História (Não) me deixe sozinho! - Taekook - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Coelhos, Fluffy, Hibridos, Infância, Jk!bottom, Kookv, Mpreg, Namjin, Taekook, Taetop, Vkook, Yoonmin
Visualizações 213
Palavras 1.894
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, sempre que tiverem dúvidas, me perguntei, eu irei respondê-los. Eu estou sempre vendo o que vocês dizem.

Obrigada quem me acompanha até hoje. Gosto muito de vocês.

Boa leitura!

Capítulo 9 - Defesa!


Ele voltaram cada um para sua sala. 

Jin assim que entrou e se sentou, novamente estava sozinho. Ninguém queria sentar consigo, por conta dele ser o esquisitão que cuidava de um coelho do ensino fundamental. 

As meninas sentavam com as outras e si ficava sozinho, outros não queriam ser motivo zoação também.

Depois de um tempinho alguém bate e abre a porta da sala. 

-Desculpe o atraso, posso entrar? - Uma cabeleira rosa. Se curvou e quando levantou a cabeça, Jin percebeu ser o mesmo garoto de mais cedo. Seu coração acelerou.

-Claro, que isso não se repita, você é aluno novo? - Ela perguntou chegando mais perto

-Sou sim, Kim Namjoon, prazer! - Disse e não precisou nem sorrir para as covinhas apareceram.

-Entre e seja bem vindo! Por favor, feche a porta.  Meu nome é …. – Todos começam a rir e ela ficou espantada - Não acredito!

Jin olhou para a mão de Namjoon e não acreditou, não sabia se ria ou se chorava de rir.

Ele tinha quebrado a maçaneta da porta. Ela tinha saído na mão dele. 

Todos ainda riam quando a professora repreendeu a sala pela baderna.

 -Silêncio – Todos ficaram quietos, apesar de uns colocarem a mão na boca para conter o riso –Me dê isso e sente-se com o Seokjin por favor! - Quando ela disse isso todos voltaram a rir – Já disse que quero SILÊNCIO! – Ela gritou e Namjoon ficou parado.

Jin na hora pensou "Certamente falaram sobre mim e ele não quer ficar perto."

-Sra, eu não sei quem é Seokjin - Jin se surpreendeu.

Logo teve as risadinhas e ela olhou com cara feia para sala, para que o silêncio voltasse.

Ele apenas ficou de cabeça abaixada, era só seu nome ser mencionado que era motivo de piada.

-Ah sim, é aquele garotinho ali – Professora apontou para o mais velho.

-Corrigindo, é garotinha- Um dos garotos do fundo disse.

-Qual é dessa sala? Deixe ele em paz, só esses poucos minutos que fiquei aqui já percebi a brincadeira! – Namjoon disse um pouco alto e Seokjin ficou envergonhado.

-Sente-se, eu vou continuar minha aula, aquele que interromper vai ser retirado! E vai resolver com a diretora, escutou? Não quero piadinhas! – Ela avisou.


-Isso não vai ficar assim mesmo, fique sabendo! Nós se vê’ na saída! - O mesmo garoto cochichou para Namjoon que agora estava sentado

-Não ligue para os comentários maldosos! - ele cochichou em seu ouvido e passou a mão no cabelo do mais velho, arrumando a franja. Naquele momento ele congelou, igual quando acontece em filmes. 

Ele sorriu e arrepiou em ver o quão lindo era seu sorriso, tinha covinhas ilegais ali, eram muito lindas. 

Olhou para a carteira querendo se esconder de vergonha.

-O.obrigado - Agradeceu novamente, ele já tinha ajudado Jin duas vezes, só naquele dia.  A aula passou normal, na verdade ele só olhava para lousa e para o caderno, não conseguia olhar para o lado.

Namjoon estava ali, por conta das carteiras serem de duplas.


Jungkook, Taehyung, Jimin, Hoseok e Yoongi saíram da sala e ficaram meio intrigado por Jin, que nunca demorava, não ter chego ainda.

-O Hyung está demorando, não? - Jungkook estava preocupado com ele. 

Porém, Jungkook escutou a voz de Jin, ele não estava ali, parecia distante, olhou em volta e não encontrou. Estranho.

-Me solta, eu não quero mais apanhar! - Jungkook se levantou da cadeira.

-Kook o que foi? - Tae perguntou segurando suas orelhas que estavam pra cima e atentas. 

Os olhos de Kook mudam, a pupila bem dilatada e suas orelhas mexiam bem agitadas. Ele parecia ter visto um fantasma.

-Eu escutei o  Jin - Ele disse com dificuldade na voz.

-Como você o ouviu? Ele não está aqui Kook, fica calmo - Tae agrada seu cabelo.

-Kook, o que você tem? Para com isso, acalma! - Yoongi disse olhando em volta quando Jungkook começou a ficar agitado e se mexer.

-Jin-hyung está em perigo, eu.. eu escutei, ele tá cholando’! – Disse com os olhinhos apertados cheio de lágrimas. E os meninos acreditaram nele e foram procurar. 

Taehyung segurou sua mão e foram até o corredor. Lá estava uma multidão gritando e logo logo a diretora escutaria.

-Se tocar num fio de cabelo dele novamente, eu juro que não vai sair barato! - Pode ser ouvido.

-Haha, ora ora! O rosinha imbecil vai defender a princesinha ali?

-Do que me chamou? E vou sim! - Estava todo mundo vendo que iria sair briga. 

Hoseok estava limpando o sangue do nariz do Jin e Kook estava agarrado em suas pernas.

Yoongi estava olhando pros garotos ali, com um sorriso maligno no rosto. Ele amava uma briga, assim como outros garotos e garotas que ali estavam para assistir.

-Chamei de rosinha imbecil que defende a princesinha! Por que? Uhm? Pode vir! - Disse já se preparando para brigar.

-Não vou perder tempo com você! Tenho coisas mais importantes para fazer! - Ele disse e foi em direção ao Jin.

-Ah, mais você não vai fugir - Disse e pegou no braço do outro. Quando ele tocou no braço de Namjoon, esse garoto virou um soco o derrubando no chão, todos se surpreenderam.

Os dois amigos do garoto que apanhou foi para cima para defender, mas não deu chance e já tinha levado um soco e o outro uma joelhada na barriga. A briga tinha acabado, pelo visto. Namjoon sabia se defender. 

Os dois garotos se afastaram. 

Porém, o garoto que tinha começado toda aquela encrenca iria para cima novamente, mas a diretora chegou. Muitos que estavam na roda foi embora pra não sobrar pra si.

Estava um silêncio. 

-Como ousam brigar dentro da escola!

-Meu desculpe Sra. diretora, eu fui o errado de não impedir SEU filho de começar a briga – Namjoon disse calmo e se curvou. Muitos ali não sabia se era sério ou se ele estava de sarcasmo, provavelmente a segunda. 

-Você..- Ela não conseguiu acreditar quando viu seu filho sorrindo com a bochecha cortada. 

-Ele bateu no Seokjin, eu apenas o defendi! - Namjoon pegou suas coisas do chão. 

-Na minha sala, os três! – Apontou na direção da sua sala. E o garoto foi até Jin, ele estava dolorido. Tinha levado muitos chutes. 

-Deixa que eu o levo! - Disse pegando Jin no colo e de fundo pode escutar algumas meninas gritando animadas, mesmo depois de toda confusão. Eles saíram.

-Por que Namjoon o carregou?- Hoseok perguntou.

-Jin levou chutes na perna e na barriga! - Uma garota que estava ali contou.

-Ah, coitado. E como sabe que o nome dele é Namjoon?- Taehyung perguntou curioso segurando Jungkook, que queria ir com Jin.

-Ele está na nossa sala e senta com o Jin - Yoongi ouviu a menina dizendo e fez uma expressão maliciosa! 

-Que horror! O garoto chegou hoje na escola! - Hoseok o repreendeu.

-É verdade, ele chegou hoje e já defendeu o Jin e o Kook, quebrou a maçaneta da sala e brigou no corredor por ele! - A garota disse contando nos dedos e Hoseok revirou os olhos.

-Ah, esqueceu da melhor! Ele se ofereceu para levar o Jin hyung. - Yoongi disse rindo junto com a garota – No colo! – Se empolgou e levou um tapa no braço de Jimin. 

Ele passou a mão no braço e parou de rir.

Enquanto eles esperar o Seokjin, Taehyung puxou Kook para seu colo e ficaram ali.

-O que vocês fizeram para estar aqui ? - Hyuna e Nayeon apareceram. Kook se levanta do colo depressa, como se ela não tivesse visto.  

-N.nada - Kook falava meio travado.

-Vou chamar seus pais sim! - A diretora abriu a porta falando.

-Jin? - Hyuna perguntou olhando para dentro da sala, sem entender. "O que ele fazia ali?" Pensou.

-Yoona Sshi, por que o Jin está aqui? O que aconteceu?

-Eles entraram numa briga, mas já está sendo resolvido!

Por conta da porta aberta, Kook correu até Jin passando por debaixo das pernas da diretora que ia segurá-lo, mas não conseguiu.

-Kook! Tenha modos! - Hyuna deu uma bronca.

-Desculpa, é que eu precisava dizer ’tchau pro Jin hyung - Ele veio ele agarrou a perna de sua omma, como sempre fazia quando com medo. 

-Meninos, tudo bem? Por que não foram ainda?– Ela disse pro Hoseok e pro Jimin –

-Estávamos aqui conversando e já vamos. 

Se despediu e todos seguiram  Hyuna até onde o carro estava estacionado.

-Será que o Namjoon hyung vai ficar de castigo? - Kook perguntou.

-Não sabemos Kook, acho que não, até porque ele defendeu o Jin 



 

Namjoon



-Eu não podia deixar eles lá batendo no Seokjin. - Falou calmo para a diretora, gritar ou estressar não adiantaria em nada.

-Mas, não entendo, desde​ quando os garotos mexem com você? - Perguntou para Jin.

-Desde que cheguei na escola! - "A quanto tempo esse garoto lindo de cabelos castanhos está sofrendo?" Namjoon pensou.

-Jin, porque​ nunca me contou? – Sua mãe perguntou fazendo carinho nos cabelos dele.

-Você acha mesmo que ele ia te contar? - A mãe de Namjoon é rude com a mãe de Jin.

-Sim, porque Jin sempre me conta tudo e confia em mim - Fez uma pausa - Yoona, já que Jin não fez nada, podemos ir? - Perguntou e mulher que já estava estressada, como sempre, se exaltou.

-VOCÊ QUER DIZER A CULPA É TODA DO NAMJOON? - Gritou, surpreendendo a todos, menos o próprio filho, que já estava acostumado.

-NÃO, muito pelo ao contrário, Namjoon foi um cavalheiro de defender meu bebê - Ela disse e Jin corou, provavelmente pelo apelido carinhoso.

-Não vou ficar aqui escutando besteira, esse garoto já não é um bebê! Diretora... onde eu tenho que assinar para ele não precisar ficar suspenso? - Disse sem paciência.

A diretora se levantou e se impôs ao falar. 

-Olha, se acalma e esperem. Jin ficará em casa dois dias para descansar, ele foi a vítima da briga. Você! - Apontou para o próprio filho - Será expulso, isso resolvemos a parte. - Namjoon ficará de suspensão de três dias. 

-MAS ELE NÃO PODE FICAR EM CASA! Se o problema for castigo, pode ficar tranquila que ele ia ser castigado em casa de qualquer jeito - Já sabia o que ela queria dizer com aquilo, apanhar em casa - Ele sabe que eu não gosto de ser chamada na escola e ainda se mete em problemas!

-Não precisa exaltar, assine aqui por favor! E aconselho que não bata no Namjoon…Por..- foi interrompida. 

-A tudo bem, entendi. Onde eu assino? 

Depois do acontecido, Seokjin ficou com a consciência pesada, por Namjoon ter o defendido e ainda ficado de castigo.

Mãe de Jin ficou preocupada com os machucados que tive durante a briga. Jim agradeceu e cada um foi para um lado na saída. 

-Desde quando eles batem em você, meu anjo? - Jiyeon perguntou ao Jin com lágrimas nos olhos enquanto andavam até o carro. 

-Uma vez por semana… Eu acho... não tenho certeza - Disse chorando, ele ainda tinha receio de contar.

-Por que não me contou? Eles te ameaçaram? – Assentiu – Alguém sabia?

-Não.. – Contou baixo – Kook desconfiava, apesar do Kook ser o mais novo ele disse que sentiu eu triste. - Jiyeon não pareceu surpresa.

-Coisa de híbrido, eles têm os sentidos mais fortes! - Ela ligou o carro -Tome um banho quando chegar e me chama, vou passar remédio em todos seus machucados.




Notas Finais


Lembrem-se, sobre que tiver dúvidas, não tenha medo de me magoar ou algo do tipo. Pergunta. Eu já expliquei algumas coisas. Então se você achar algum comentário que pergunte a mesma coisa. Pode ter certeza que vou respondeu ou já respondi.
Certo?

Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...