1. Spirit Fanfics >
  2. Não é você quem decide isso >
  3. Me Batize

História Não é você quem decide isso - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Me Batize


Fanfic / Fanfiction Não é você quem decide isso - Capítulo 1 - Me Batize

JiMin possuía um coração muito puro. Seguia à risca o que se pregava na bíblia, tudo o que seu Deus e Cristo pregavam. YoonGi o chamava de Menino de Ouro ou Menino Branco, por sua pureza. Mesmo que JiMin fosse o mais devoto à seu Deus, alguns cristãos o corrigiam lhe dizendo que não deveria se meter com pessoas como YoonGi, e tudo que JiMin fazia era sorrir, com seus olhinhos fechados, e dizer: "Eu amo o próximo como a mim mesmo". E YoonGi não entendia como JiMin era capaz disso. Como ele poderia simpatizar com pessoas que já haviam feito tantas coisas, e até mesmo matado? Não conseguia entender. 

Mas YoonGi sabia que ele era humano. E entendia a dor humana. Um dia viu JiMin ir em um mercado, e o mesmo saiu com muitas compras, comidas saudáveis. Após algumas horas o viu novamente na praça daquela pequena cidade onde viviam, JiMin entregava comida para àqueles que estavam em situação de rua. Sabia que o garoto não ganhava muito, mas mesmo assim fazia aquelas coisas. Sempre que estava perto do mais novo sentia seu coração se aquecer. O mesmo não lhe perguntava sobre como era vender o corpo para ter um sustento e poder frequentar a faculdade, e o agradecia por isso.

Não é como se YoonGi se orgulhasse de vender seu pequeno corpo para homens e mulheres para ter o que comer, onde dormir e ir à faculdade, mas nenhum lugar o aceitava para trabalhar por conta de suas tatuagens e por ser um órfão. Era isso, YoonGi estava ali por ele e somente ele. Apenas se preocupava consigo e JiMin, pois o mesmo era o único que ainda o tratava como um ser humano. E houve um dia, um dia de chuva, que YoonGi se perdeu. Estava voltando para casa, era tarde da noite e chovia. Quando estava perto de um beco que havia perto de sua casa ouviu um barulho de tiro e um cara saiu correndo do beco. Sentiu medo, de início, mas depois entrou no beco para ver o que havia ocorrido, mesmo com suas mãos tremendo.

Deixou seu guarda-chuva cair ao ver JiMin no chão com a mão em sua barriga. Agachou-se perto do loiro. Estava desesperado. Olhou nos olhos do garoto, cujos estavam rumo. Suas mãos tremiam de medo de perder JiMin.

ㅡ Minnie, sou eu, YoonGi. ㅡ sua voz estava chorosa. Sorriu mínimo quando o mesmo virou a cabeça para a direção de sua voz.

ㅡ Ginnie... ㅡ sua voz estava fraca demais. ㅡ Eu que...ria falar... ㅡ sorriu, deixando algumas lágrimas descer. ㅡ com vo...cê...ㅡ estendeu uma mão em direção ao rosto de YoonGi. YoonGi pegou sua mão e a pousou em sua bochecha. ㅡ Eu... amo você Min... YoonGi... ㅡ seus olhos foram se fechando aos poucos, com um sorriso no rosto, a respiração estava fraca e a chuva não colaborava.

YoonGi ainda tentou socorrer o loiro, mesmo que ainda estivesse em choque pelo o que ele havia lhe dito. Quando o socorro chegou JiMin já havia morrido. O loiro possuía imunidade baixa, e o tiro que levou somado à chuva lhe dava um passe livre para morrer antes de YoonGi. Quando chegou em casa, ensopado pela chuva e abalado pela morte de JiMin, tudo o que conseguiu fazer foi tomar um banho e dormir com lágrimas nos olhos. Mesmo com o pesar no coração, continuou com seu trabalho e a faculdade. Recebia olhares tortos das pessoas da igreja, mas não ligava, afinal, sua dor era maior que a deles.

Foi em uma sexta-feira santa, em dia de batismo, que YoonGi entrou na igreja. Seus cabelos estavam pretos -antes estava tingido de azul-, suas roupas eram pretas, suas tatuagens do ante-braço estavam expostas, seus olhos estavam marcados com lápis de olho e delineador. Seu olhar sério para o padre na sua vez o fez sentir um pouco de medo. Estava decidido a se batizar. Não que fosse seguir à risca o que pregavam, ou que iria comparecer todos os dias na igreja.

ㅡ Quero que me batize. ㅡ seu tom sério apenas deixou todos quietos. ㅡ Quando eu morrer eu quero ir para o mesmo que meu amigo. ㅡ viu o padre dar um sorriso sarcástico e sentiu raiva.

ㅡ Você não irá para o céu. ㅡ disse olhando para as tatuagens no ante-braço de YoonGi e depois em seu rosto, ao qual assustou-lhe a tamanha seriedade. YoonGi pegou-lhe pela gola da batina e olhou-lhe nos olhos.

ㅡ Não é você quem decide isso. ㅡ sorriu ao ver o padre fazer os preparativos para o batizar.

Após o batismo YoonGi virou-se para a igreja inteira com um olhar de nojo. Tinha certeza de que faria aquilo, não se importava de ter todos dali como seus inimigos.

ㅡ Uma coisa que eu aprendi com o JiMin é que o Deus, e o Cristo, de vocês é muito bom e piedoso. ㅡ viu alguns empinarem o nariz para o que havia dito. ㅡ Mas vocês não seguem o que ele prega, vocês seguem o que é melhor para vocês, e isso me enoja. ㅡ saiu da igreja com vaias atrás de si.

Mas tinha certeza de uma coisa: não era eles quem decidiam para onde iria após a morte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...