1. Spirit Fanfics >
  2. Namore meu namorado 2: O intruso!. - NCT (Ji Sung Centric!) >
  3. Se exaltavam!.

História Namore meu namorado 2: O intruso!. - NCT (Ji Sung Centric!) - Capítulo 10



Notas do Autor


Voltei...

Espero que gostem...
Boa leitura...

Capítulo 10 - Se exaltavam!.


    O que poderia fazer? O que poderia fizer ao Na? Não podia simplesmente dizer que foi “atacado" por seus namorados logo após ter tido um sonho erótico e que te vê seu ápice gemendo como um depravado. Não era algo que se podia dizer assim tão facilmente, mesmo que já tivessem uma amizade até que boa, ainda não era hora para ter aquele tipo de intimidade, por isso apenas disse que tinha acordado com uma tremenda dor no estômago e, que por isso não tinha ido a aula pela manhã e também aquele era o motivo dos gemidos que o Na tinha ouvido. É, esperava que ele tivesse acreditado.

■■■

    Com certeza aquela ideia de terem ficado até mais tarde na aula de música não tinha dado tão certo, já que agora estavam fazendo um exercício de composição junto com Jeno. Na verdade não era assim tão ruim, pelo menos não para Taeyong que até o momento não vai nada de errado com o platinado, o negócio era que Mark tinha realmente encasquetado com o pobre e, não perdia a oportunidade de deixar bem claro o quanto o platinado não lhe descia. E, só por esse motivo Jeno fazia as coisas só para atentar o Lee moreno.

- Que letra horrível, muito me admira que consiga ler isso depois, na verdade muito vai ser admirável o professor conseguir ler. – Jeno tinha pego birra da letra do outro Lee, o que estava deixando Mark supere irritado. Sabia que era só para lhe irritar mas, ainda sim era uma pessoa que para certas coisas, não tinha paciência alguma.

- Se você não calar a boca, eu juro que faço você comer esse caderno e não vai pela boca. – Rosnou Mark. – Que cara fechado. Porque mesmo tivemos que fazer trio com ele Tae? – Era fato que Mark estava se segurando para não voar no pescoço de um, em compensação o Lee ameaçado estava se rachando de rir.

- Porque ele estava sozinho e o professor o juntou conosco e, para de dar trela para ele não era vendo que ele está te usando apenas por diversão. – Disse Até indiferente a tudo aquilo. – E quanto a você, para com isso não queira me ver irritado ou eu piso no seu pescoço.

- Nossa, que pessoas nervosinhas, eu heim. Nem se pode fazer uma brincadeirinha de leves. O Ji Sung é um fofo, ele gosta das minhas piadas, talvez eu paquere ele. – Aquelas palavras de Jeno foram como um soco na cara dos dois. Aquilo já era demais, ele iria com certeza apanhar.

■■■

    Outra das muitas condições que os pais do Wu mais novo estimularam, foi que aquele relacionamento ficaria em segredo por enquanto. Não queriam que o filho passa -se pelo que passaram e, até KyungSoo concordou com aquilo daquela vez, pois sabia como para eles tinha sido difícil ouvir os julgamento e, mesmo que os tempos fossem outros, sabia que a mente de muitos ainda era a mesma, as mesmas pessoas idiotas de antes. E os pais do mais jovem não queriam aquilo para ele, assim como os pais dos namorados dele, também não queriam.

    Era por aquele motivo que ninguém ali sabia do relacionamento que os três tinham, para os outros eram apenas amigos que dividiam dormitório. Até mesmo Jeno e Jaemin não sabiam de nada e, por aquele motivo e, claro que aquilo era um inferno para os namorados do pequeno Wu. O que poderiam fazer quando sequer podiam admitir ou informar seu relacionamento com o mais novo?!.

- Que merda tem na cabeça? Não sabe que o Ji Sung é um garoto puro e que com certeza vai te rejeitar. Porque ele não gosta de garotos com o cabelo branco, ele os acha velhos demais. – Comentou Taeyong tentando manter-se firme em sua indiferença, fugindo que não tinha sido atingido por tais palavras.

- Sim, sim. Sem contar que os pais dele nunca que iriam aceitar, é mais fácil tu ver o sol nascer de dentro de uma caixa enquanto desce uma cachoeira. Tinha conhece os Wu Kim Do como nós conhecemos. – Mentiu Mark. – Estamos te dando um aviso, não se mete com o Ji Sung, para o seu próprio bem. – Era mais uma ameaça do que um aviso e, era melhor do que nada, pelo menos era na visão de Mark. Esperava que tivesse funcionado.

■■■

    Se o clima já não era bom antes, imagina depois daquela conversa que tiveram. E, mesmo que eles não tivessem se entendido ainda sim, teriam que terminar aquele maldito exercício, infelizmente não tinham terminado e teriam que faze-lo depois, séria mais um momento em que teriam que se engolir porém, sabia que não iria adiantar nada ignorar o platinado já que Ji Sung continuaria indo até Jeno com toda inocência que tinha, por mais que contassem tudo o que Jeno tinha dito. As vezes Ji era o principal perigo ali.

    Agora estavam voltando para seus respectivos quartos com Mark e Tae andando na frente de Jeno, que só os seguia. Estava pensativo sobre o que tinham falado sobre o mais novo não gostar de seu cabelo branco e também sobre os pais dele, será mesmo que os pais do Do eram assim tão perigosos? E como ele poderia não gostar de seu cabelo? Era um perfeito príncipe com aquele visual. Mas que droga era aquela?!.

    Quando os três estavam perto de chegar em seus quartos, poderão ouvir risos e gritos vindo do quarto do loiro, até iriam ignorar, mas logo reconheceram as vozes e não ficaram nada felizes, já não estavam. Mas do que depressa mandaram que o outro abrisse a porta e, quando o fez poderão ver o que realmente se passar ali. Se isso aqui fosse um programa de TV , agora entraria o comercial, só para da expectativa os espectadores, mas como não é...

■■■

    O que realmente viram foi dois garotos vestidos com roupas dos personagens do Pokémon, eram um Swuanpet e um Dragonit no caso Jaemin e Ji Sung respectivamente. Os dois estavam brincando de batalha Pokémon sem treinadores, eles mesmo se davam o comando e atacavam, muitas vezes se atacavam em lutas corporais, o que não deixava os que viam nada felizes. Como não tinham percebido a presença deles, Jae e Ji continuaram como se nada estivesse acontecendo ao redor deles, a batalha deles era muito mais importante.

    Mas como os ânimos dos mais velhos namorados do pequeno Wu não estavam nada bons, apenas caminharam a passos duros até onde o mais novo estava e sem dizer nada, apenas agarraram pela cintura e o levaram dali. Não foi naquele dia que o Na levou uma cossa mas, se continuasse daquela forma ele e Jeno não escaparam de uma surra.

    Porque, aqueles que se exaltavam!.  


Notas Finais


Então neh...

Que desculpinha heim Ji Sung, que desculpinha... kkkkkkkkkk

Então temos um segredo? Não estava por isso...

Não foi dessa vez que tivemos um quebra pau mas, se continuarem assim o negócio vai feder para o lado do Jamein e do Jeno... kkkkkkkkkkkkk

Até prevê...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...