História Não Existe Amor Verdadeiro - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Sexo, Violencia
Visualizações 78
Palavras 1.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii gente
Me desculpa por não ter postado cap ontem, não tive tempo mas... Hoje mesmo tem o próximo
E espero que gostem

Capítulo 28 - Lucas?


" eu amo muito você meu anjo "

Fico ali observando aquele lindo objeto já com lágrimas nos olhos ( o que esse homem está fazendo comigo?). Quando eu ia entrar sou surpreendida com alguém me puxando contra a parede e em seguida me dando um breve selinho

Guilherme- gostou da surpresa? - pergunta sorrindo

Eu- amei meu amor - assim ele coloca o anel no meu dedo

Guilherme- que bom

Eu- qual o nome? - me refiro ao cachorrinho no meu colo

Guilherme- hum.... que tal...flufy?-( quem já viu Madagascar vai entender...)

Eu- boa ideia, né flufy?- levanto o cachorro e recebo uma bela lambida na bochecha

Eu-vamos entrar

Guilherme- vamos

Eu- vou por o flufy lá na varanda

Guilherme- vamos sair? Tipo para uma lanchonete?

Eu- claro, vou só  me arrumar

Subo e tomo um banho rapido. Coloco um cropped azul com um short jeans desfiado preto e um óculos sem grau da mesma cor para combinar com o pince e para completar coloco um tênis da Adidas branco, desço e encontro o Guilherme em pé mexendo no celular e o mesmo me encara e sorrir de lado

Guilherme- como você consegue ficar mais linda?

Eu- bobo - digo rindo

Entro no carro indo com o Guilherme em direção para alguma lanchonete

{ Já na lanchonete }

Estamos sentandos quando a garçonete se aproxima da nossa mesa

Garçonete- olá, boa tarde- fala olhando e sorrindo para o meu namorado

Guilherme- oi...

Eu- boa tarde- digo seca

Guilherme- vai querer o que meu anjo? - ele me encara

Eu- hum... o que tem de bom?- falo olhando para loira de farmácia vulgo garçonete

Garçonete - bom... Temos porção de batata...

Eu-vou querer por favor

Guilherme- e duas cocas fazendo um favor

Garçonete- certo, já trago os pedidos - assim ela sai mas antes da uma piscadela para o meu namorado foi o suficiente para mim começar a contar até 10 e claro... fechar a cara

Guilherme- tudo bem? - pergunta colocando a mão em cima da minha mas... tiro na hora ( alerta infantilidade )

Eu- tudo - falo sem olhar para aquele rostinho angelical

Guilherme- olha para mim - ele me faz encarar aqueles olhos lindamente azuis - o que foi?

Eu-nada

Guilherme- tem certeza?

Eu- claro

Guilherme- você está com ciúmes da garçonete?

Eu- não, não sou ciumenta

Guilherme - ahh meu amor não fica assim, te amo ta?

Eu- fala eu te amo para loira de farmácia

Guilherme- minha ciumenta- assim ele me beija e acabo me derretendo pelo beijo 

* Beatriz on *

Acaba o filme que eu nem prestei atenção ( porque foi tanta pegação com o Edward )

Eu- sua boca esta toda vermelha

Edward- e a sua boca está toda borrada

Começamos a rir pelos nossos estados

Eu - Vamos para casa?

Edward - para sua ou para minha?

Eu- tanto faz baby

Edward- vamos na duas então - dou ombros

Eu-vou ao banheiro

Edward- ta, vou te aguardar aqui

Saio em direção ao banheiro

* Edward on *

Tenho a ideia de comprar um presente para Beatriz, entro numa loja e vejo um ursinho de pelúcia ( meninas adoram ursinho de pelúcia, né? ). Vou voltando para o "local de encontro" mas quando dou de cara com uma menina que sisma comigo desde de um dia que eu fui para uma festa e ela quis mais que um simples beijo... Se é que vocês me entendem

Pamela - mas olha quem está aqui...

Barbara- mas se não é aquele playboy, amigas

Eu- não começam

Liz- vou ser direta... Ou você me beija, ou você me mostra o que você faz de melhor

Eu- nenhum dos dois

Barbara- Oi?

Eu- é isso mes...- sou interrompido pela boca da Liz na minha tento tira-la mas a mesma segura a minha nuca e ouço comemoração das suas amigas quando...

Xxx- QUE PORRA É ESSA!?- escuto um grito perto de mim que fez a Liz se afastar fico em choque quando vejo que é a Bia

Eu- eu posso explicar - falando isso a Liz e suas amigas vão andando com sorrisinhos cúmplices 

* Beatriz on *

Saio do banheiro e vejo uma cena que nunca pensei em ver

Eu- QUE PORRA É ESSA!? - vejo o Edward aos beijos com uma morena

Edward- eu posso explicar

Eu- explicar? - digo já sentindo minha visão ficar embaçada pelas lágrimas que teimavam a cair...

Edward- ela... é... ela que me beijou

Eu- ótima explicação, eu vou embora

Edward- não por favor - ele segura o meu braço - eu tenho um presente para você - ele me mostra um ursinho de pelúcia muito fofo até mas não ia seder tão fácil

Eu- enfia isso no teu cu - falo andando mais rápido

Edward- Bia por favor

Eu- olha eu saio para ir ao banheiro e volto e encontro você aos beijos com uma puta qualquer

Edward- me desculpa

Eu-ta bom- reviro os olhos

Edward- vamos continuar o nosso passeio

Eu- não sei...

Edward- você sabe que eu te amo

Eu-olha,me deixa em casa só ta?

Edward-ta bom...

* Emily on *

Estou no sofá com o Arthur passando uma tarde aqui em casa

Carla- eu vou passar uns dias na sua vó, ta Emily?

Eu-ta bom mãe, mas  a senhora vai demorar?

Carla- acho que não mas qualquer coisa você está em boas mãos - ela sorrir olhando para o Arthur

Arthur- fico feliz que a senhora pensa assim- ele me abraça de lado- pois eu nunca vou deixar que nada de ruim aconteça com a Emily

Carla-eu sei meu querido mas só que depois daquele acidente - ela olha para baixo- eu me sentir culpada por ter feito o que fiz...

Eu- mãe... Ninguém teve culpa foi um acidente

Arthur- sim senhora Carlin

Carla- é melhor esquecemos isso... E como está indo os estudos de vocês?

Conversamos sobre várias coisas até que deu a hora da minha mãe viajar para casa da minha vó

Eu- tchau mãe

Carla- tchau Emily, se comporta vocês dois e... Usem camisinha

Arthur - pode deixar - belisco o mesmo cheia de vergonha - não precisa ficar com vergonha meu bem

Eu- você é um idiota por falar isso na frente da minha mãe

Arthur - ele já ta ligada - fala rindo

Eu- eu preciso ir na sua casa, conversar com a Camille

Arthur - sobre?

Eu-coisas de mulher

Arthur- ta bom, daqui a pouco a gente vai

Eu- sabe... Eu quero te castigar...

Arthur- o que eu fiz?

Eu- me fez passar vergonha na frente da minha mãe

Arthur- hum... e vai fazer o que?- ele perguntando com um olhar desafiador

Eu - isso - o supriendo com um beijo nada calmo que ele logo me corresponde num piscar de olhos já estava em seu colo ( já sentindo o volume em baixo da minha coxa ) arranho o seu braço e ele começa a da leves mordidas no meu pescoço, rebolo contra sua ereção e o vejo jogar a cabeça para trás mas... saio de cima dele e corro para cozinha

Arthur- mas... o que?

Eu- o que? - fingo a cínica

Arthur- vai me deixar assim? - ele fala apontando para a sua ereção

Eu- é o castigo meu bem

Arthur- vai ter volta...

Eu- vou aguardar sentada

Arthur- é melhor eu ir tomar banho para me acalmar - solto uma gargalhada da cara que ele fez. Depois ele desceu e resolvemos ver um filme

~ horas depois ~

Estamos indo em direção a casa dos Parker's

* Beatriz on *

Eu- obrigada pela carona - digo já saindo do carro...

Edward- não mereço um beijo? - ele me puxa de volta

Eu- hum... Não

Edward - você ainda não me desculpou?

Eu- preciso em ir

Edward- por favor me responde

Eu- eu te desculpei, só quero ir embora

Edward-ta bom...- ele olha para baixo levanto o seu queixo e dou um selinho inesperado - você e seu drama

Eu- eu tenho que ter meu drama

Edward- mas eu gosto de você do mesmo jeito

Eu- agora é sério tenho que ir

Edward- quer que eu entre com você?

Eu- melhor não... nos vemos na escola?

Edward- Claro

Nos beijamos rápido

Saio e olho para trás e jogo um beijinho no ar e entro em casa dando de cara com o um monstro que tanto me fez mal

Xxx- oi linda, sentiu saudades?

Eu- Lu...Lucas?


*


Notas Finais


Eu amo ler comentários de vocês!!!
Me deixa muito feliz e me motiva a continuar com a fic❤
Até mais!!!❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...