História Nanatsu no Taizai: Black Magic - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Gustav, Hauser, Hawk, Jericho, King, King Liones, Margaret, Meliodas, Merlin, Oslo, Personagens Originais, Veronica
Tags Elizabeth, Meliodas, Nanatsu No Taizai, The Seven Deadly Sins
Visualizações 95
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Genteeee
Primeiro de tudo! Muito obrigada pelos favoritos! E a fanfic mal começou! Muitooo obrigada mesmo ^^
E também agradeço aos comentários,sério! Valeu mesmo <3
Se bobear,como agradecimento posto o cap 4 ainda hoje♥

Bom,o cap de hoje ficou curto mas fiz com carinho^^
Boa leitura!♥√

Edit: 14 FAVORITOS MDSSsSS

Capítulo 3 - "Nada"


Fanfic / Fanfiction Nanatsu no Taizai: Black Magic - Capítulo 3 - "Nada"

Eu...Só eu toco no Sir Meliodas assim,só eu o abraço daquele jeito...

Chega,Elizabeth,para de chorar! Enxuguei as minhas lágrimas e respirei fundo o ar da noite.

— Esqueça,Elizabeth,por qual motivo ele se apaixonaria por mim,a princesa que precisa ser protegida...?

— Meliodas.

— Oh? Sim Hawk? — O loiro jogou seu braços atrás da cabeça e foi ouvindo o que o porco iria perguntar.

— O que é que você gosta na Elizabeth-chi?

— H-Hawk! — Corei imediatamente com a pergunta,parando de varrer.

— Hm? Me deixe ver...Eu gosto dos peitos dela. — Se aproximou e apalpou meus seios.

— Aaaahhh! — Gritei,eu estava completamente vermelha.

— Eu gosto da bunda dela. — Desceu as mãos para o meu quadril.

— S-Sir Meliodas! Para!

— Hum...ah! E eu gosto das coxas dela! — Foi a vez das coxas. — E eu gosto quando ela fica vermelha quando eu faço isso!

— Mas enfim...A parte que eu mais gosto da Elizabeth é...— Fez uma pausa. — A sua honestidade!

Tarado,pervertido,sem dignidade,sem verg— Meliodas de imediato deu um "cascudo" em Hawk. — Buaaaaaa! Nem minha mãe me bateeeee!

Imediatamente voltei a varrer o chão,envergonhada demais para continuar o assunto.

Abri os meus olhos e fiquei vermelha de imediato,não por lembrar daquilo,e sim por que...

Eu estava deitada na cama do Sir Meliodas e ele estava...Apalpando um de meus seios!

— Huh? Acordou! Que bom! — Encostou nossos narizes,por um segundo meu coração se acelerou,ele ainda estava com a mão no meu seio,será que ele sentiu a aceleração repentina?

— A-Ah,Sir Meliodas, o que eu estou fazendo aqui? Eu estava lá fora a-agora a pouco. — Gaguejei,ele ainda estava muito perto de meu rosto. Ele abriu lentamente os olhos e eu senti que eu ia virar um pimentão!

— Você não estava dentro da taverna,então eu fui te procurar e te achei lá fora dormindo na grama,com o rosto inchado de tanto chorar... — Ele se afastou. — Por que você estava chorando? Algum cliente te tratou mal?

—....Nada. — Sorri. — Não é nada,não se preocupe,eu só.... — Pensa rápido! "Eu só..." o que?! Eu só lembrei que panqueca salgada é ruim? Não! Ah,já sei! — É que eu lembrei da minha...Falecida mãe, nada de interessante...

— ..Entendo. — Sorriu triste,será que ele acreditou? — Enfim...Sabia que já tivemos um vencedor da promoção?

— Sério?

— Sim! E pelo incrível que pareça,era uma garota! — Espera... — Nada contra mulheres que bebem mas é que,ela parecia ter a sua idade Elizabeth!

— Espera Sir Meliodas, a vencedora é aquela a qual você deu um embrulho? — Fui diretamente ao ponto,ele me olhou confuso, envergonhada tentei disfarçar. — E-É que...Eu vi você entregando o prêmio pra ela.

— Ah,sim. — Sorriu. — Mudando de assunto,Elizabeth,já está ficando tarde,é melhor você ir pra casa. Eu te levo,vamoooos!

— Ah...Certo. — Sorri. Descemos as escadas e,como sempre,os pecados bebiam animados.

— Ban,posso provar? — Elaine perguntou apontando para a cerveja de Ban.

— Hahahaha,se a anos atrás você não gostou, o que a fará gostar agora? Mas beleza,bebe.

Elaine bebeu e logo fez uma cara de nojo colocando a língua pra fora.

— É doce...Mas é amargo.

Depois daquele comentário Ban deu altas gargalhadas.



Não demorou muito para eu e Meliodas chegarmos no castelo.

— Você fez algo com ela,Meliodas?! — Perguntou meu pai bravo. Huh,ele só fica de implicância com o Sir Meliodas.

— Talvez—

— Como assim Talvez?!?! Talvez não existe!!! É sim ou não!!

Após o Sir Meliodas responder as perguntas de meu pai,ele saiu do castelo. Ambos acenamos um para o outro e logo eu entro.

Ele só estava lhe entregando o prêmio do concurso pensei ao lembrar a cena que ele dar um prêmio para a garota. Apertei mais forte o meu travesseiro, eu não aguento mais,eu o amo Sir Meliodas! Eu não.. Quero mais prender isso á sete chaves!

Eu fui logo a fazer alguns planos em minha mente para tentar conquistar o loiro mas nada dava certo! Eu não aguento mais! Eu o amo tanto que..Chega a doer,chega a dar vontade de chorar,chega a...Me fazer sentir ciúmes! Por algum motivo,me lembrei da senhorita Merlin e me lembro do Sir Meliodas de novo.

Até que do nada,eu tive uma ideia brilhante mas...Idiota ao mesmo tempo. 


Notas Finais


Desculpe terminar assim^^
~~Qualquer erro me avisem~~
Obrigada por ler<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...