História ♤Haha! Não minta, garoto. + Jikook/Kookmin.♤ (Hiatus) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jikook Lemon, Kimnarimin, Kookmin, Lemon, Shortfic
Visualizações 173
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura ♡

Capítulo 2 - Discussão.


Fanfic / Fanfiction ♤Haha! Não minta, garoto. + Jikook/Kookmin.♤ (Hiatus) - Capítulo 2 - Discussão.

Jimin

- Cala a boca, Jimin! Vá fazer isso com alguém que tenha a sua altura, se possível. - Diz bravo.

E lá vamos nós...

- Mas, Jungkook, o que eu fiz?!

Jungkook as vezes dá essas crises de nervosismo. O motivo, eu também queria saber.

- Nasceu, Jimin. Você nasceu! Vou ter que falar em coreano, para você entender? - Diz ele jogando as pastas sobre a mesa. - Por quê fica dizendo essas coisas para os outros, uh?! - Fala em tom alto.

- Que coisas?! 

- Que te desejo! - Se senta na cadeira que havia em minha frente.

- Mas, eu não estou mentindo, estou? 

- Ainda quer que eu responda?! - Diz ele cruzando os braços. - Quantas vezes eu já te disse as seguintes palavras: Jimin, eu sou hétero. - Se levanta. -Quantas vezes, Park Jimin?! - Bate com a palma da mão na mesa.

- J-Jungukie... - Digo me encolhendo de medo. Jungkook é muito forte. Eu morro de medo quando ele leva as coisas para a agressão. Ele nunca foi de me bater, mas sempre ousava, nessas horas de discussão entre nós dois. Ele não deveria tratar seu Hyung assim...

- Pare de me chamar assim! - Ele corta minha fala é bate novamente na mesa, mas agora, mais forte e com a mão fechada, causando mais barulho.

-J-Jeon Jungu...Jeon Jungkook... - Digo ainda medroso.

- Fale, antes que eu perca totalmente minha paciência. - Diz ele fechando os olhos, tentando conter a raiva.

-E-Eu te... Eu te amo, Jeon Jungkook. - Digo simples e claro.

O mesmo dá a volta na mesa, chegando, assim, mais perto de minha pessoa.

- Repete... - Diz ele parando em minha frente, com os olhos fixos aos meus.

- Eu te amo.

- Cala boca, Jimin. Ame mulheres, não a mim. Vire homem, garoto. - Diz ele, dando um tampa em meu rosto.

Ah, Jeon Jungkook. Cansei.

- Eu tenho vagina, por acaso? - Digo já sem paciência.

- Você é uma puta, Park Jimin. - Diz ele dando outro tapa em meu rosto. - Vive dando "em cima" de mim, falando que eu desejo seu corpo. Ah, faça mil favor. E já disse para calar a boca. - Diz ele me puxando pela gola de minha camiseta. - Diz outra palavra, que eu te torturo. - Diz com "sangue nos olhos".

Nossos rostos estavam tão próximos, que podia sentir sua respiração pesada bater contra o mesmo.

Minha mão estava suando. Estava com medo e anscioso. 

Será que eu faço isso? 

Antes de fazer o que estava planejando, reparo cada detalhe do rosto de Jungkook. Como alguém pode ser tão perfeito? Ah, Jungukie. Você é um pecado. Sua boca, seus dentes, seu corpo...Ah.

Paro meu olhar em sua boca, fazendo o mesmo lançar um olhar desconfiado para eu, mais ainda sim, furioso. Seus lábios estavam entreabertos, liberando sua respiração pesada e deixando seus dentes a mostra. Na minha opinião, esse é um charme dele. As vezes penso que Jeon Jungkook é um híbrido, já pensou também? Imagina...Meio humano, meio coelho, com certeza, eu teria um infartando. Mas, essas coisas não existem, não é mesmo? (Aut: Bem, meu querido Jiminzinho, isso aqui é uma fanfic, e não a vida real. O nome mesmo já diz.) (Jimin: Então faça o Jungkook ser um híbrido!) (Aut: Não faz parte do tema, fofo.) (Jimin: Ah...*Bico.*)

Rapidamente, seguro a gola de sua camiseta também, fazendo seu rosto ficar mais próximo ao meu.

- O que... - Selo rapidamente nossos lábios antes que o mesmo terminasse a pergunta.

A reação de Jungkook foi totalmente diferente do que eu imaginava. Ele estava...Apertando minha coxa.

Ah, Jeon Jung...


Espera...


Ai! 

Esquece, não é o que eu estou pensando.

Ele está colocando muita força, com certaza não é uma forma carinhosa de acompanhar um beijo.

- Me-solta... - Diz entre o beijo e eu solto o mesmo.

Em questão de segundos o mesmo já estava socando minha barriga.

- J-Jung...Kook. Por favor, pare. - Digo me contorcendo de dor.

- Por quê deveria parar, Park Jimin?! Por quê?! - Ele grita.

- O-O quê eles falavam para você? - Digo de cabeça baixa e o mesmo para de me bater. - O-O quê seus pais falavam para você, quando criança? Por quê se tornou essa pessoa, Jeon Jungkook? Por quê não se aceita? - Digo deixando uma lágrima escorrer em meu rosto.

- Eles... - Vira o rosto. -...Diziam que você era uma má compania. 

- O q-quê mais?

- Diziam que você não prestava. Não era um ser humano. - Diz ele fechando os olhos. - Tudo por causa da sua orientação sexual. E isso me machucava. Principalmente, pelo fato deles estarem falando sobre você.

- O que você sente por mim, Jeon?

- Perdão...Não escutei.

- O que você sente por mim, Jeon Jungkook?!






- Eu...





Eu não sei...







Notas Finais


Gostaram?! ♡

Espero que sim!

Conversem comigo no Twitter ♡:

https://mobile.twitter.com/Amandacs4206

Comentem o que acharam e um beijo da Nari no pôpô de quem tá lendo ^♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...