História Não durmo sem ele... - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Kookmin
Visualizações 33
Palavras 1.095
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!!!
Demorei????
Boa leitura!!

Capítulo 2 - Capítulo dois!!


Fanfic / Fanfiction Não durmo sem ele... - Capítulo 2 - Capítulo dois!!


Estou de greve...

Não a nada mais que me faça olhar pela aquela janela. Estou a quatro dias sem ir para janela, sem olhar para ele, sem tentar de alguma forma vê-lo. Pode até parecer engraçado o fato de eu comemorar por ser apenas quatro dias, mas esse é meu tempo recorde, eu nunca consegui ficar se quer mais que um dia sem procura-lo. A questão é o que me fez entrar em greve?

Bem, estava eu a observando como faço praticamente toda noite e como toda noite ele estava a espera do seu marido. Já tinha quase duas horas de espera, ele não ia dormi esperando por ele, e eu não conseguia ir dormi e deixa-lo ali. Era como se eu fosse sua única companhia para solidão mesmo que ele não percebesse minha presença logo em sua frente.

Pois bem, nas noites anteriores ele ou desistia de espera-lo e ia dormir ou ele chegava o ignorava e seguia direto para cama, isso quando ele aparecia. Mas naquela noite - Ou quase madrugada - foi diferente, ele apareceu e não o ignorou, não foi direto para cama ou para o banheiro, ele foi até a janela e o agarrou. Aquilo me pegou de surpresa e meu coração disparou, eu xinguei tantos palavrões enquanto o via passar a mão pelo corpo dele que eu jamais imaginei que conhecia tantos nomes feios. Cada ação deles era torturante para mim mas o idiota iludido aqui simplesmente não conseguia sair do lugar. Vi claramente o momento em que ele o pegou no colo e o levou para a cama e graças a Deus eu consegui reagir e fechei a janela. Nessa hora eu amaldiçoei o desgraçado que fez aqueles prédios tão próximos pois eu podia ouvir claramente os gemidos deles e até o barulho da cama, e minha maldita mente fértil só piorou tudo me fazendo não só imaginar a cena de amor do casal, como também tive pesadelo a noite toda assistindo os dois de camarote. Então desde aquele dia eu não olho por aquela janela.

Cheguei da faculdade tomei um banho demorado e quase, eu disse quase fui para a janela. Deitei na cama e felizmente cai no sono, acordei com o barulho de minha campainha e resolvi levantar para ver quem era a visita inesperada.

- SURPRESA!!!!!!

- O que?? Hoseok o que vocês...

- Esqueceu que é seu aniversario idiota??

- Meu o que?? - Caramba esqueci mesmo.

-Mas não se preocupe vamos fazer você aproveitar bem esse niver - Falou Tae adentrando meu apartamento com algumas bebidas em mãos.

Pelo que me explicaram eles me viram meio abatido e tiveram a ideia de fazer uma festa surpresa eu apenas tinha que ir me arrumar e esperar o restante do pessoal chegar para começar a farra.

- Você não gostou?? - Hoseok entra no quarto onde eu já procurava uma roupa mais apresentável.

- Gostei, apenas fiquei surpreso. Obrigado Hobi - Vi que ele ficou mais aliviado.

- Caramba, percebi agora que essa é a primeira vez que entro no seu quarto - Ele vai em direção a janela e abre - Tem uma vista bonita pelo menos?

- A melhor - respondo para mim mesmo.

- Nossa que merda de vista, frente a frente a um prédio feio, que azar meu amigo - Ele ri e sai do quarto.

Comecei a me arrumar com a missão quase impossível de não ir para aquela maldita janela. E eu até estava indo bem, se meu sapato não estivesse logo em baixo dela, pode parecer coisa de criança mas fechei o olho e comecei a ir até meu sapato mas no meio do caminho desisti e parei em frente a janela.

Acabou a greve...

Adeus meu recorde de quatro dias.

Ele estava lá e como todas as outras noites lindo e esperando o babaca do marido. Fiquei o observando e como que por impulso tentei chamar sua atenção.

Era frustrante. Fiz todo tipo de som para chamar atenção, ri, bocejei, bati na janela até fingi chorar mas não resolveu em nada, ele não me notou.

- Boa noite!! - E nada...Se eu pular ele vai me notar?? - Boa noite!! - Falei mais alto.

- O que?? Falou comigo?? - Ele respondeu.

- Estava sim, está uma noite linda né? - Falei com o coração quase saindo pela boca.

- Está sim, muito linda - Ele olhava o céu e tinha um pequeno sorriso nos lábios - Não sabia que já tinham alugado essa apartamento, se mudou hoje?

Trágico!!

- Não, moro a mais de seis meses - Acho que vou pular.

- Oh nunca tinha notado, você deve passar muito tempo fora de casa né?

- Sim, é isso.

- JUNGKOOK,VAMOS ESTÁ NA HORA!!!

Me assusto com o grito de Hoseok e ele sorri.

- Caramba seu amigo precisa de você.

- Esse louco escandaloso - Acabamos rindo juntos - Ah hoje é meu aniversario e eles resolveram fazer uma festa surpresa, você não quer vir?

- Não posso, estou esperando meu marido para jantar, vamos naquele restaurante que inaugurou.

- Ah, tudo bem - E só agora reparei em suas roupas, estava realmente lindo com aquela roupa social.

- Quem sabe em uma outra ocasião podemos sair - Afirmei e ele sorrio - Agora se me der licença eu vou ligar para meu marido, ele está atrasado.

- Ok, tenha um ótimo jantar.

- Obrigado - Ele me deu as costas quando o ouço chamar meu nome - É Jungkook né?

- Sim - Falei surpreso

- Feliz aniversario!!

Fiquei feito bobo o olhando, até ele sair da minha vista.

Obrigado Hobi, fico te devendo essa.

[...]

A festa foi ótima, de fato eu estava precisando daquilo. Tinha mais gente do que eu esperava e foi divertido ver alguns colegas que não via a tempo, quando deu umas duas da manhã as ultimas pessoas saíram e Hope e alguns amigos falaram que me ajudariam arrumar tudo mais tarde e assim eles voltaram para casa.

Tirei minha roupa e tomei um banho para me livrar do cheiro de bebida. Depois ajeitei minha cama e fui fechar a janela mas a cena que vi acabou com minha noite, ele ainda estava lá com a mesma roupa, ainda o esperando.

Seu rosto sereno pelo sono a espera de alguém que não apareceu. Assim eu encerrei minha noite, velando seu sono enquanto desejava está ao seu lado e mais que que isso, desejei ser mais que apenas um vizinho.

Eu poderia faze-lo mais feliz do que ele nunca fez.




Notas Finais


O que estão achando da nova fic???
Quero saber.
Bjs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...