História .não hyung... - Capítulo 1


Escrita por: e 97fck

Postado
Categorias Pentagon (PTG), Triple H
Personagens E'Dawn, Hui, HyunA
Tags Carta, E'dawn, Hui, Huidawn, Hwitaek, Hyojong, Kpop, Pentagon, Sad, Triple H
Visualizações 35
Palavras 826
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Ficção, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - .Ultima


" Eu não sei mais oque fazer Hyo... Sabe semana passada? O dia que tivemos aquela briga e você disse coisas que, bem, não foram tão simples de serem ouvidas, mas espero que fique feliz em sabe que seria nossa ultima briga.

 

Não quero começar daqui, quero saber onde começamos a afundar na mais pura merda, quando tudo acabou entre nós...

 

Nós nos conhecemos quando você tinha apenas doze anos, você era novo na escola e geralmente estava dormindo pelos cantos ou com seu caderno de notas, ah sim, o caderno.. eu já havia me esquecido dele, aquele maldito caderno que você tanto queria manter longe de mim, isso só aumentava minha curiosidade e as vezes eu o praguejava nas tantas noites gastas pensando em que segredos habitavam o caderno de capa dura e de cor azul bebê. Mas um dia eu simplesmente pedi, e você o entregou me, eu realmente queria o xingar e praguejar por meus esforços que foram gastos atoa, mas eu estava feliz pois finalmente leria e cara, não vou negar e nunca negarei, tantas palavras lindas, frases que formavam musicas, sem esquecer claro dos adesivos coloridos *risos*. Hyo você sabe o quanto eu sempre lhe encorajei a cantar uma de suas tantas letras; e então nos vemos com 18 anos, quase terminando a escola, era um inferno tenho que admitir, mas mesmo entre tantos deveres, trabalhos, palestras e brigas acho que conseguimos passar essa fase difícil por estamos juntos até o final, final...

 

19 anos, eu sai de casa e você veio morar comigo.. era legal, ficavamos acordados até tarde, comiamos oque queriamos, sermos livres.. e então nosso segundo passo, na quinta feira, exatamente as 22:21 nós demos nosso primeiro beijo, primeiro de muitos *risos* depois dos beijos fomos dando vários avanços, até nossa primeira noite, tenho que dizer que foi um dos melhores dias da minha vida, foi também a primeira vez em que disse que me amava mais que um amigo, e porra, eu não deveria ter acreditado nessa mentira.

 

21 anos e haviamos entrado pra uma universidade de musica, mas eram diferentes, eu queria ser compositor, já você queria ser cantor. Mas depois de um tempo você ficou estranho, a merda já estava se formando... Enquanto estavamos voltando para casa, você parecia tão para baixo e depois de um tempo parou de voltar comigo, sempre tão sorridente para todo mundo mas quando me via seu sorriso murchava e virava uma cara de culpa talvez? Eu estava preocupado, alem de te amar eu era seu amigo, seu melhor amigo. Então eu fiquei farto, farto do silencio, farto da sua cara de culpa, farto de.. de seus segredos. Eu te coloquei contra a parede, queria saber oque estava ocorrendo... mas eu nunca pensei que você cuspiria em minha cara: "-Eu estou namorando... uma menina, então por favor me solte". E eu soltei, ficamos sem nos falar alguns dias mas eu te observava, via você andar com ela nos intervalos ou na saída, você chegava em casa com o cheiro dela, e sem esquecer claro de quando você a levou até nossa casa.

 

Acho que ha vários erros, o primeiro foi seu caderno, segundo foi morarmos juntos, o terceiro foi o primeiro beijo, e o ultimo... Hyuna, esses foram os erros, as vezes eu desejava nunca ter te conhecido  Hyojong, mas eu sinceramente não sei oque seria de mim sem você... Então vamos para o desfecho.

 

Atualmente, ainda moramos juntos, nos falamos pouco, e brigamos muito, nossa ultima briga foi semana passada quando você me disse palavras tão duras, mas depois disso você veio ao meu quarto e me viu com os olhos vermelhos pelo pós choro... me pediu desculpas e disse que estava de cabeça cheia, eu entendo... Hyojong, eu não sabia oque fazer nesses últimos dias, porque tudo que eu pensava era você mas depois Hyuna, eu percebi que estou atrapalhando sua vida com ela então vou embora, fique a vontade para morar com ela ja que agora você trabalha e pode se manter, não tente me ligar joguei o antigo chip fora e não precisa se preocupar comigo eu vou ir morar novamente com meu pais.

 Espero que fique feliz HyoHyo, ao saber que aquela seria nossa ultima briga.

De: Lee Hwitaek. "

 

Hyojong estava sentado na antiga cama de Hui sentindo as lagrimas descerem por suas bochechas, Lee havia ido embora? Seu melhor amigo havia o deixado? ou sera que Hyo o havia deixado primeiro? Isso não fazia diferença para o loiro agora, queria saber varias coisas... mas o sentimento que prevalecia era o de sentir culpa, agora que não tinha a presença do mais velho na casa o ar estava pesado e tudo estava mais cinza que o normal. E'dawn estava sem animo, havia perdido seu melhor amigo e primeiro amor. Então como um murmurio ele fala bem baixinho:

" - Não hyung, não estou feliz... por que quando brigamos eu sei que vai estar aqui."


Notas Finais


Bem angust, queria algo pra baixo porque incrivelmente todas minhas oneshots tem uma pegada romantica.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...