História Não está no meu sangue - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas, Shawn Mendes
Tags Drama, Romance
Visualizações 33
Palavras 960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Festa, Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obg pelos trinta favoritos galera!
Desculpem a demora, estou um pouco sem criatividade mas vdc.
Espero q gostem bjs.

Capítulo 27 - Bem?


POV França

Estava anotando o que o professor escrevia, In estava demorando de mais para voltar.

Escuto batidas na porta, e olho para a mesma, vendo Matheus na porta e logo o professor assente com a cabeça, deixando-o entrar.

-Professor posso falar com a Itália, Alemanha e França? -ele pergunta e eu, Ale e Lia nos entreolhamos.

-Seja rápido por favor. Vão. -o professor fala e nós nos levantamos, indo até a porta.

-O que foi? -Ale pergunta assim que fechamos a porta.

-A Inglaterra desmaiou e ela está la na diretoria esperando a...

Não deixamos ele terminar, saímos correndo no momento em que ele falou onde ela estava.

Descemos as escadas e chegamos a diretoria. Abrimos a porta bruscamente e logo vemos In.

Ela estava deitada em uma mesa, com os olhos fechados.

-Meninas não podem ficar aqui. -fala a secretária.

-Nós vinhemos ver a Inglaterra. -falo.

-Estamos esperando a ambulância chegar para levarem-na. -ela fala.

-E quem vai com ela? -Lia pergunta.

-A diretora. -fala.

-Nem pensar! Nós vamos. -Ale fala.

-Bom, eu vou ficar na escola, mas podem ir. -Lia fala.

-Primeiro, só pode uma pessoa. E segundo vocês tem que assistir aula. -ela fala e eu reviro os olhos.

-Então vou chamar o Fred pra ir com ela né! Já que ela está no último ano e só ta meio que revendo as coisas! -falo.

-Não. Chamem algum familiar dela. -a secretária diz.

-O Jack não veio hoje... A tia Sam ta trabalhando e acho que o tio Alan também. -falo.

-Mas e o Josh? -Lia fala.

-É! Vamos ligar pra ele. -Ale diz.

-Tu tem o número dele? -pergunto.

-Tu não tem? -Ale pergunta.

-Vamos olhar no celular dela, é melhor. -Lia fala.

...

Quando a aula acaba, Ale nos leva para o hospital onde In está, e lá encontramos os nossos pais, juntos com os pais de In.

Me sento ao lado de meus pais.

-Como a In está? -pergunto.

-Ela está bem, só estava desidratada e desnutrida. -meu pai responde.

-Posso ir vê-la? -pergunto.

-Acho que sim, vai com as meninas. -minha mãe fala.

-Certo. -falo e me levanto.

Chamo minhas amigas e vamos para onde In estava.

Quando a encontramos, vemos que ela está deitada e mexendo no celular, tomando soro na veia.

Ela sorrir ao nos ver.

-Oi. -ela fala sorrindo desligando o celular.

-Eu vou te matar! -Ale fala.

-Eu te ajudo. -Lia fala.

-Ué gente. Por que? -pergunto.

-Pois é, por que? Eu não fiz nada! -In fala.

-Só parou de comer! -Lia fala.

-E de beber água! -Ale fala.

Me sento na cama que In estava e semicerro os olhos.

-Por que parou de comer? -pergunto.

-Porque estava me achando gorda. -ela fala virando o rosto.

-Tu nem é gorda, diaba! -Lia fala e nós rimos.

-Mas eu me acho! -In fala.

-Vai tomar quantas bolsas de soro? -Ale pergunta.

-Três. -In fala revirando os olhos.

-Bem feito. -Lia fala.

-Eu estou na segunda bolsa. -In fala com orgulho.

-Por que demora tanto? -pergunto.

-Sei lá. -In fala rindo.

-Aff. -falo. 

-O Shawn sabe que está aqui? -Ale pergunta com um sorriso malicioso.

-Vish. -Lia fala.

-Pra que ele precisa saber? -In pergunta, e  nós percebemos que ela tentava não sorrir.

-Ele sabe sim. -falo.

-Por que você acha? -In pergunta.

-Porque tu sorriu. -Lia fala.

-Nada haver! -In fala sorrindo.

...

Ficamos no hospital com In mais um tempo, até Shawn e meus irmãos chegarem e nós irmos para a recepção novamente.

Quando In finalmente é liberada, todos voltamos para casa, e agora, estava deitada na minha cama.

Escuto meu celular vibrar e era uma ligação de Cam.

-Oi. -falo atendendo.

-Oi, já está em casa? -ele pergunta.

-Sim, finalmente cheguei. -falo cansada.

-Ela está melhor? 

-Sim, o que tá fazendo agora? -pergunto.

-Nada, só falando com você. -falou.

-Humm. -murmuro.

-Quer que eu vá aí? -Cam pergunta.

-Não precisa, saímos amanhã. Pode ser? -pergunto.

-Sim. Preciso ir agora, tchau Fran. 

-Tchau. -falo e desligo.

Vou tomar banho para tirar o cheiro de hospital, me visto e vou ler alguma coisa.

POV Inglaterra

Me deito na cama ao terminar de tomar banho e sinto meus olhos pesarem, ainda estava cedo, mas soro sempre me dava sono.

...

-In? In acorda, tá na hora do jantar. -escuto alguém falar e abro os olhos.

Era Jack.

-Oi. Está melhor? -pergunto me sentando.

-Sim, e você? -ele pergunta se levantando.

-Também. -falo e me levanto também.

Desço as escadas com Jack e nos sentamos a mesa. O jantar de todos era lasanha, exceto o meu. 

Meu jantar era... Arroz, frango e, que nojo, feijão. Tinha mais feijão nesse prato do que o arroz!

Faço uma cara feia e olho para minha mãe.

-Não vou comer isso. -falo.

-Vai sim, só se quiser comer só o feijão, e depois come lasanha conosco. -minha mãe fala.

-Hum. -murmuro.

Estava com nojo da comida, e duvidava que depois de hoje iriam me deixar ficar sem jantar.

Como um pouco e depois pego um pedaço da lasanha, quando acabo, vou para a sala e assisto um filme aleatório.

...

Acordo com um grito. 

Droga!

Havia dormido na sala, e a TV ainda estava ligada. Me levanto e vou para o meu quarto, ao chegar no meu quarto, pego meu celular, olho as horas e olhos as mensagens. Tinha algumas de Shawn e decido responder.

Era 01:50.

MENSGEM ON

Shawn: tá melhor?

Inglaterra: Sim, acordei agr e n quero mais dormir

Shawn : Quer fazer oq?

Inglaterra: N sei

Shawn: Quer vim aq?

Inglaterra: Agr?

Shawn: Sim, quer?

Inglaterra: Acho q sim, vem me buscar? 

Shawn: Tá, estou indo kkkkk

Inglaterra: Okay❤ kkkkk

MENSAGEM OFF

Coloco um sutiã, pego um casaco e pego uma botinha antiga. Vou para o quarto de meus pais e abro a porta, vou até o lado da cama de meu pai, já que eu sabia que se acordasse minha mãe ela me mataria, mecho meu pai e ele abre os olhos.

-Vou pra casa da Fran, dormir lá. -minto.

-Tá, boa noite. -ele fala e fecha os olhos.

Saio do quarto e desço as escadas, mexo um pouco no celular, até receber uma mensagem de Shawn falando que já havia chegado.

Saio de casa e vou até o carro dele, entro no carro e ele me olha sorrindo, ele estava com moletom.

-Oi! -falo sorrindo de volta.

-Oi. Pronta? -ele fala sorrindo.




Notas Finais


Espero q tenham gostadooo
Bjooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...