto...-Falo.

-Caramba...você não gostou mesmo -Yoongi fala -Taehyung, vai em algum brinquedo calmo com ele! 

-Mas...Eu quero ir nos brinquedos radicais! -Taehyung se vira para Yoongi -Jungkook! Leva ele para alguma coisa que não seja radical!

-Mas...-Jungkook olha para Taehyung e em seguida para mim -Tá. Vem Jimin.

Fui seguindo ele até a saída do brinquedo. E vi o resto do pessoal indo para algum lugar.

Pensei que não era para nos afastarmos..Se bem que, assim eu e o Jungkook vamos ficar só nós dois!

-Tenho uma boa e má notícia -Jungkook fala -Esse parque não tem brinquedo que não seja radical. Mas, nós não vimos todos os animais daqui...

Animais!? Agora eu gostei...

[...]

-Olha! Eles estão dançando -Falo ao ver os elefantes. Uma música estava tocando alto, e os elefantes estão balançando enquanto ouviam a música -Que fofo...Não sabia que elefantes dançavam...

-Nem eu -Jungkook fala.

-Dá vontade de abraçar eles...

-Você quer dar comida para um? -Jungkook pergunta e olho surpreso para ele.

-Tem como fazer isso!? 

-Me segue.

Fui seguindo Jungkook, até um local por perto. Bem que ele poderia segurar minha mão. Iríamos parecer um casal!

Olhei para Jungkook. Ele estava falando com uma moça, e vi ela entregando algo na mão dele.

-O que é isso? -Pergunto.

-É a sua entrada. Agora você pode entrar ali e alimentar algum elefante.

-Mas você não vai? 

-Eu vou ficar só olhando.

[...]

-Jungkook eles são muito grandes! Eu vi o tamanha da pata deles! É enorme! -Falo saindo do local junto com Jungkook -E também...

-Onde será que o pessoal está? -Jungkook me corta.

-Que? Mas...O Taehyung disse que era para você me levar em brinquedos não radicais...

-Jimin, eu te levei para alimentar um elefante! Essa é uma das poucas coisas que não são radicais aqui. Não tem mais onde eu te levar.

-Mas poderíamos passear pelo parque...

-Sem graça. Esse lugar não é para passeio, e sim para brinquedos radicais! Vou ligar para o Chaehu -Jungkook fala pegando seu celular.

Eu realmente pensei que poderia passar um tempo juntos andando por aqui...Mas agora lembrei que não é de mim que ele gosta...Então se a Hyuni não está aqui, ele não quer estar aqui...

-Vocês estão em que brinquedo? -Jungkook pergunta para Chaehu -Hum...ok -Jungkook desliga -Eles estão aqui perto. Já já vão entrar nos brinquedos! Vem -Jungkook fala andando rápido.

Eu não queria ir nesses brinquedos! E eu não vou andar rápido! 

Eu tenho ódio de mim mesmo por estar gostando de alguém como o Jungkook! Eu só queria ajudar ele com essa mentira, mas agora eu gosto dele! E isso me deixa com tanta raiva... Por um momento, eu queria estar no lugar da Hyuni...Ela sim tem o Jungkook todo para ela! 

Hum...aqui tem muita gente...O parque deve ser famoso...

Mas, onde está Jungkook? Ele...

Olhei em volta e percebi que havia perdido ele de vista. 

Ai não...eu não acredito nisso! O que vou fazer!? Eu nem sei em que brinquedo eles estão!

[...]

Depois de andar por perto de onde eu estava a minutos atrás, me dei conta de que não iria achá-los. Então a ideia que tive foi ir para saída do parque. Todos combinaram de sair daqui de 18:00h...Eu espero até lá...

Agora são...14:30....Tudo bem, eu espero.

 

Jeon Jungkook on


-Você é idiota!? -Jiyoo pergunta -Como pode ter perdido ele de vista!? 

-Eu já falei! Ele estava me seguindo! Mas quando cheguei aqui percebi que ele não estava mais!

-Nem para segurar a mão dele!? Que tipo de namorado você é!? -Kyang pergunta. 

Todos estavam muito irritados comigo. E eles tinham motivo. 

Mas...Eu jurava que ele estava andando atrás de mim! 

Acho que depois disso Jimin vai me odiar para sempre...Ele pode até querer contar a verdade! Mas isso não é o mais importante, o importante é que ele esteja bem...

Minha mãe vai me matar...

-Vamos procurar ele -Jin fala.

-Gente, o Jimin não é um criança -Hyuni fala -Ele está bem! Eu tenho certeza! Ele provavelmente está sentando em algum lugar. Ou está passeando pelo zoológico outra vez! Vamos nos acalmar. Não adianta procurar ele nesse lugar enorme. 

-Mas...E se ele...

-Jiyoo, ele já é jovem o bastante para se cuidar. Temos horas para procurar ele -Hyuni fala -Vamos aproveitar. O Jimin sabe que de 18:00 todos nós vamos estar na saída. Então quando der esse horário ele vai até lá!

Depois que Hyuni falou isso, ficamos em silêncio e entramos no brinquedo. 

Era uma montanha-russa também, mas eu não me sentia animado...

Sabendo que o Jimin está em algum lugar desse parque sozinho não me faz bem..

Admito que queria ele aqui conosco. Mas por minha culpa ele não está...

Espero que você me perdoe Jimin..

 

Park Jimin on 


17:58h! Era 17:58h! Até agora ninguém apareceu..Tudo bem! É de 18:00h...Eu poderia ter aproveitado o parque!? Sim. Mas aqui só tem brinquedo radical e blá blá blá.

Nesse tempo todo, eu fiquei sentando no chão, jogando alguma besteira no meu celular, até ele descarregar. Então depois fiquei no mesmo lugar encarando as pessoas. Umas bonitas e outras horrorosas. E nesse tempo que fiquei aqui...eu refleti um pouco. Percebi que...tem muita gente gorda nos Estados Unidos...

-Jimin! -Escuto um voz familiar. Olhei ao redor, e vi Taehyung correndo em minha direção.

-Taehyung! -Me levanto rapidamente e vou correndo até ele. Assim que nos aproximamos, Taehyung me deu um abraço e começou a dar pulos.

-Você está vivo! -Ele aperta minha bochechas.

-Jimin! -Olho para o lado e vejo Jiyoo, junto com o resto do pessoal -Você estava aqui esse tempo todo!? 

-Sim.

-Aish...deve ter sido chato -Taehyung fala.

-Na verdade foi até legal...-Falo lembrando de quando vi um garoto tropeçando no chão e as outras coisas legais que vi.

Olhei para Jungkook, que ao perceber que eu estava olhando desviou o olhar. 

-Já estão aqui? -Sra.Jeon se aproxima de nós -Como foi? Se divertiram? 

Hum...eu conto ou não conto? 

Olhei de lado para Jungkook e percebi que ele estava de cabeça baixa.

Foi mal Jungkook, dessa vez não vou deixar passar.

-Foi muito legal sim! Nos divertimos muito! -Falo -Fomos em todos os brinquedos!


Que foi!? Eu não consegui ok!? 

Alguns olharam para mim sem entender. Ele devem achar que sou bonzinho até demais. E eu sou!

-Que ótimo. Vamos indo? -Tia Kim pergunta.

Fomos andando para a saída, alguns conversando e outros calados. Bom, Jungkook estava atrás de todos, andando sozinho. Me pergunto se ele realmente se sente mal pelo o que aconteceu. Acho que ele não liga...

Fomos para o estacionamento. Eu entrei num carro, e Jungkook entrou em outro. Fui num carro junto com Hyuni, Chaehu, Jin, Namjoon e os tios de Jungkook.

Todos nós fomos conversando. A ao chegar no hotel, descemos do carro.

Sem esperar Jungkook, fui andando junto com Jiyoo e Kyang até o nosso quarto. Entramos no elevador, e colocamos o andar.

-Você não deveria deixar de contar Jimin -Jiyoo fala -Jungkook não merece sua bondade -Você faz muito por ele, mas ele não faz muito por você. Deveria parar de ser bonzinho e dar o que ele merece.

Percebi que desde do dia em que acordei no carro e vomitei, Jiyoo e Jungkook estavam sem se falar...

-Jiyoo, eu não consigo ser ruim com ninguém...

-Mas pelo visto o Jungkook consegue ser ruim com você -Ela cruza os braços e suspira -Por que não termina com ele? 

-Jiyoo, para de se meter -Kyang revira os olhos.

-Nunca que eu namoraria alguém como Jungkook...-Ela fala e a porta do elevador se abre. 

Depois de entrarmos, fui para o meu quarto e Jiyoo e Kyang para o deles.

É difícil falar isso, já que estamos em um quarto, mas nesse quarto tem mais dois quartos. Entenderam? Acho que sim. Então falar: assim que entramos no quarto eu fui para meus quarto. Não faz muito sentido. Minha vida não faz sentido, entoa de boas.

Tranquei a porta para Jungkook não entrar e fui tomar banho. 

Não, eu não ia deixar a porta trancada. Era apenas para eu tomar banho.

Destranquei a porta quando terminei e deitei na cama. Fechando os olhos em seguida.

[...]

Acordei no meio da noite, e me virei para o outro lado. Mas percebi que Jungkook não estava na cama. A porta do quarto estava aberta, e todas as luzes estavam apagadas. Mas tinha uma luz, fraca. Uma luz fraca vindo da sala. 

Uma parte de mim diz que tenho que voltar a dormir e não ir lá, mas outra parte diz que tenho que ver o que é.

Se eu for lá, e ver algum espírito maligno, e o Jungkook morto do chão, eu desisto dessa vida. 

Me levantei da cama e fui andando até a porta. Coloquei minha cabeça para fora e percebi que não era um espírito maligno, era o Jungkook, e ele não estava morto. Ele estava sentando no sofá, mexendo em seu computador. O que ele está fazendo? Eu sei que alfas amam pornô, mas...eles fazem a essa hora? 

É melhor deixar para lá. O que seja que Jungkook estava pesquisando, não é da minha conta! 

Não quero saber o que é! 

Hum...o que ele está pesquisando!? 

Será que ele está pesquisando “Como matar alguém sem que percebam que foi você”!? 

Talvez ele queira me matar para não ter mais problemas...

Puf! Que paranóia minha.

Será?...


Notas Finais


Hum...O que o Jungkook estava pesquisando em?...suspeito

Até o próximo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...