História Não é um sonho. - Capítulo 45


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Kanon de Gêmeos, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Personagens Originais, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaina de Cobra, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shiryu de Dragão (Shiryu de Libra), Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Tags Aiolia De Leão, Cavaleiros Do Zodiaco Cdz
Visualizações 24
Palavras 631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aqui com um capítulo novo.
Esse capítulo vão ter duas participações especiais.
Maria Uchila sei que vai adorar.
Boa leitura!!

Capítulo 45 - Quando o sonho vira realidade.


O animal disparou pelos corredores e logo encontrou a saída indo de encontro a quem procurava. Radamanthys não demonstrou muita surpresa ao ver quem acompanhava a jovem libriana.

– Vejo que conseguiram cumprir a missão. – Persefone comentou surpresa. – Acho que Athena tem mais sorte mesmo.

– E ai amigão. – Ana disse acariciando o animal e assumindo a forma de Selene.

– Como você está? – Aiolia perguntou.

– É apenas um terço dos meus poderes. – Ela falou. – A armadura de Libra retornou ao Santuário.

– Nós vamos enfraquecê-lo para te ajudar. – Mu comentou. – Se algo der errado vocês irão embora com Persefone.

– Vai dar certo. – A libriana sorriu.

O templo de Aries era enorme e pouco iluminado. Possuía paredes cobertas de limo. Um cheiro de sangue predominava no ar, o lugar lembrava perfeitamente uma cena de filme de terror.

Sentado em seu trono, Aries olhava curioso seus visitantes. Então os cavaleiros haviam conseguido passar pelo labirinto. Isso não importava. Eles não conseguiriam detê-lo.

– Nos entregue a garota. – Aiolia disse.

– Por que eu deveria obedecer um cavaleiro? – O deus da guerra perguntou e o leonino irritou-se.

– Ora seu... – O loiro já ia responder quando foi impedido.

– Liberte Amanda. – Ana pediu.

– Acha mesmo que pode me derrotar Selene? – Ele riu. – Você teve sorte com Zeus, mas sua sorte acabou. – Falou levantando a espada.

– Muralha de Cristal. – O ariano a defendeu.

– Precisamos atacá-lo agora. – Kanon disse. – Desculpe Saga, Explosão Galáctica.

– Ondas do Inferno. – Deathmask gritou.

– Rosa diabólica. – Afrodite atacou.

– Execução Aurora. – Camus atacou também.

– Grande chifre. – Aldebaram atacou

– Agulha escarlate. – Milo gritou.

– Relâmpago de Plasma. – Aiolia atacou.

Os golpes dos dourados fundiram-se e um grande clarão iluminou aquele templo. Uma grande nuvem de poeira formou-se e a figura de Aries apareceu.

– Acham mesmo que podem me ferir. – Ele disse atacando-os.

– Voo da Garuda. – Aicos atacou.

– É serio? – Aries perguntou segurando o golpe.

Selene enviou uma rajada cósmica na direção de Aries e atingindo-o. Não foi como ela planejou, apesar de tê-lo acertado. Ela começava a entender que não seria capaz de sela-lo.

– É o melhor que consegue fazer? – O deus da guerra perguntou.

Ele caminhou em direção a ela, porém sentiu o golpe de Radamanthys acerta-lo. Poderia não simpatizar com o juiz, mas sabia reconhecer o seu valor. Aries devolveu o golpe arremessando o inglês para longe.

– Não sei como meu pai deixou a terra assim. – Ele comentou. – Vamos acabar com as brincadeiras.

– Kahn – O virginiano gritou protegendo as meninas.

– Excalibur. – Shura gritou.

– Ave Fênix. – Ikki atacou.

– Trovão atômico. – Aiolos ajudou.

Mais uma vez o golpe o atingiu em cheio, porém assim como o primeiro não fez efeito. Os cavaleiros se reagruparam colocando uma barreira entre eles e as meninas.

– Persefone você precisa trazer Hades aqui. – Ana pediu.

– Ele não virá. – A mais velha respondeu.

– Se não fizermos nada eles vão morrer. – Juliana comentou.

– Eu não sou forte para sela-lo e nem com a armadura seria útil. – A libriana disse.

– Precisamos de Athena. – Luciana afirmou.

– Persefone pode ir buscá-la no Olimpo. – Bruna falou.

– Acham mesmo que eles vão aguentar em pé? – A imperatriz as indagou.

– Eles são os guerreiros mais fortes que já passaram pela terra. – Rossane falou. – Precisamos acreditar neles.

– Guerreiros. – A libriana balbuciou. – Persefone, por favor traga Athena aqui. Eu sei como segurar Aries.

– O que vai fazer? – Ellen perguntou.

– Vou trazer duas guerreiras para ajudar. – A morena contou.

...

Do outro lado da barreira os rapazes lutavam com tudo o que tinham. Não estava sendo fácil a batalha. Pela primeira vez lutavam lado a lado com os Juízes do inferno. Sentiram dois cosmos desconhecidos aparecerem no salão e surpreenderam-se com as duas garotas que apareceram.

– Cólera dos cem Dragões. – Uma gritou.

– Golpe das doze casas. – A outra atacou.

– Mas quem são essas? – Ikki perguntou.

– Sou Aila a amazona de Dragão. – Uma delas respondeu.

– Sou Angel de Libra.


Notas Finais


Obrigada por lerem e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...