História Não acredito que te amor - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Casos De Familia, Hentai, Romance, Treta De Irmãs
Visualizações 6
Palavras 599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ola amores mais um capítulo pra voces

Capítulo 2 - Sozinha com o "empresário"


Fanfic / Fanfiction Não acredito que te amor - Capítulo 2 - Sozinha com o "empresário"

eu tinha terminado de faze as contas e estava irndo entrega ao papai

que esta na sala rido feito um borco como seu amigo ,papai ria tao alto que eu escutava do meu quarto

Yume-gome ne(desculpe me), pai

eles me olhara aida rindo

Yume-terminei 

Zen-ja ? meu contato leva horas pra faze as contas totais e voce terminou em 15 minutos 

Pai-Yume e uma garota muito inteligente ,um genio natural 

falou ele pegando na minha cabeça como em um cachorro 

eu olhei pro lado com meu rosto sem expreção de sempre ,tirei a mão dele 

Yume-eu vou pro meu quarto 

Zen-não ,oque e isso fique com nosco 

Yume-nao eu previro fica no meu quarto 

Pai-Yume onegai(porfavo),fique com ele so em quando vou busca Nina

Yume(respira fundo ) 

Yume-ta 

Pai-otimo eu vou lar e ja volto

falou ele saido de casa 

eu me sentei na ponta mais afastada dele que mexia no celular,mas eu podia senti que ele me obsevava

Zen-entao Yume...

falou ele abaixado o celular  e me olhado com um tipo de sorriso malicioso

eu olhei pra ele com um rosto sem expreçao

Zen-quantos anos tem?

Yume-16

falei curta e grassa 

com.o rosto virado e apoiado na minha mao

Zen-desculpe fala mas nao te achei muito parecida com seu pai

Yume -sou adontada 

ele ficou calado um tempo 

Zen-e tei namorado ?

me virei pra respode e levei um susto au ver o mesmo ja do meu lado me olhado e lambedo os labios

Yume-que porra ...

ele me beijou sem mais nem menos 

eu o empurei e tem um tampa em seu rosto

Yume-QUEM VOCE ACHA QUE E PRA FAZE ISSO 

Zen-desculpe eu nao sabia que era seu primeiro beijo 

falou com um leve sorriso

eu fiquei corada como um tomate

Yume-VAI TOMA NO CU 

falei indor com raiva pro meu quarto ,eu entrei  fechei a porta e me joquei na cama com o rosto no travesseiro

Zen-ei baby desculpa eu tava brincado sobre o beijo

falou ele batedo na porta

Yume-.....

Zen-baby desculpa nao sabia que voce era arisca,ei vamos lar baby ei so tava verdo se era de qualidade 

Yume-BABY O CARALHO VAI EMBORA

zen-........ok baby ,qualque coisa eu estou aqui 

Yume(nao acretido que ele haaaaaa que idiota eu odeio ele ,ele estrupou a minha boca)

fiquei com o rosto no travesseiro por um tempo e tepois começei a  sendi fome  me lembrei que nao almoçei e que ja eram 06:30 ta tarde 

Yume-nao eu nao vou 

mais meu estomago começou a doer 

eu tenho um problema se fica muito tempo sem come ele doer como se eu estivese com colica

me lenvatei e fui a cozinha que ficava do lado da sala ou seja eu vou te que passa por ele 

eu começei a anda rapido ja que ele estava no celular 

Yume-se eu ir rapido talvez ele nao me note 

passei por ele que continuava no celular

fui ate a geladeira e pequei uma maça

Zen-esta quase na hora do janta voce nao teveria come

Yume-me deixe em paz

falei indo pro meu quarto com o rosto corado 

Ele me puxou pelo braço 

Zen-Yume desculpe acho que começei mau com voce,vamos recomeça

falou 

puxei meu braço 

Yume-nao existem rencomeços a vida nao e um jogo

e morti minha maça 

Yume-mas como era irpotade pro meu "Pai",vou tenta

ele teu um sorriso 

Yume -nas sem crasinhas ou vou fala pro meu pai ,que voce e um pedofilo,estrupado de bocas ,tarado,pervedido da porra

ele começou a rir 

Zen-estrupado de bocas ha ha ha 

eu corei e virei o rosto e morti minha maça 

nos voltamos e nos sentamos mas nesse momento meu pai chegou com a mamae e a Nina que quanto viu ele ficou corada e timida 

Mae-ola 

dize ela 

Nina-o..o..ola 

falou ela corada 

porque diabos ela esta assim?





Notas Finais


ola meus amores eu sei que ta meio devagar mais vai acelera aparti do próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...