História Não era pra ser assim... - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Noragami, Originais
Personagens Bishamonten, Iki Hiyori, Kazuma, Kofuku, Nora, Nora, Personagens Originais, Yato, Yukine
Tags Drama, Romance
Visualizações 150
Palavras 1.099
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii pessoal ^^ estou aqui MAIS uma vez, trazendo MAIS um capítulo pra vocês!!! Eeeeeeee (/*-*)/\(*-*)/\(*-*\)

Bom gente, eu sei que demorou muito para mim postar novamente :v por causa da escola e as coisas de casa ._. E etc.
Mas assim como vocês :v eu também sou uma estudante :v tenho provas, trabalhos, recuperações de SÁBADO e responsabilidades em casa.

Mas espera, a fanfic não vai acabar por causa disso.
Vai demorar para mim postar? Vai! Mas eu vou tentar ao máximo, escrever o MAIS RÁPIDO POSSÍVEL! (TENTAR!)

Bom, sem mais delongas e bora pro capítulo de hoje.

LEIAM AS NOTAS DO AUTOR!!!

LEIAM AS NOTAS FINAIS!!!

CAPÍTULO NÃO REVISADO

Capítulo 40 - A faca


Fanfic / Fanfiction Não era pra ser assim... - Capítulo 40 - A faca

              FLASH BACK


- Nora, tem certeza que isso vai dar certo?... Não quero que ela sofra e nem se machuque... - disse Gabriel segurando o mapa da escola. 


Nora estava conferindo sua mala, onde Gabriel podia ver que continha uma corda firme e forte. Fitas também se encontravam naquela mala, e mais alguma coisa que Gabriel teve que se esticar para poder enxergar o que era. Mas Nora fechou a mochila rapidamente. 


- Pare de ser melancólico - Nora revirou os olhos - Já escolheu o lugar? - perguntou Nora arrancando o mapa da mão de Gabriel e olhando rapidamente em cada ponto. 


Gabriel respirou fundo tentando lembrar como ele chegou naquele ponto. Seu ciúmes era tão forte que ele conseguiria trancar Hiyori? - ela não pode saber - pensou Gabriel fechando os punhos - ela nunca me perdoaria - Gabriel mordia o seu lábio inferior tentando controlar o que estava sentindo naquele momento. 


- No canto do mapa...você pode ver um armazém abandonado - disse Gabriel fitando o mapa - Eu já analisei tudo - continuou Gabriel querendo se arrepender - nenhum funcionário ou aluno entra lá - completou Gabriel sentindo seu estômago revirar. 


- Ótimo. Assim você mantém tudo em ordem. Ninguém vai saber onde está essa garota - disse Nora apertando o mapa - o Yato vai esquecer finalmente dela - Nora sorriu pensando em cada momento que poderia viver com Yato. 


                 FLASH BACK OFF


Gabriel corria cada vez mais rápido, lembrando-se dos momentos de planejamento que ele teve com Nora. - se ele não tivesse aparecido - pensou Gabriel sentiu seu ódio sendo alimentado cada vez que ele pensava em Yato - se ela fosse mais esperta e percebesse que eu só quero o bem dela!

Gabriel finalmente parou ao ouvir a voz de Yato sair de dentro da sala de aula - eu vou matá-lo - pensou Gabriel se encostando na porta. Ao ouvir uma voz feminina, Gabriel notou que Yato não estava sozinho - quantas pessoas estão com ele? - Gabriel estava tentando ouvir a conversa, até perceber que a voz que acompanhava Yato era de Natalie - ótimo... Os dois já estão juntos. Vai ser moleza - pensou Gabriel retirando uma faca de seu bolso. Ele olhou para os lados para ter certeza que ninguém iria atrapalha-lo. 


- E como eu havia dito, se você não tivesse chegado, eu juro que iria arrebentar a cara daquela cara pálida! - disse Natalie fazendo alguns golpes no ar, enquanto Yato ria da cena. 


Gabriel entrou na sala sem hesitar e encarou Yato que ainda estava sorrindo - eu vou matá-lo - pensou Gabriel encarando ambos que ainda estavam rindo. 


- Olha só, temos companhia - disse Yato se virando para encarar Gabriel. 


- Que desagradável - Natalie bocejou logo ficando com tédio - O que você quer Gabriel? Veio "trancafiar" outra donzela? - Natalie sorriu. 


Gabriel a ignorou totalmente - eu vou matá-lo - pensou Gabriel sentindo a faca escondida atrás de suas costas. Ele se virou para trancar a porta da sala com uma cadeira e novamente voltou a encarar seu oponente...seu inimigo. 


- Quer outra briga? - perguntou Yato colocando a mão na nuca - deve ser porque a Hiyori terminou com você - Yato sorriu vendo a expressão de Gabriel mudar. Seus olhos se arregalaram e sua expressão de ódio se aumentava cada vez mais. 


- Quando eu terminar aqui, ela vai querer voltar comigo - Gabriel sorrio - de um jeito ou de outro ela vai ficar comigo - agora Gabriel lambia os lábios. 


Natalie coçou a testa e desceu da mesa onde estava sentada. Ela prendeu seu cabelo em um rabo de cavalo e suspirou. 


- Vamos acabar logo com isso? - disse Natalie começando a se alongar. 


- Você quer ser a primeira? Tudo bem - Gabriel sorriu - estava guardando você para o final, mas esqueci que você não tem paciência para essas coisas - disse Gabriel mostrando a faca em suas mãos. 


Natalie olhou para faca ficando surpresa com a cena. Ele realmente iria matá-los? Quando que Gabriel começou a ficar tão agressivo assim - ele faria qualquer coisa para ter sua amada. 


- Não consegue brigar como um homem de verdade? Sem armas?! - Yato riu - você é tão fraco que necessita de uma faca para poder ganhar algo. 


- Yato... Não provoque ele - disse Natalie ainda olhando pra faca. 


- Relaxa Natalie - Yato encarou a faca - eu cuido dele. Mantenha-se afastada de nós - disse Yato apontando para um canto da sala. 


- De qualquer modo - Gabriel se intrometeu - ela também vai se machucar - Gabriel ainda mantinha seu sorriso enorme no rosto. 


Natalie ficou ao lado de Yato e sorriu - merda - pensou Natalie fazendo sua pose de uma lutadora profissional - você me paga Hiyori! - Natalie encarou Gabriel e disse:


- Não vou deixar toda diversão pra você Yato - Natalie sentiu uma veia pulsando em sua testa - mesmo que seja perigoso... Não vou deixar você bancar uma de herói. 


- Você é maluca - disse Yato suspirando. 


Gabriel deu alguns passos lentos logo dizendo como se fosse uma brincadeira:


- porquinhos, porquinhos, venham para cá - Gabriel lambeu a faca vendo que a mesma estava afiada. 


Natalie sentiu seus joelhos tremerem, mas logo a mesma suspirou e foi pra cima de Gabriel, que não hesitou e chutou o abdômen de Natalie, fazendo a mesma cair. 


- Se ponha no seu lugar! - Gabriel gritou logo chutando Natalie. 


- Que errado - disse Yato já atrás de Gabriel e em seguida dando um soco na cabeça do mesmo - maltratando uma...dama? - disse Yato vendo Gabriel cair sobre duas mesas. 


- Vai se ferrar - disse Natalie se levantando e sorrindo - nunca mais me use como distração - completou Natalie limpando o canto de sua boca. 


- Estão brincando comigo? - Gabriel sorriu se levantando - mas quem vai rir por último, vai ser eu - disse Gabriel correndo em direção a Yato e Natalie. 


- Cuidado! - disse Yato desviando da faca. 


Gabriel se virou para Natalie e tentou acerta-la, mas Natalie se desviou logo dando um soco na face do mesmo - ele é rápido - pensou Natalie indo para trás tentando desviar de seus ataques. 


- Muito lerda - disse Gabriel vendo um ponto onde Natalie não se defendia, logo cravando a faca em sua cintura. 


- Natalie!!! - Yato puxou Gabriel pela camisa e começou a espanca-lo - seu desgraçado!!! 


- ... - Natalie caiu no chão olhando para faca. 



                      ●          ●          ●


Notas Finais


Me perdoem pela demora
Me perdoem pelo capítulo curto
Me perdoem pelos erros cometidos
Espero que tenham gostado do capítulo de hoje.
Se gostou, não deixe de comentar e dar estrelas. Isso me ajuda demais a saber se agrado a todos (também me ajuda na divulgação).

Aceito críticas, elogios, opiniões, ideias e etc. Todos são bem vindos.

Lembrando que a fanfic está entrando na reta final.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...