1. Spirit Fanfics >
  2. Não aos abusos! >
  3. Bullying e Tortura

História Não aos abusos! - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Bullying e Tortura


Bullying e Tortura


"Ensino médio era uma verdadeira merda, não só pelas aulas que eram bem mais exaustivas do que as do ensino básico, mas sim pelos comentários que se ouviam nos corredores do colégio por onde quer que eu passasse.

Eu era uma rapariga como qualquer outra, ou era isso que eu achava. Não era diferente de ninguém, era uma miúda normal com 1,65 de altura e não pesava mais de 49 kg, tinha a pele nem muito clara nem muito escura e os meus cabelos eram negros assim como os meus olhos, mas não era isso que as fazia insultar-me ou lançar-me papeis nas aulas, era o facto de eu ser tratada como a "nerd" da turma, não alinhava nas saídas da minha turma, sempre ficava em casa a estudar e não tinha muitos amigos.

Eu realmente não me importava muito com os papeis e isso, mas os insultos e burburinhos que andavam no ar quando passava isso era um bocadinho irritante, mas era algo com que eu já lidava, afinal aquilo era Nova Iorque.

Claro que eu a maioria das vezes fazia o que os outros "nerds" fazia, metia-me na biblioteca da escola e ficava lá a estudar até à aula seguinte.

Como qualquer outra rapariga da minha idade, eu tinha um crush num rapaz mais velho, Oliver Jones, mas ao contrário dos filmes, ele não era o capitão de nenhuma equipa de futebol, voleibol ou basketball, digamos que era ele quem mandava no clube do livro da escola.

Ele era o meu tipo de homem ideal, desenvolvido intelectualmente e bonito, claro que ele era relativamente popular e tinha namorada.

Eu passei grande parte do primeiro e segundo ano apenas a olhar para ele, no terceiro e último ano do ensino médio participei activamente no clube do livro, e Oliver tinha acabado com a namorada, nunca cheguei a saber bem o porquê, dizem que ela o traiu, mas nunca passaram de rumores.

Com o tempo comecei a aproximar-me do Oliver, e ele era realmente o meu príncipe.

Em junho, realmente não esperava que isso tivesse acontecido, mas a ex de Oliver, veio ter comigo e mandou-me afastar dele, eu falei que não, não me ia afastar de alguém que eu gostava e que parecia gostar de mim só porque alguém como ela pensa que pode mandar em mim. Quando lhe disse isso, virei costas e ela simplesmente pegou numa pedra e atirou-ma para a cabeça, pode ter-me passado de raspão, mas que doeu, doeu, e eu virei-me para ela, e ela puxou me os cabelos e atirou me para o chão, então começou a chutar a minha barriga e a chamar-me nomes. Os alunos começaram a fazer uma roda à nossa volta, nenhum me tentou ajudar. Com tantos pontapés, apaguei.

Acordei quase 2 meses depois de um coma quase profundo, então sim Sr Juíz, fui vítima de Bullying e fui espancada na minha escola, sem que qualquer aluno tenha feito algo. "

Estava finalmente justiça a ser feita.

Depois dos quase 2 meses em que estive desacordada, a polícia veio falar comigo, assim como o diretor da minha escola, psicólogos e a assistente social, de início não queria falar nada do que passou, mas todos me fizeram ver que eu o devia fazer.

E assim o fiz, aquela que me espancou ficou presa, e os alunos que lá estavam e nada fizeram, a maiorida foi identificada e penalizada.

Eu sentia-me liberta, tinha tirado um peso das costas e sentia-me livre.

Sabia que, a partir de agora as coisas mudavam, talvez ainda andasse com medo na rua quando estava sozinha, mas a ajuda intensa que os meus pais e psicólogos me deram ajudou.

Por isso digo a todos, se forem vítimas de algum tipo de violência falem, denunciem, é a melhor coisa que podem fazer. A Violência é crime



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...