História "Não me provoque" - Vhope - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Visualizações 204
Palavras 1.253
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


....

Capítulo 1 - Único.


Hoseok;on 


Já estava cansado das provações do mais novo sobre mim, sempre me provocando dizendo que outro iria lhe foder melhor. 

Ou que já imaginou outro o fodendo forte e fundo. 

Isso me deixa bastante nervoso, não é por conta das palavras dele. E sim isso me deixava nervoso sim. 

Mas o que me deixava mais nervoso que o mais novo apenas me provocava quando eu estava trabalhado, ele insistia vir o shopping na loja que eu trabalho apenas para me provocar.

Usando aquelas saias curtas...

Aquelas meias extremamente sexy...

Fui retirado de meus pensamentos ao ver taehyung entrar pela porta da frente da loja onde eu trabalhava, usando uma saia e meia como eu havia falado anteriormente.


O olhei logo que voltou, analisando seu corpo de baixo a cima, suspirando pesado e guardando meu celular.

                   -Você tava andando assim pelo shopping, Taehyung? Eu devia te amarrar nessa cadeira!

     Falei enquanto te tirava do balcão onde o mesmo havia sentando logo que entrou na loja e o colocava sentado na cadeira, o olhando com uma expressão séria

O mais novo apenas ignorava o mais velho mexendo em seu celular de forma concentrada, sem se importar  com o olhar sério de seu hyung sobre sí. 


     Semiserrei meus olhos, bufando e tirando o celular de suas mãos. Como a cadeira era alta e te deixava quase da minha altura, passei meu braço por sua cintura, fazendo você ficar mais próximo de mim enquanto eu colocava seu celular dentro de minha calça.

                 -Eu acho bom você não me provocar, Taehyung...

      Segurava em uma de suas coxas com força enquanto mantinha meu rosto bem pertinho do seu.

Mais velho viu aquele olhar de Kim, sobre seu rosto sabia que viria pela frente 

E também sabia que estava muito bem preparado responder o mais novo 


Tae;on 


         Olhei para suas mãos enquanto você colocava meu celular dentro de sua calça me fazendo rir baixo e sarcástico, voltei lhe fitar enquanto você falava olhei para seus lábios sorrindo debochado

     Por que ? Por que você tem medo que seu amigo ai volte só pra me foder no meio do seu horário de trabalho ?
Eu sei muito bem que ele não foi embora,
Hoseok-ah até por que ele não tocou no meu corpo do jeito que ele queria deste o começo, hm ? Não é verdade ? Sempre algo nos atrapalhava...acho que não é pra ser com você ne ? Acho que devo transar com outro por que sempre que tentamos nunca terminamos... imagina ? Eu rebolando no colo de outro...ah...imagino sua cara de raiva, até por que eu sei quão e possessivo ...você e seu amigo da noite

  segurei na gola de sua jaqueta puxando você mais contra o meu corpo

    Talvez...eu encontre outro...para eu poder chamar de Daddy e me foder bem forte e fundo enquanto eu sento nele...


Hoseok;on 


      Ouvia cada uma de suas palavras enquanto brevemente sentia uma raiva interna maior do que eu já sentido a vida toda.  Minha respiração ficava pesado e eu ficava cego de ciúmes e raiva só de imaginar você com outro.

      Senti me puxar mais contra teu corpo e dei um breve sorriso debochado. Levei minha mão esquerda até seu corpo, subindo por sua coxa, quadril, abdômen, peitoral e por fim, no pescoço, o segurando com força enquanto deixava meu rosto ainda mais próximo do seu.

                   -Meu querido amigo não vai aparecer agora, Taehyung...sabe porque? Porque eu vou acabar com você e fazer você se arrepender de cada palavra que disse...você vai gemer meu nome igual uma putinha, pra esse shopping todo saber que eu sou seu dono e você é minha vadia...

     Falava tudo próximo a seu ouvido, apertando um botão na parede que fechava as portas da loja. Minha mão direita o puxou do banco e o pós apoiado na bancada de forma brusca, levantando sua saia e sorrindo ao perceber que não usava nada. Passei a dar breves selares sobre suas nádegas, junto de algumas mordidas fortes e assim, passei a bater na mesma com extrema força e brutalidade, vendo as mesmas ficarem avermelhadas em questão de poucos minutos. Ouvia seus resmungos e assim que levantou a cabeça para tentar me olhar, segurei em seus fios e forcei sua cabeça novamente contra o balcão.

                    -O que foi, hum? A minha putinha já tá se arrependendo?

     Falei num tom sarcástico, passando meus dedos por sua entrada apenas para lhe provocar. Logo o virei de frente o fiz ficar sentado sobre a bancada, apertando ambas as coxas do menor com bastante força enquanto levava meus lábios até os do mesmo, os selando num beijo agitado e necessitado, cheio de luxúria e desejo.


Tae;on 

  
         Apenas deixei um sorriso mínimo aparecer em meus lábios ao perceber que estava com raiva e ciúmes, ao segurar em meu pescoço fechei meus olhos brevemente suspirando pesado por conta de suas palavras.

   Assim que me deitou sobre a bancada coloquei minha mão rapidamente em minha boca abafando meus gemidos e gritos manhosos escapava pela mesma sentindo você dar tapas, mordidas pelas minhas nádegas

   H-Hoseok...

   Resmunguei baixinho tentando olhar para trás para ver o que você fazia, mas nem deu tempo apenas senti minha cabeça ser segurada contra o balcão deixando meus lábios entreabertos me fazendo gemer baixo sentindo seus dedos em minha entrada

     Ao me colocar sentando novamente na bancada apenas retribui seu beijo da mesma forma deixando minhas mãos sobre seus fios e envolta de seu pescoço, puxava com um pouco de força seu cabelo toda vez que apertava muito minha coxa me fazendo resmungar baixinho durante o beijo


Hoseok;on 

Mordi seu lábio inferior e o puxei um pouco, por fim, descendo meus lábios por seu pescoço, deixando marcas fortes. Retirei seu moletom e ao joguei no chão, passando a marcar seu peitoral e abdômen com as marcas mais fortes que conseguia.

      O vi retirar minha camiseta e assim, abri meu cinto e retirei minha calma junto da boxer. Logo que o tirei do balcão, passei o cinto por seu pescoço e o afivelei, me sentando na cadeira e puxando o menor pelo cinto pra que ficasse em meu colo.

      Antes que ele pudesse fazer algo, o penetrei com força  e mordi meu lábio, segurando em suas nádegas com força e o ajudando a se mover em meu membro.


Tae;on 


        Deixei minha cabeça tombar para trás sentindo você marcar todo o meu pescoço apenas gemia baixinho e rouco

Olhei para você um pouco surpreso ao ver o cinto ser colocado envolta do meu pescoço me sentando em seu colo apenas dei um grito alto e manhoso ao sentir seu membro contra minha entrada não demorei muito para começar a movimentar rapidamente em seu colo com sua ajuda, meus gemidos eram altos que  com certeza dava para se ouvir pelo lado de fora da loja.

    Coloquei meus braços envolta de seu pescoço tombando minha cabeça para trás um pouco, meus olhos estavam semi-fechados e minha boca eentreaberta

   Hoseokie-ah !


Hoseok;on 

Mordia meu lábio com força por conta do prazer, contendo ou poucos gemidos que insistiam em sair de meus lábios. Segurava em seu quadril e nádegas com força, as vezes passando minha língua por seus mamilos.

              -Se você gemer, o daddy vai te punir, hum...sem gemer!

      Segurei em seu rosto com força ao ouvir você gemer novamente, assim, movendo meu quadril com velocidade e força, o estocando bem em seu ponto diversas vezes.



Ambos dos dois sabiam que esse dia de trabalho de Hoseok, iria demorar muito para terminar...

E os mesmos não estavam nem perto de terminar essa lição que Hoseok estava dando em seu "amigo" provocador   


Notas Finais


Ficou horrível, a

Mas vai assim mesmo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...