História Nanjin: Casamento Arranjado? - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Nanjinisreal, Somostroxas
Visualizações 46
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capitulo 7


Pov. Jin

Depois de ficar 4 DIAS no cio, Nam acabou me arrombando mesmo, eu não sinto minhas pernas e não consigo andar

Ele pediu desculpa por isso e foi fofo ver ele daquela forma envergonhado. Mais enfim ele teve que tirar licença no trabalho so para cuidar de mim 

Eu disse que não precisava mais ele temou e eu acabei cedendo. 

          Alguns dias depois....

Eu estava sentado no sofá no sofá com Nam vendo algum progama de TV que estava passando. A campanhia e tocada e esse som ecoa por toda a casa

-Eu vou ver quem é - me levanto e vou caminhando até a porta abrindo a mesma, logo dando de cara com uma garota que tinha os peitos quase saltando da roupa e uns shots bem curtos, ela usava um salto enorme - quem é você? 

-Olá, meu nome é Yeri... e você quem é? Talvez um pedaço de mal caminho? - ela morde o labio inferior me olhando de cima a baixo, eu apenas reviro os olhos - bom eu vim ver o Nam, ele esta? - antes de eu respoder a garota entrou em casa me empurrando 

-Yeri? Oque faz aqui? - eu entro vejo ele se levantando e dando um abraço na mesma que morde o labio ao ver ele 

Vagabunda 

-Nam quanto tempo! Olha como vc mudou! E quem e aquela delicia ali? - ela ponta para mim e eu reviro os olhos dando um suspiro pesado

-Yeri... esse e Jin, meu marido - o comentario parece ter deixado a garota de boca aberta formando um O perfeito 

-S-s-seu marido? Nam vc se casou? - a garota olha para mim com me encara novamente, aparentemente uma omega como ela não e tão piranha assim

-Sim e esta muito bem casado! - eu afasto os dois que ainda estavam abraçados empurrando a garota para fora- E não volte nunca mais, ah e mais uma coisa: NUNCA MAIS ME OLHE DAQUELE JEITO VIU SUA PIRANHA! -  e fechei a porta na cara dela 

-Oque foi aquilo? Ataque de ciumes? - ele riu de leve e eu dei um tapa de leve no seu braço - ei! Não se preocupe Jin... eu so tenho olhos pro seu corpo - ele me puxa e faz meu corpo se chocar com o seu- e so sua bundinha me satifaz - ele aperta minha bunda me fazendo arfar 

-Não vamos transar, ja dei a bunda o suficiente para pelo menos 1 MÊS  viu senhor Kim Namjoon? 

-1 mês sem te tocar? Eu acho que não consigo....

-Consegue sim! Ate meu cio chegar nada de sexo ouviu? 

-E quando seu cio chega? - ele coloca os braços na bancada

-Hum.... daqui a 1 mês mais ou menos.... bom oque você quer jantar? - eu digo me virando para o fogão 

-Eu gostaria de comer... você! - ele diz me abrançando por trás - que tal? 

-Não! Agora vai tomar banho eu vou fazer a janta okay? 

Pov. Namjoon 

Eu estava no trabalho como sempre resolvendo a papelada do escritorio

*batidas na porta* 

-com linçenca senhor...- a omega entra e faz uma reverencia, Jisso era minha secretaria, uma omega doce e carinhosa tinha a voz mais linda que eu ja vi e tambem era muito linda - aqui, troce seu café, como vc pediu. Ah mais uma coisa, um omega havia ligado desesperado chamando por você, pela sua voz acho que tinha entrado no cio. Isso foi a 2 minutos atras

-AI MEU DEUS! JIN! EU PRECISO IR PARA CASA! AVISA MEU PAI QUE TIVE QUE SAIR! - eu sai em disparada para casa.

Pov. Jin (antes dele entrar no cio) 

Eu estava em casa em casa, tinha acabado de voltar do supermecado com Jimin, que me deixou em casa e seguiu para casa do seu namorado 

Eu jogo as compras sobre a bancada da cozinha, logo vou para sala e sinto meu corpo esquentar, uma tontura e meu corpo amolecer.

Meu cio havia chegado...

Eu corri para o telefone e liguei para Namjoon, uma omega com a voz doce me atendeu 

-Olá! Em que posso ajudar? - diz a omega com a voz suave 

-Eu sou Jin, o marido de Namjoon... ahmm... pede para ele vir para casa por favor? Meu cio chegou mais cedo... obrigada 

-Claro estou indo ate sua sala! Denada Jin!

                    {Narradora}    

Namjoon chega em casa aos prantos vendo o marido se controcer de dor, logo chamando seu nome 

-Ahmmamm... Namjoon.... me fode logo.... por favor... esta doendo...

-Merda! - Namjoon tira suas roupas logo as de Jin vendo sua entrada completamente lubrificada e seu cheiro doce... tão doce.... Nam lambre os labios e coloca a lingua na entrada de Jin, fazendo ele gemer alto, Nam penetra sua lingua e faz movimentos de vai e vem 

Jin gemia em resposta, logo pedindo para Nam foder ele ate não aguentar mais 

Namjoon penetra lentamente seu penis na entrada de Jin, sua lubricação fazia o penis dele deslizar, fazendo movimentos de vai e vem, agora estavam mais rapidos, e Jin rebolava sobre o membro do marido, sentindo o calor de seu corpo queimar. Nam beija Jin, um beijo calmo e tranquilo como o se no mundo existem somente eles, nada mais do que eles. Um sentimento estranho aflorou em Nam e Jin, como se precisasem do outro para sobreviver, como eles fossem uma pessoa só e eles estavam que pregarados então Nam leva suas presas a pele branquinha do pescoço de Jin, mordendo ali e retirando suas presas, marcando Jin para sempre

Agora eles estavam unidos

Mais que nunca 

                 No outro dia.....

Jin acorda em sua cama quentinha, levantando e indo ate o banheiro fazer suas nessecidades matinais. Jin se ve no espelho e ve que sua pele estava marcada, que Nam havia o marcado no seu cio

Jin olha e se desespera, agora sentiria oque Nam sentir, aquilo era estranho para o omega, e que agora Jin pertence somente a Namjoon 

Aquilo foi assustador 

Jin não "sentia" nada pelo alfa, apenas o achava uma boa pessoa e que merecia ter sua vida com alguem que o ama de verdade 

Mal sabia Jin que o amava mais que propria vida e vai ter que provar isso



Notas Finais


Oin :)
Tchau :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...