História Não foi meu objetivo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Bridget Satterlee
Visualizações 10
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


• Imagem de capa: look de viagem
• Boa leitura <3

Capítulo 2 - Partiu Califórnia


Fanfic / Fanfiction Não foi meu objetivo - Capítulo 2 - Partiu Califórnia

Capítulo 2 - Partiu Califórnia

Bridget Satterlee

Que preguiça, sério! Eu poderia estar dormindo agora, mas nãaaaaaaaaaao, tenho que arrumar a porcaria da mala.

— Aaaah! — gritei ao levar um susto causado pelo toque do  meu celular — alô?

— OIÊ, BOM DIA! — disse uma voz feminina que eu conheço muito bem

— Rosa, são onze da noite, ou seja, é boa noite

— Deixa de ser chata Brid, mas enfim, fiquei sabendo que vai viajar pra Califórnia amanhã de manhã, então liguei pra desejar boa viagem

— Como você sabe? não deu tempo de avisar ninguém, meus pais acabaram de dar a notícia

— Fiquei sabendo pela Ambre, mais especificamente, pelo stories dela, ela não para de dizer o quanto vai ser bom estar próxima do amor da vida dela — disse a Rosa rindo — Aliás, ela está gravando ao vivo agora mesmo

— Ambre não tem jeito mesmo — dei uma pausa — Agora desembuxa, sei que não era só isso que tinha para me dizer

— Ai, assim você me ofende, mas você está certa, não era só isso

— Fala logo o que você quer Pinkie Pie

— Eu já falei que eu sou a Rarity! — disse Rosalya mudando de assunto 

— Não muda de assunto! Desembuxa

— Tá tá, bem que você poderia trazer alguma lembrancinha da Califórnia pra mim, né?

— Era só isso? Por mim tudo bem

— E vê se pega algum boy! senão você vai acabar igual a Tia Mirtila

Tia Mirtila é a tia da Rosa, na verdade, o nome dela é Mirla, porém, quando eu e Rosalya éramos crianças, não conseguíamos pronunciar o nome dela direito, mesmo sendo muito fácil, acho que éramos retardadas (N/A: ainda são), então começamos a chamá-la de Tia Mirtila, por causa das suas famosas tortas de mirtilo, e também por causa do seu nome

— Não vou achar ruim ser igual a ela, desde que eu saiba cozinhar a deliciosa torta de mirtilo e no lugar de tantos gatos eu tenha cachorros, por mim tudo bem

— Conta outra Brid, tenho certeza que você vai pegar alguém lá na CA (sigla para Califórnia)

— Ata — falei — que pena não podermos continuar nossa conversa tão legal — ironizei — mas é sério, agora eu tenho que desligar, até semana que vem no baile de formatura

— Até logo Brid!

[...]

— Acorda logo Bridget!

— Só mais cinco minutinhos mamãe

— Nem cinco, nem quatro minutos! E não é a mamãe que está aqui!

— Ambre, o que você está fazendo no meu quarto? — perguntei com a cara no travesseiro sem nenhuma vontade de levantar

— Vamos logo sua preguiçosa, temos que ir para a Califórnia! — disse Ambre pulando e batendo palmas animadas

— Nãaaaaaaaaaao, me deixa dormir — reclamei

— Okay então

Estranhei ela ter cedido tão rápido, mas nem pensei nisso tanto tempo já que voltei a dormir logo que ela saiu do quarto

— AAAAAAAAAH! — gritei ao sentir algo gelado no meu corpo e logo percebi que era nada mais nada menos água com gelo, repito, água com GELO — AMBRE! Você vai se arrepender!

— Quem mandou não levantar? E outra, você deveria me agradecer por ter te ajudado a acordar — disse correndo para o seu quarto  e se trancando lá dentro — agora vai se  arrumar, nós vamos para Califórnia, Brid!

— ok ok

[...]

— Não era você que disse que não podia se atrasar?  — disse provocando a minha irmã — Anda logo 

— Você não manda em mim — Ambre reclamou

— Eu sou mais velha! — eu disse

— Só por dois minutos e meio!

— Mas mesmo assim!

Sim, nós somos gêmeas, mas não somos muito parecidas em questão de aparência (já fomos, mas quando criança), nem de personalidade

— Aff! Já tô indo, não vejo a hora de ver o Cast! — ela falou com um ar apaixonada

— Quem garante que você vai encontrar ele?

— Eu sou a dona do fã clube dele!

— Junto com a Li, Charlotte, Melody e Nina, você não é a única dona, as suas amiguinhas também fazem parte, já que é uma banda!

— Aí que você se engana maninha, eu tenho um fã clube exclusivo só para ele!

— Eu mereço! — murmurei

— Vamos meninas! A viagem é longa, daqui para Califórnia é 1 dia e 16h — Gritou meu pai do primeiro andar

— Porque não vamos de avião? — reclamou Ambre

— Porque é caro filha! — gritou a minha mãe

— Pronto Brid! Vamos! — falou minha irmã olhando pra mim

— Finalmente! — falei — pronto mãe, a princesa terminou — desci as escadas junto a Ambre

— Não vejo a hora de ver o Cast!

— Se for pra ficar falando dele a viagem toda eu fico em casa!

— Até parece que eu vou parar de fazer dele! 

— Mãe, é tarde demais para ficar em casa?

— Sim, você é nova demais e não vê seus avós há dois anos

— Mãe! Eu já tenho 17 anos e vou fazer 18 semana que vem!

— Mas continua sendo o meu bebê — disse Dona Clara, minha mãe e depois olhou para Ambre — Você também filha — e depois apertou nossas bochechas

— Já que não posso ficar em casa então vamos cambada! — disse e sai correndo em direção ao carro onde meu pai se encontrava fazendo uma dancinha, observação, ele estava dentro do carro, com os olhos fechados, e além de estar fazendo aquela dancinha escrota, estava dando um falsete — O que significa isso senhor Carlos?

— Ué, só estou esperando vocês — disse meu pai com um olhar inocente, meu Deus, minha família não é normal!

Entramos no carro e nos acomodamos, eu peguei um pote de Nutella pra comer (mas é óbvio que eu não vou comprar só isso né, vamos fazer algumas paradas também). Quando meu ligou o carro, eu e Ambre falamos no mesmo momento:

— Partiu Califórnia! — nos entreolhamos e demos uma risadinha

Estou com o pressentimento de que a viagem não vai ser tão ruim assim...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e boa noite (seja lá qual horário que você estiver lendo isso) <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...