História Não a culpem - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aqui está um dos episódios de brinde que comentei ^^

Capítulo 3 - Casa de aluguel - Parte 1


Otilia

 

Não mentirei em dizer que tive momentos felizes com a minha família naquela casa, pena que mudou quando a minha tia (irmã do meu pai) se mudou para lá, depois que terminou com o marido... você deve estar se perguntando do “porque” ou “qual seria o motivo” ou até mesmo “o que será que aconteceu?”

 

 

 

Bom para começar foi ruim sim para mim... a ponto de querer me suicidar duas vezes, mas deixaremos isso para depois, afinal quem mais sofreu quando a minha tia estava lá, foi a minha mãe...

 

Para ser bem direta como, me lembro que a minha irmã caçula estava dormindo no quarto dos meus pais, e, eu e minha irmã mais velha estávamos brincando no nosso quarto, e é claro deixamos a porta do quarto aberta... e, de repente ouvimos a nossa mãe gritar de dor, e, vimos o nosso pai carregando ela em seus braços e percebi reparei que minha mãe estava com a mão na perna dela, e por isso perguntei:

- Pai o que aconteceu com a perna da mãe? – perguntava preocupada.

- Nada, ela apenas caiu da cama e quebrou a perna, vou leva-la para o hospital – disse o meu pai levando-a.

Na época eu era apenas uma criança, e acreditei no que o meu pai disse, e, nunca pensei que o meu pai tinha batido na minha mãe enquanto dormia, mas quando eu cresci ela me contou que ele a bateu, se a minha mãe tivesse a doença Osteogênese imperfeita (osso de vidro), e não tivesse acontecendo o que me aconteceu, eu acho que não iria acreditar nela...
 
 
 
 
Lembra que eu lhe disse que tudo mudou quando a minha tia se mudou para lá?
 
Então, a minha tia pagava alguns homens que para ela, estavam precisando muito de dinheiro, para ir até o portão da casa que morávamos chamar o nome do meu pai, e espera que um homem atendesse...
 
 
 
 
Sabe para que?
 
 
 
 
Se o meu pai atendesse, era para ele dizer “Sou amante da Maria, e só você que é o marido corno e manso que não sabia”
 
 
 
Quando eu era muito ingênua, me perguntava o por que dela fazer isso, e, com o que ela ganhava com isso. Mas, parando para pensar bem, ela apenas fazia isso porque não gostava da minha mãe, ou pior, ela fazia isso porque tinha inveja da felicidade da minha mãe...
 
 
 
Você deve estar se perguntando como descobri que a minha tia pagava homens para ir até o portão da casa de aluguel que morávamos, bom para começar não fui eu que descobri, mas, a minha mãe e você descobrira como mais para frente...


Notas Finais


O outro capitulo de brinde já já será adicionado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...