História Não existe final feliz - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 13
Palavras 449
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Feridas abertas


"Nunca pensei o quanto isso machucaria, na verdade eu não esperava por isso... 

Eu estava feliz porque ganharia uma irmã, mas não esperava que tudo mudaria, apartir do momento em que ela chegou...

Anos se passaram, e eu nuca consegui um elogio das pessoas que um dia chamei de pais...

 Ela... A cada dia que passava se tornava um exemplo... Sempre as melhores notas, cumprindo com suas obrigações, sempre sendo a melhor em tudo... 

Eu... Como minha progenitora que chamava de mãe dizia, Inutil nunca servi pra nada, não sabia fazer nada, nuca fui boa o suficiente, eu não era como ela, a unica pessoa em que podia confiar era a pessoa que chamei de tia, mas como sempre eu me fudi de novo... Mais uma pessoa me traiu... Eu tinha amigas  só que eram todas falsas... Seus rostos eram falsos, diziam que quando eu mais precisasse elas estariam la pra mim... Eu precisei... E me fudi novamente... 

Antes da adolescência eu tinha um pai  mas como todos ele me trocou... Mas não foi por ela, foi por uma merda de computador e o trabalho... 

Eu tentei chamar a atenção deles e receber carinho novamente, eu me esforcei... Tirei as melhores notas de toda a classe, recebi elogios dos professores, más deles tudo que recebi foram as palavra que mais me machucaram... 

- Você não fez mais que sua obrigaçao... Saia daqui! Você é irritante! 

Esse foi meu estopim... Peguei a faca da cozinha e corri até o banheiro mais próximo, adentrando a banheira, eu podia claramente ouvir os gritos dela pedido que eu abrisse a porta trancada, ela esmurrava insensvélmente a mesma. 

Desde que me conheço por gente, sempre fui a igreja, lá aprendi que suicidas não vão ao céu... Bom eu estava perto de fazer isso... 

Cortei meus pulsos, vi o sangue escorrer pela banheira, encostei a cabeça na borda, já não conseguia ouvir os gritos da mulher que chamei de mãe, e dizia que amava... 

Minha visão nublou... 

Estava morrendo e não senti absolutamente nada... 

Isso é morrer? 

Fechei meus olhos, sentindo o corpo pesado, tudo escureceu... 

Acordei em um lugar escuro, não sabia onde estava, derrepente tudo clareou, eu estava em um cemitério... No meu próprio enterro... As pessoas que um dia pensei serem minha família choravam, as pessoas que se diziam amigos também... 

Falsos

Eu consigo ver que suas lágrimas são falsas... Eu sei que não irei fazer falta... 

Bom como a igreja diz... Suicidas vão para o inferno... 

Tenho certeza que irei para o inferno feliz... Porque o verdadeiro inferno é onde as pessoas vivas estão. 

Foram os vivos que apodreceram o mundo... 

E a minha ingenuidade fora tanta que acreditei que eles podem mudar..."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...