1. Spirit Fanfics >
  2. Não Era Isso Que Você Queria, Kacchan? >
  3. Oneshot

História Não Era Isso Que Você Queria, Kacchan? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eae povo! Aviso bunitim: N ME MATEM ONEGAI

TwT onegai vei ksksk ._.

Essa fanfic viaja muito pra fora da realidade, tipo, igual a todas as outras ksksksksksksksk ._. Então, sobre o negocio do Deku ser o herói numero 1, esqueçam isso ksksksk ._.

Capítulo 1 - Oneshot


Fanfic / Fanfiction Não Era Isso Que Você Queria, Kacchan? - Capítulo 1 - Oneshot

Chovia muito aquela manhã. O vento forte e agressivo balançava as árvores, arrancando quase todas as suas folhas já em um tom alaranjado. As nuvens acinzentadas cobriam o céu. Era um dia bom para ficar somente em casa. Porém, eles teriam aula naquele dia, então, como moravam tecnicamente ao lado da escola, não poderiam faltar. 

Bakugou ia calmamente com seu guarda-chuva, quando viu Uraraka e Iida andando sozinhos, tentando escapar da chuva. Reparou na ausência de Midoriya, o que era incomum, já que ele sempre era um dos primeiros a chegar.

Izuku estava lidando com a perda da mãe, a pessoa que sempre esteve junto a ele, o apoiando com a sua falta de individualidade, e também a falta de um pai presente. A mãe, que morreu com câncer de mama, foi a pessoa mais importante pra ele. Perder a pessoa que sempre lutou, e trabalhou pra sustenta-lo, realmente o deixou em choque.

Quando a aula começou, Aizawa-sensei, revelou o motivo da ausência de Midoriya. Disse que ele não estava se sentindo muito bem aquela manhã, e teve uma permissão para descansar.

A aula foi normal, com alguns treinamentos de combate e matérias normais como Inglês. 

Ao final da aula, Katsuki passou em frente ao quarto de Izuku. Tentou lutar contra a preocupação e curiosidade, mas não conseguiu resistir. Olhou ao redor, e bateu levemente na porta.

-- Oe... Deku... Está me ouvindo?

Ouviu alguns barulhos, mas nenhuma resposta. Ouviu alguns soluços, e sua preocupação máxima domina, não resiste e olha pela fechadura.

-- Deku...

Não viu nada por um tempo, mas depois de um tempo, viu Midoriya indo para a sacada. Continuou observando, e viu ele se apoiando na sacada e respirando fundo. Então ele começa a subir.

-- Oe... Matte... MATTE!!

O desespero toma conta de si. Ele tenta abrir a porta, mas a mesma esta trancada. Começa a fazer força, até que perde a paciência e usa uma explosão. Corre, nem ligando para as peguenas farpas que entraram em seu corpo. Izuku estava quase se jogando, mas Katsuki conseguiu o segurar a tempo. Porém, devido ao desespero, sua mão estava escorregando, graças ao suor. Então ele tenta com as duas mãos, mas continua escorregando.

-- Oe... Nazzete...?!

-- Você me disse pra fazer isso... Kacchan!

Midoriya usa o Shoot Style, acertando o queixo de Katsuki, que devido a dor que sentia, o soltou, fazendo o mesmo ir para o chão mergulhando de cabeça. Ao reparar que o havia soltado, fica mais desesperado ainda. Antes de cair de joelhos, consegue gritar aquele apelido maldoso que havia criado, mas que depois virou uma forma carinhosa de o chamar.

Os outros ouviram os gritos, e também ouviram um barulho lá fora. Kacchan, mais desesperado que nunca antes, pulou dali, amortecendo a queda com um explosão. Se ajoelhou na frente de Izuku, que já não respirava mais. Sentiu algo escorrendo pelo seu rosto, e tomado por toda a tristeza e angustia que havia dentro de sua alma, ele começou a gritar. Deku estava completamente acabado, seus olhos vazios encaravam o céu escuro pelas nuvens de chuva formadas. Saia sangue de sua boca, e todos os seus ossos estavam quebrados, tanto dos braços e pernas, quanto suas costas e seu crânio. O que estava mais quebrado era sua cabeça, já que ele caiu no chão de cabeça. Logo chegaram Kirishima e Ashido, que tiveram sua atenção roubada pelos gritos de Katsuki. Ao verem o corpo sem vida de Deku, entram em desespero também, correm até eleseperguntam, o que aconteceu...

Katsuki não conseguiu explicar nada, suas lágrimas e soluços não permitiram. Kirishima foi correndo desesperado procurar a Recovery Girl, e volta com todos os colegas de sala e mais alguns professores. Todos os alunos começaram a chorar, alguns até passaram mal. Recovery Girl examinou o corpo, mas virou-se com uma expressão triste balançando a cabeça negativamente. Ochako começou a gritar, Tsuyu quase desmaiou, e o resto continuou chorando. Aizawa sensei, com a ajuda de Hizashi pegou o corpo de Izuku, e o levou. Katsuki continuou ajoelhado no chão, tentando entender o por quê de ele ter feito aquilo.

Dias depois, mais um dia chuvoso, todos de vestimentas na cor preta, acompanhando um caixão. Todos choravam, mas seguiam em frente. Um tempo depois, enterraram o caixão, e colocaram uma lápide. E nela estava escrito:

R.I.P

Midoriya Izuku.

Depois, a maioria voltou pra U.A., menos Katsuki. Este permaneceu ali, e disse para todos que voltaria depois. Ficou ali, conversando com Deku.

-- Você tinha tantos planos... Queria ser um herói... Agora por causa da sua mãe, e talvez por minha causa, você desistiu de tudo isso... Você....

Ele volta a chorar. Depois de enchugar suas lágrimas, ele se levanta e deixa algumas flores perto da lápide.

-- Você era importante, não vamos te esquecer... Deku de merda...

Então ele segue reto até a saída do cemitério, saiu dali e correu para a escola.

O espírito de Deku ainda não abandonou eles...




Notas Finais


Isso foi o começo de uma outra fanfic q eu vou fazer, ou seja, N ACABOU KKSKSKSKSKSKSKSK >:3


ATÉ A PRÓXIMA!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...