1. Spirit Fanfics >
  2. Não Existe Família Perfeita! >
  3. Capítulo 5

História Não Existe Família Perfeita! - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, espero que vocês esteja bem e se prevenindo contra o Covid-19, sei que no final disso ficaremos bem.
Espero que gostem do capítulo.
Boa leitura ...

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Não Existe Família Perfeita! - Capítulo 5 - Capítulo 5

~Shoto~

Estava eu no meu quarto chorando por culpa do Natsuo, não consigo entender o porquê dele dizer aquelas palavras que machucaram tanto o meu coração, mas se é assim que ele quer eu não vou ficar chorando por ele o tempo todo.

Agora tenho que arrumar as minha malas pra me mudar, quem sabe longe daqui eu esqueça ele e encontre alguém que realmente me ame e que ajude-me com minha falhas.

(Quebra de tempo)

Já estava eu no carro rumo a meu novo lar não faltava muito pra chegar, eu acho pois já tinha mais de uma hora que saímos rumo a minha nova moradia.

Quando finalmente o carro parou pude ver uma casa não muito grande mais não era pequena, com uma linda varanda e um jardim cheio de flores e duas árvores de cada lado do mesmo.

Sair do carro enquanto o motorista desccarregava as malas, toque a campainha e logo a porta foi aberta e era ela, minha mãe. Não tinha esquecido o rosto dela, naquele momento fiquei sem reação e ela apenas me abraçou.

Aquele abraço era confortante, caloroso, parecia que eu estava seguro naquele momento, que ninguém iria machucar meus sentimentos novamente então comecei a chorar e ela falou.

Mãe: Desculpa por tem ficado longe todo esse tempo, mas não se preocupe agora eu vou cuidar do meu pequeno Shoto com todo o meu amo.

Eu: Eu senti tanto sua falta, não sei porque você ficou todo esse tempo longe e não quero saber o que importa é que estar aqui. Mas ficaria interessado se você falasse o por que.

Mãe: Nós temos muito o que conversar, vamos entrar.

Eu: Vamos...

Estávamos sentados no sofá e não sabia o que falar, mas de uma coisa eu sabia que era que eu tinha que falar o que aconteceu.

Eu: O papai falou o que aconteceu?

Mãe: Ele não entrou em detalhes

Eu: O que ele falou?

Mãe: Que você estava em um relacionamento, mas o problema não era isso mas a pessoa que você estava namorando ou algo do tipo.

Eu: Ele falou quem era?

Mãe: Ele disse que você falaria.

Eu: Eu não sei como dizer tenho medo da sua reação.

Mãe: Shoto eu sou sua mãe, não importa o que você fale ou faça eu sempre vou estar aqui e sempre vou amar você.

Eu: É que... é que eu estava namorando com o Natsuo.

Mãe: O Natsuo? Seu irmão? O meu filho?

Eu: Sim esse mesmo (falei de cabeça baixa)

Mãe: Você amava ele? Ele te amava?

Eu: Ontem eu tive a certeza que eu amava ele, mas eu não sei se ele me ama não depois de tudo o que ele falou.

Mãe: E o que ele falou?

Eu: Primeiro ele falou que iríamos fazer faculdade e depois de um tempo morar em outro lugar e ficar juntos, que teríamos uma família mas depois ele... ele... (Começei a chorar e ela me abraçou )

Mãe: Tudo bem eu estou aqui se não quiser falar não fale.

Eu: Ele falou que eu fui apenas um passa tempo pra ele, um brinquedinho.

Mãe: Esse não é o Natsuo que eu lembro, o que eu lembro faria de tudo pra está com a pessoa que ama e vê-la feliz.

Eu: Eu também não entendo isso.

Mãe: O que acha de subi e tomar um banho? afinal a viagem foi demorada.

Eu: Esta bem...

Mãe: temos 5 quartos na casa, mas hoje você ficará no quarto do Dabi com ele, enquanto eu ajeito o outro pra você.

Eu:Dabi?

Mãe: A verdade não falamos sobre ele, agora o seu irmão Toya gosta de ser chamado de Dabi.

Eu: hm entendi, então tudo bem.

Mãe: O quarto e o último subido as escadas, vou até o super mercado fazer compras, pode ficar a vontade.

Apenas corcodei com a cabeça e subi, o motorista já tinha levado minhas coisa para o andar de cima, estava me sentido quente e o motivo eu não sei ainda.

~Dabi~

Eu não voltei pra casa na hora do almoço fui pra casa da Toga e após para o trabalho.

Agora estava eu voltando do trabalho com o Shigaraki, iríamos estuda na minha casa então ele resolveu me esperar na cafeteira.

Estava virando a esquina quando vir o carro da minha mãe, acho que ela vai ao resolver algum assunto de trabalho.

Já tínhamos chegado em casa e eu senti um cheiro amadeirado, rapidamente subir as escadas e segui aquele cheiro que levava até meu quarto, quando vejo quem era e principalmente o que estava fazendo eu fico parado sem reação.

Era um garoto de aparência de 17 anos, com os cabelos metade vermelho e a outra metade branco, ele me lembra o meu irmãozinho, será que é ele?

Do nada lembro que ele chegaria hoje, mas isso não justifica o fato dele está se masturbando em cima da minha cama, mas esse cheiro fonte será que ele...

Eu: Ei você está bem?

Shoto: Não, esse tesão não passa.

Eu: Você tem seus medicamentos?

Shoto: a d..data de vali..validade expirou.

Quando ele terminou de falar acabou gozando em seu abdômen e o Shigaraki entrou no quarto.

Shigaraki: O que é isso? (falou surpreso)

Eu: Ele tá com tesão, você nunca fez isso?

Shigaraki: j..já (falou todo corado)

Shoto: Vocês poderiam me deixar sozinho?

Eu: Esse é meu quarto então eu não saio daqui.

Shoto: Tá bom então eu vou tomar banho.

Ele se levantou e foi em direção ao banheiro, então Shigaraki comentou.

Shigaraki: Ele tem uma dibinha grande pra um alfa.

Eu: Ele é metade alfa e metade ômega, isso explica?

Shigaraki: Sim, explica o fato dele ser grande na frente também é de família? kkkk (quando esse se tocou do que falou ele ficou mais vermelho que um tomate)

Shoto: Acho que sim eu lembro do corpo de Toya, acho que você gosta bastante desse corpo nos cios de vocês.(falou do banheiro)

Eu: Ele não é meu namorado!

Shoto: Então você ainda não assumiu? Tomara que você não seja como o Natsuo!

Eu: Como assim como o Natsuo?

Shoto: Deixa pra la você nunca entenderia.

Eu: Tudo bem, esse é meu amigo Shigaraki vamos fazer trabalho da faculdade então não atrapalhe.

Shoto: Amigo?

Eu: Sim amigo nada mais que isso.(falei começando a me irritar)

Shoto: Tudo bem calma, eu vou la pra baixo assim eu deixo vocês com uma privacidade melhor, acho que é meio desconfortável saber que tem alguém vendo você na sua relação sexual.

Eu: Shoto(gritei)

Shoto: Também te amo (saiu do quarto já vestindo com sua roupa)

Eu: Desculpa, eu não lembrava que ele já tinha chegado em casa e me perdoe principalmente pelo o que ele falou, fazia tanto tempo que eu não via ele.

Shigaraki: Não se desculpe, da pra ver que vocês vão se dar bem.

Eu: Estou torcendo pra isso.

Shigaraki: Dabi você acredita em amor à primeira vista?

Eu: Você se apaixonou pelo Shoto?

Shigaraki: Não, não é por ele.

Eu: hm entendi, eu acho que amor a primeira vista é fogo no rabo.

Shigaraki: entendi (Falou meio triste)

Eu: Está tudo bem? do nada você mudou de humor

Shigaraki: Sim está eu acho.

Eu: Foi alguma coisa que eu falei ou fiz?

Shigaraki: Na verdade sim.

Ele se aproximou e me empurrou em direção a cama onde fiquei sentado, então o Shigaraki vem em minha direção e senta em meu colo.

Eu: Shi..Shigaraki

Shigaraki: Apaga o meu fogo Dabi!

Ele aproximou nossos lábios em um beijo bom, gostoso, calmo. Depois de um tempo ele começou a tirar minha roupa então eu falei.

Eu: Nós não podemos fazer isso

Shigaraki: Dadi eu te amo eu quero você.

Eu: Não é assim, de uma hora pra outra você diz que gosta de mim e começa a me beijar, isso me deixou confuso é eu não quero mágoa seus sentimentos mas nós somos apenas amigos.

Shigaraki: Entendo.

Ele saiu correndo e eu fui atrás dele, mas ele foi muito rápido, eu apenas olhei pro lado e vir o Shoto com um olhar mortal vindo em minha direção.

Eu: O que já?

Shoto: O que você fez com ele?

Eu: Nada

Shoto: Ninguém sai correndo e chorando por nada, então me diz o que você fez, não me diga que você fez ele se apaixonar, uso ele e jogou fora... você é igualzinho a ele.

Não entendi o que ele estava tentando dizer, do nada ele começou a chorar e saiu correndo pro andar de cima, sinceramente eu não entendo eles.

Fui até meu quarto e chegando próximo eu podia ouvir os soluços do Shoto, eu quero entender isso então eu tenho que conversar com ele quem sabe eu consiga um conselho sobre o caso do Shokugeri.

Eu: Shoto podemos conversar?

Shoto: Não saí daqui, você é como ele! (Shoto não chorava mas, apenas estava triste)

Eu: Ele quem?

Shoto: Natsuo.

Eu: O que ele fez pra você? tipo está chorando por causa dele né?

Shoto: Sim estou chorando por causa dele, mas por que você está se preocupando com isso?

Eu: Eu sou seu irmão mais velho, eu tenho que cuidar de você, então por favor me diz o que ele fez pra você?

Shoto: Ele...Ele se declarou e falou que me amava, planejamos coisa para a faculdade em apenas um dia (risos) no outro dia nós fizemos sexo e parecia está muito satisfeito, mas depois de um tempo ele parecia triste e falou que eu fui apenas um passa tempo pra ele.

Eu: Shoto

Shoto: Não precisa tem pena da minha desgraça.

Eu: Eu não tenho pena de você, mas fiquei surpreso com isso e não se preocupe não vou deixar ninguém machucar você. (abracei ele)

Shoto: Sério

Eu: Sim, farei o que for possível para isso acontecer.

Shoto: Mas é o Shigaraki, porque ele saiu correndo e chorando?

Eu: Ele falou que me amava, me beijou e começou a tirar minha roupa pois queria fazer sexo comigo mas eu recusei e falei que nós éramos amigos.

Shoto: Baka (Baka= Idiota, bobo)

Eu: O que foi eu não amo ele então, poderia eu criar falsas expectativas para ele?

Shoto: Você tem razão, iria doer muito mais depois.

Eu: O que acha de comer alguma coisa?

Shoto: pode ser.

Prepararmos uma lasanha para o jantar, enquanto comíamos conversávamos para nos conhecemos melhor. A televisão estava ligada é uma notícia chamou nossa atenção era uma coisa que eu não consegui acreditar no momento.


Notas Finais


Espero que tenha gostado do capítulo, desculpa pelos erros de ortografia ou incoerência.
Até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...