História Não há como te esquecer - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Inojin Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Naruhina, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 51
Palavras 1.281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gente, essa história estava salva no meu celular a um certo tempo, mas resolvi postar, espero que gostem e vamo simboraaaaaa...

Capítulo 1 - Prólogo


Sábado

 

-Sakura vamos!- O grito de dona Mebuki ecoou por toda a casa fazendo um certa rosada se apressar com o que estava fazendo.

-Já vou!- Respondeu ja do alto da escada,depois de incansáveis horas tentando calçar a sapatilha branca.

Sua mãe analisou-a ,estava com um vestido azul bebê de alça fina e que ia até o meio das cochas,estava simples porém arrumada para tal ocasião.

-Finalmente soube escolher uma roupa! -comemorou mebuki recebendo um resmungo de sakura que ja estava descendo do último degrau mudando o sorriso para uma cara emburrada.

Riu. Finalmente havia convencido a filha a usar uma roupa mais apresentável,abriu a porta de casa sendo seguida por sakura.Olhou no relógio do pulso e ficou abismada como as horas voavam.Entraram dentro do automóvel e arrancou o carro da frente da residência.

-Ino precisa de carona?

-Não,ela disse que os pais dela tomaram vergonha na cara e se deram conta que tinham uma filha.-respondeu a rosada com certo pesar pela amiga.Os pais da sua melhor amiga eram tão egocêntricos que Sakura se perguntava se podia existir pessoas piores .

Tédio.

Sakura só podia sentir isso,enquanto enfrentavam o trânsito naquele fim de tarde.Apoiando o braço na porta do carro e a mão no queixo desleixadamente,ficou a observar ao redor,carros buzinando,motos passando por entre eles,pessoas nas calçadas andando apressadas,outras como se o mundo fosse em câmera lenta.

Era janeiro e verão porém o clima em konoha era sempre ameno,o que era bom e prazeroso.Logo o trânsito começou a andar e Sakura pôde sentir o vento bater em seu rosto,suas orbes esverdeadas logo lacrimejaram, fechara os olhos aproveitando mais da sensação.Passaram pelo portão do condomínio, após o porteiro ceder a passagem quando sua mãe se identificou,estacionou em uma vaga e desceram do carro.

Viu de longe a cabeleira loira.

-oii testuda,oii tia!-Ino comprimentou-as,e logo puxou sakura.

-Porca vou te matar,fiz o trabalho todo e era em dupla!- Repreendeu a amiga enquanto era puxada para um banquinho ali perto.

-Testuda-fez cara de criança abandonada -Eu tava ocupada... 

-Não me engana -disse sakura revirando as bargas para tal mentira desvailada,recebendo um sorriso amarelo da loira.

Sakura sabia que algo estava de errado com sua amiga,ainda mais por tê-la distanciado da sua mãe.A olhou de lado,estava inquieta,mechia as pernas ritmada,mordia os lábios e evitava a olhar.

-Desembucha!

-Gaara me pediu em namoro- disse ino se rendendo,o que poderia fazer? Mentir?Logo para sua melhor amiga?

Viu a surpresa nos olhos da sua amiga rosada.

- e? -Estimulou para a loira contar o resto.

-Eu aceitei!- Olhou-a,a fim de alguma reação da parte dela.

-AAAAAAAAAAAAA- Deu um pulo da cadeira - Fiquei sem acreditar e...caramba -colocou as mãos nos dois lados do rosto - ..um dos garotos mais gatos da escola te pediu em namoro e você não me contou antes?MALUCA! 

Ino com certeza não esperava essa reação dela,provavelmente sakura estaria dizendo " ele é um idiot-

-Ele as vezes é um idiota - por fim falou fazendo uma careta ,ino ja previa mesmo -mas estou feliz -amenizou o semblante .

-Obrigada amiga- se levantou abraçando a rosada ,só agora percebendo como a amiga estava vestida.

-O que você tem? Se arrumou hoje! 

-Credo minha mãe também falou isso,não posso mais me arrumar?- indagou.

-Você só usa blusa folgada e calças!- É homem?- E só usa tênis ou no caso - apontou para os pés da rosada que se encolheu por tal verdade - sapatilha.

-Fui a contragosto sabia?

-Sua mãe?

-sim

Riram juntas .

Sakura nunca tinha ido ali, e ino fez questão de fazer um tour por ali e lhe mostrar.

Era um condomínio de apartamentos, tinha a parte de baixo de lazer, piscina, parquinho, uma parte onde tinha churrascaria, alguns dos moradores estavam sentados entre vários banquinhos iguais ao que elas estavam sentadas a minutos atrás.

ino a conduziu praticamente por tudo naquele lugar que sempre ia ,era sobrinha da senhora Tsunade e do tio que morava ali. A rosada achou maravilhoso,logo depois foram em direção a uma área reservada para festas, ou qualquer outro evento que os moradores queiram fazer e alugam.

A parte externa estava decorada com um arco de balões, azuis e rosa o que a ino também explicou que era porque eles revelariam se era menino ou menina para todos " legal e diferente" pensara sakura. 

A parte interna estava linda, decorada com os balões,com fitas azuis e rosa,janelas por onde tinha ventilação, as mesas e as cadeiras forradas também, tinha uma jarro personalizado em cima e contínha dentro guloseimas, fazendo suas pupilas dilatarem quando viu os doces, amava doce.

Várias mesas e mais a frente tinha uma mesa de vidro, com o bolo,outros docinhos, salgados também,dois jarros de cada lado,dando um ar de sofisticação .

Era o chá de bebê da sua vizinha e amiga da sua mãe.Tsunade era uma típica vizinha que gostava de se sentar num fim de tarde na varanda dos harunos para conversar/fofocar com a senhora Haruno.

Ela havia se mudado no começo do ano passado e tinha que admitir, gostava dela, da personalidade forte que dava certas dores de cabeça no marido.Ficara grávida e agora estava e daria mais ainda trabalho a ele.

E lá estava ela, linda com um barrigão de vestido que cobria até o joelho, de mangas curtas era na cor azul e florido,com marido ao lado, sorrindo e recebendo presentes dos convidados.

Os garçons começaram a servir.

Sakura estendeu a mão para pegar o pratinho cheio de salgadinhos e doces.

-Coma devagar Testuda!-Falou ino rindo do desespero da amiga em comer as coxinhas mais rápido do que poderia digerir.

-Eu Coho si eah qusee! 

-Menina quer se entalar?- dona mebuki estendeu a bebida para sakura.

-Só faz a gente passar vergonha tia- Ria ino da rosada que acabava de tomar a bebida.

-Eu..-Tossiu -Amo coxinha- deu língua.

-Vou no banheiro !

-Me espera ino- falou a rosada ja cheia de tanto comer -vou com vc- se levantou e foram juntas, era bem mais no fundo, depois de passar por um corredor um pouco estreito, onde do lado direito o banheiro dos homens e do outro das mulheres.

Sakura esperava a amiga do lado de fora quando recebeu uma ligação, foi para o começo do corredor e atendeu.

-Ja acabou ai?-Perguntou a voz grossa do outro lado.

-Não besta!

-Jaja eu mando mamãe te da uma boa educação como ela me deu.

-Sasori ,deixa de enjoou.

-To perguntando porquê mãe me disse que quando acabasse eu poderia ir pra casa.

-E porque você não pode vir aqui e pegar as chaves?

-Porque não quero.

Era só o que faltava!

-Então espere terminar!

-Ta, tchau

-Tchau!

Virara para voltar para onde estava ,quando deu de encontro com algo duro,o impacto fora tamanho que deu dois passos para trás, olhou para cima dando de encontro com olhos negros a olhando.

Ele tinha uma pele alva,destacando seus olhos e cabelos pretos desgrenhados ,certo charme que achou.

Observou a blusa preta de mangas que ele usava e como o detalhe trançado da blusa dava para ver um pouco do seu peito que era definido, usava uma bermuda marrom claro,e um sapatênis da mesma cor da blusa.

Era alto, bem alto.

Deveria medir 1,85.Usava um anel no dedão,e a mão esquerda estava dentro dos bolsos.Comparou-o com os atores norte-americanos ou com os personagens dos livros,que as vezes lia sobre romances, em que o protagonista ou o par romântico da mocinha era tão bonito,que sonhava com ele e acordava com a decepção de ser só um sonho.

Ficara tanto tempo o olhando que só se tocou quando ele franziu o cenho a olhando.

-Você está bem? - sua voz era grossa e rouca "Estou ótima ,talvez!? "


Notas Finais


Iai? O que acharam?
Desculpem se houver erros de português,eu sou meio lerda e posso deixar ter passado heuheu.
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...