História Eu Não Me Lembro - Vkook - (Akai Ito) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Akai Ito, Drama, Melodrama, Traição, Vkook
Visualizações 76
Palavras 880
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei...
B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 10 - Esta doendo..


Fanfic / Fanfiction Eu Não Me Lembro - Vkook - (Akai Ito) - Capítulo 10 - Esta doendo..

Jungkook on *** 

 Acordo pela manhã com uma dor de cabeça horrível. Sinto latejar minha cabeça toda, me fazendo lembrar de como eu bebi na noite passada. 

 Abro os olhos e estrego os mesmo, me sento na cama analisando o local e me dei conta que ainda estava na casa de Taehyung. Olhei para a cama bagunçada, o quarto estava limpo e sem as garrafas de bebidas que consumi ontem em mais uma de minhas crises de choro. Balancei a cabeça tentando por minha mente em ordem e procurar alguma resposta em lembranças de ontem do que aconteceu, e com muito custo lembrei do telefonema que dei a Taehyung.

  Merda... 

Me levantei e minha vista escurece e cai no chão gelado, dou um soco no mesmo e tendo me levantar. Depois sigo para o banheiro me olhando no espelho, tinha algo estranho, minha cabeça estava bagunçada e não lembrava direito o que havia feito na noite anterior apenas flashes de memória vinha e iam. 

 Vi a roupa que vestia e era um pijama cheio de desenhos de cabeça de cavalos e ferraduras, e uma camisa rosa.

 Otimo eu surtei ontem, e vesti roupas do Taehyung. O que mais eu fiz? 

Peguei a escova que trouxe junto com as roupas que veio na mala que trouxe ontem. Afinal agora que eu iria cuidar da casa e iria ficar aqui tive que trazer algumas coisas minhas. Faço minha higienes. 

Saio do banheiro e desço para a sala, me jogando no sofá e pegando o controle da TV. Minha cabeça latejava demais que nem em pensar direito eu conseguia. Disisto de ver Tv e fecho meus olhos e sinto uma sensação boa ao inalar o perfume de Taehyung que vinha do pijama, aquilo era tentador. 

Lembro das nossas noites juntos e de como ele me fazia enlouquecer. Aquele cheiro dele era nostálgico e cada vez mais presente que me fasia sentir ele mais perto de mim.

 Mas eu sei que ele não iria vir mesmo, e eu mau lembrava do que aconteceu comigo depois daquela ligação. Sinto meu membro endurecer. 

Como ele faz isso comigo, apenas seu perfume era capaz de me deixar ereto... Taehyung ah como queira você aqui... 

 Sinto um beijo molhando ser depositado em meu pescoço. Era como se ele estivesse ali... Mordo o labio e sinto outro selar no meu pescoço, o que me faz perceber que aquilo ali não estava certo. Abri meu olhos com receio de ver a pessoa que havia beijado meu pescoço, e tomo um susto. 

Era ele ali em minha frente com aquele sorriso lindo. Olhei seu rosto que me encarava curioso. 

 - T-t-tae...-minha voz falha. 

 Ele se aproxima e passa a mão pelo meu rosto, e deixa um selar na minha testa.

 - Hum... Você não lembra não é?- Pergunta se sentando ao meu lado. 

 - Do que ?- pergunto confuso. 

Do que deveria me lembrar? 

 - Você me ligou ontem, ai eu vim para cá e você estava bebado e eu cuidei de você... Te dei banho, te vesti e te fiz dormir.- Sorri passando a mão na minha cabeça. 

 Fecho os olhos por um instante e para apreciar o carinho dele. Abro novamente e o encara, olhando cada detalhe de seu rosto. Taehyung realmente era o homem mais lindo que eu já havia visto. Seus lábios perfeitamente desenhados e rosados combinava com seu tom de pele claro mas não muito, e seus cabelos loiros caidos sobre os olhos o deixava ainda mais sexy e com um ar mais angelical ao mesmo tempo. Tae era perfeito aos meus olhos e não havia nada que pudesse mudar esse pensamento, até ele com a cara amassada de quando acordava ele era lindo. 

 Suspirei.

 - Eu realmente..- tento me lembrar e flashes de memória voltaram a atormentar minha mente até que consigo lembrar dele me dando banho.- Espera me lembrei... Então isso não é um sonho... Que bom que esta aqui..- sorrio fraco. 

 - Sim eu voltei... Me desculpa, Por que fui lerdo, idiota e babaca de não ver o quanto eu ainda te amo Jungkook.- Diz me abraçando. 

 O abraço de volta e enterro meu rosto na curva do pescoço dele. 

 - Senti tanto sua falta Taehyung. - o abraço forte. 

 - Também senti, mas você esta me esmagando.- ri. 

 O solto encarando o sorri que ele estava no rosto. Olho para meu membro que ainda estava duro, e tento esconder mas falho. Ele olha para meu membro e sorri. To ferrado...

 - Hum meu Baby boy quer brincar ? - morde o lábio se aproximando da minha orelha. 

 - Quero leite Daddy.- Digo manhoso puxando ele pela gravata. 

 - Hum... So depois que eu beber o seu. - Diz dando um apertão em meu membro. 

 - Daddy. Rápido... Esta doendo..- digo apertando meu membro e mordendo o lábio.

 - Que baby boy safado e apressado... Huh....- Diz me puxando do sofá e juntando nossos corpos.

 - Quero muito sentir sua boca Daddy.- encaro seu olhos castanhos escuro.- Mas pegue leve com seu Baby boy Ah tempos que não faço nada com o Daddy nem com ninguém..- digo mordendo a orelha dele.

 - Humm, terei cuidado.. Mas se o Baby boy se comporta bem, caso contrário te foderei sem dó.- Diz em meu ouvido.      



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...