História Não pisque! - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Doctor Who, Good Omens, Sherlock, Sherlock Holmes, Supernatural
Personagens 10º Doctor, Aziraphale, Dean Winchester, Dr. John Watson, John Watson, Madame Tracy, Martha Jones, Mycroft Holmes, Personagens Originais, Professor Moriarty, Sam Winchester, Sherlock Holmes, Sherlock Holmes
Visualizações 21
Palavras 667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Científica, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capitulos corrigidos por EmpireClouds, ela é uma otima como escritora e pessoa

Boa leitura.

Capítulo 8 - Elas sabem caçar



━ Como você sabe que a ligação era de 2020? ━ O Winchester mais novo questionou ao mais velho.

━ Não sei, ele disse que era e como depois viemos para aqui, passei a acreditar nele. E também, ele me deu prova de que não era deste tempo, deu-me a descrição exata de algumas coisas que aconteceriam nos dias seguintes, coisas que não se presta atenção, do tipo, alguém que atravessou a rua ou a roupa da antepenúltima pessoa na fila do banco.

━ E por que não me contou nada?

━ Por acaso esqueceu que sumiu de novo? Às vezes você faz isso, se afasta e eu mau te vejo. Surpreendentemente é normalmente nesses momentos em que coisas importantes acontecem.

Crowley hiperventilava, seus olhos lacrimejavam de tão parados que estavam. Ele sabia o quanto era dolorosa a morte por água benta, era como o superior o empunhava nos demônios o medo, com diversos contos aterrorizantes que poderiam causar pesadelos (mesmo que demônios não precisassem dormir). Todos relacionados a mortes por água benta.

━ Isso pode ser uma armadilha, Dean! ━ Sammy chacoalhava a garrafa enquanto falava.

━ Ele queria nos encurralar aqui com esses malditos anjos chorões.

━ E por que raios ele estaria ali do lado, vendo a gente conversar? Pense, Sam!

━ Isso vai me fazer pensar melhor. ━ Ele virava a garrafa. Podia-se supor que enquanto o líquido caía, gotas se dirigissem a Crowley e que depois que estivessem no chão, escorressem aos poucos até seus sapatos, mas por um milagre a água desceu uniforme e foi sugada pelo piso de taco.

━ Eu desisto! ━ Gritou Crowley, ajeitando o casaco e passando por meio dos irmãos. ━ Vocês que se virem com esses anjos de mármore, eu tô dando o fora dessa merda. Aziraphale voltava a vigiar a estátua e desta vez ele não apenas a vê, como também começa a escrutina-la com mais atenção. Tanto ela quanto o material caído no chão eram sem dúvida mármore. Por qual intervenção divina ou demoníaca aquelas coisas conseguiam se moverem?

***

Sherlock e o Doutor chegaram para socorrer seus parceiros. Martha e John estavam com os olhos vermelhos e lacrimejantes, a mulher observava as duas estátuas enquanto John estava sentado em um canto, olhando para sua câmera.

Sherlock percebeu que uma das estátuas estava bem mais perto deles, enquanto que a outra parecia ter se movido mais para o lado do que para frente.

━ Se elas encurralam as pessoas para então poderem matá-las, por que uma está indo para o lado? ━ Holmes chegava mais perto.

━ E porque seu amigo está olhando para uma câmera? ━ Completa o Senhor do Tempo.

━ Nós resolvemos isso depois, isso aqui é interessante. ━ Holmes olhava em volta. ━ Doutor, esses seres possuem inteligência?

━ Não, são como animais irracionais, só caçam por fome.

━ Então acho que estas são mais inteligentes que as outras. ━ Sherlock, com um gesto chamou o Doutor para mais perto de si. ━ Uma está indo em direção a caixa telefônica, enquanto a outra segue para fora do quarto.

━ Fora do quarto? ━ O Doutor pergunta, mas logo entende. ━ Sim, ela está com o corpo virado para a porta, como se quisesse algo lá de fora e não daqui de dentro.

━ Você disse que essa cabine é sua, Doutor. ━ O detetive continuou. ━ Então você tem a chave. Se uma estivesse indo atrás de você e a outra para a cabine. Assim que a estátua conseguisse a chave, passaria para a colega perto de sua “TARDIS’. Um trabalho em equipe.

━ Isso é assustador. Se for mesmo isso..

━ NÃO PARA MAIS! ━ Gritou Watson, batendo a câmera no chão.

O Doutor vai observar de perto e vê lá dentro a estátua que se mexia, quando a imagem na câmera se apagava.

━ Como ela está aí dentro? ━ Ele surpreendeu-se.

Sherlock chegou perto e pisou na câmera.

━ Era realmente uma câmera ruim. ━ Comentou Holmes.


Notas Finais


Apenas irei avizar que isso tudo ainda vai.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...